1 de março de 2020 por Larissa Rhouse Santos Silva.

Março está começando e com ele os fãs do 5 Seconds Of Summer iniciaram a contagem regressiva para o lançamento do quarto álbum de estúdio da banda. Trazendo em seu nome as iniciais dos quatro integrantes, o disco “CALM” tem lançamento previsto para o próximo dia 27.

Pensando nisso, o Tracklist fez uma lista sobre o que podemos esperar do projeto em ascensão. Confira!

Críticas sociais e relatos sobre relacionamentos abusivos

Se você acompanhou os últimos lançamentos do 5SOS sabe bem o que esse tópico significa! A banda está produzindo, em suma, um álbum reflexivo, no qual abre margens para as pessoas analisarem diferentes tópicos.

“Easier” e “Teeth”, por exemplo, têm como tema principal relacionamentos abusivos. Assim, a banda buscou mostrar como esse tipo de relação atinge o psicológico de uma pessoa, fazendo ela ter diversos medos e anseios.

“No Shame”, que a princípio não teve sua letra levada muito a sério, foi uma grande surpresa quando ganhou um clipe. A produção é carregada de críticas sociais, mostrando principalmente a busca extrema pela perfeição, a vida de aparências e o vício em redes sociais.

Neste ínterim, é possível ver o desejo que Ashton, Calum, Luke e Michael têm de criar músicas que, de alguma maneira, impactem a sociedade.

Afastamento da zona de conforto

É nítido que, nos últimos anos, a banda australiana fixou seu lugar na indústria musical. No entanto, para o 5 Seconds Of Summer isso não é suficiente!

Em virtude disso, os integrantes reinventaram e inovaram as novas composições. Afastando-se da zona de conforto, eles estão exploraram novos sons e estilos a fim de criar uma nova identidade para o 5SOS.

“5SOS é uma banda que tem um pé no mundo Rock e o outro no mundo Pop. É importante criarmos músicas pop incríveis e reinventá-las quando as tocamos ao vivo”, publicou Ashton Irwin no início da nova fase.

Compositores e produtores de peso

Buscando repetir o sucesso de seu último álbum, nomeado de “Youngblood”, o 5 Seconds Of Summer recrutou uma equipe de peso para a criação do “CALM”. Nomes como Ali Tamposi, Andrew Wotman, Donna Lewis e Louis Bell, famosos por produzir singles de sucessos de artistas como BTS, Taylor Swift, Camila Cabello, Selena Gomes e Justin Bieber, estão na lista de compositores.

É importante citar, ainda, que Ryan Tedder, vocalista da banda One Republic, e Charlie Puth também aparecem na produção do álbum.

“CALM”, sem dúvidas, tem potencial para emplacar diversos hits. Prova disso, por exemplo, é o fato que, com apenas quatro singles lançados oficialmente, o disco já se aproxima da quantidade de streams do álbum “Sounds Good Feels Good” (2016).

Crescimento pessoal

Na época em que o álbum foi anunciado, o vocalista e guitarrista Luke Hemmings afirmou que “‘CALM’ fala sobre a jornada de vida de um cara jovem, para o melhor ou para o pior. Somos todos humanos e cometemos erros, às vezes machucamos aqueles que amamos e, inevitavelmente, a nós mesmos no processo”. Desse modo, não fica muito difícil perceber que o novo álbum mostrará o amadurecimento dos integrantes não só profissionalmente, como também pessoalmente.

“CALM” é, acima de tudo, uma maneira que a banda encontrou para dizer que não sabemos nem metade do que realmente acontece na vida de um artista. Para mostrar isso, por fim, o quarteto traçou uma linha imaginária que os leva até um “estado de espírito muito mais feliz, unificado e calmo para continuar fazendo álbuns nos próximos anos”.

O fim de uma era

Calma, não é o que você está pensando! O 5 Seconds Of Summer se formou em 2011, quando os integrantes tinham entre 15 e 17 anos. Ao deixar a adolescência de lado para virar estrelas teens, os artistas australianos enfrentaram altos e baixos.

Isso, no entanto, foi crucial para a carreira deles! Assim, embora “CALM” marque o início de uma nova era, o álbum também é considerado o fim de um ciclo.

“Acho que plantamos muitas sementes líricas para direções em que poderemos seguir. Este álbum é uma porta de entrada para explorarmos a composição de uma forma diferente. Sim [é como uma nova era]. Não temos ideia do que vai acontecer [a partir de agora]. É por isso que o nome do álbum é forte, é ‘CALM’, somos nós quatro. É o começo e o fim da versão mais jovem de nós”, comentou Ashton em entrevista ao programa Beats 1, da Apple Music.

Leia também: Aniversário do 5 Seconds Of Summer? Oito performances para relembrar

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.