Entrevista: RAYE fala sobre disco de estreia, fãs brasileiros, Anitta e mais

Logo após conquistar 1 bilhão de streams nas plataformas digitais e trabalhar com nomes que vão […]

Por em 4 de fevereiro de 2021

Logo após conquistar 1 bilhão de streams nas plataformas digitais e trabalhar com nomes que vão de Little Mix à Beyoncé, a britânica RAYE lançou no final do ano passado o seu primeiro disco de estúdio, o dançante “Euphoric Sad Songs”.

Promovendo o atual trabalho, o Tracklist bateu um papo com a cantora, que contou tudo sobre o disco e algumas novidades que estão a caminho.

Confira:

TRACKLIST: Olá, RAYE! Como vai?

RAYE: Eu vou bem! E você?

TRACKLIST: Melhor agora! Podemos começar?

RAYE: Claro que sim!

TRACKLIST: O “Euphoric Sad Songs” foi lançado há 2 meses atrás e você acabou de alcançar um bilhão de streams nas plataformas digitais. Como você se sente vendo tanta gente ouvindo suas músicas?

RAYE: Com ano difícil que nós tivemos é como uma luz na escuridão, sabe? Ver que tantas pessoas ouviram minhas músicas, me sinto feliz. É o meu primeiro grande projeto fora do UK e agora estou falando com você aí no Brasil…É maravilhoso!

TRACKLIST: É um disco muito gostoso de ouvir. Como foi para você compor, escolher as músicas, gravar. Me conta mais sobre esses processos.

RAYE: O conceito todo do disco é sobre o término de um relacionamento, talvez o mais intenso da minha vida, fui guardando cada pedaço dessas músicas. Elas me ajudaram a lidar com a dor, por isso é um projeto importante, honesto… Alguns trechos dessas músicas são de mensagens de texto para você ter noção. É meio que um diário (risos).

TRACKLIST: Engraçado porque eu senti isso e me identifiquei com algumas músicas (risos). RAYE, todos os clipes da era “Euphoric Sad Songs” são bem legais, cheios de coreografias, efeitos visuais…Você também costuma participar dessa etapa?

RAYE: Sim! É sempre muito divertido gravar vídeos, são tantas roupas, cabelos… No caso de “Regardless” foi dinâmico porque ficamos na piscina do hotel o dia inteiro, precisávamos de algumas imagens de bares à noite também, porém fizemos tudo com segurança e liberdade, foi divertido! Tirando a parte do spray toda hora no meu rosto, foi divertido (risos).

TRACKLIST: Eu passei horas tentando aprender a coreografia de “Regardless”, é muito difícil! Você costuma fazer as coreografias que fazem sucesso nas redes sociais?

RAYE: Agora eu estou no TikTok então tô aprendendo algumas coisas. Sou uma eterna aprendiz pra ser sincera, sei alguns movimentos e tenho praticado mais. Com certeza vocês podem esperar mais dança de mim.

TRACKLIST: Que legal, RAYE! Você me contou agora pouco sobre como é divertido gravar os clipes e tals, mas tem alguma história de bastidor sobre a gravação das músicas do “Euphoric Sad Songs” que você pode contar?

RAYE: Bom, eu vou ser sincera com você… Eu sou uma pessoa bem emotiva, que toma decisões precipitadas….Quando eu escrevi “All Dress Up” eu estava bebendo muito, em uma etapa muito triste do término, lembro de acordar completamente pelada, coberta de glitter, sem meu celular e escrever “All Dress Up”. É bizzaro, né? Faz sentido pra você?

TRACKLIST: Caramba! Faz sim. Eu sinto que é uma música mais pessoal mesmo. RAYE, o período de isolamento social não foi um momento fácil, principalmente para pessoas que lidam com ansiedade como eu e você. O que te ajudou a manter a saúde mental em dia durante a pandemia?

RAYE: Eu literalmente limpava TUDO! (risos) Cada canto da minha casa eu passava um pano, se tivesse coisas nas gavetas eu organizava, se tivesse algo fora do lugar eu achava um lugar ideal, basicamente isso. Antes da pandemia eu nem ligava para limpeza, era uma pessoa livre, porém para se manter seguro em um espaço você precisa que ele esteja organizado, então organizei fora para que dentro ficasse também. Ah! Tenho umas luzes neon que davam um clima legal que me ajudaram também. (risos)

TRACKLIST: Eu queria ser que nem você! Uma das coisas que me ajudou durante a pandemia foi a música, eu ouvi tantos artistas…. Falando nisso, o que você tem escutado?

RAYE: Hum…. Boa pergunta! Deixa eu ver aqui….Acho que tenho ouvido clássicos sabe? Eu adoro jazz, tenho alguns vinis….. Acho que como compositora o jazz me ajuda a organizar os meus pensamentos, brinco com as melodias… eu amo!

TRACKLIST: Eu amo jazz também. Aproveitando que falamos sobre compor, você já trabalhou com muitos artistas, David Guetta, Little Mix, Khalid, Ellie Goulding, Jax Jones, Mabel….Qual artista que você ainda não colaborou que gostaria de fazer algo?

Foto: Divulgação

RAYE: Com certeza algum artista brasileiro….Eu tenho escrito algumas músicas para o projeto da Anitta, ela é adorável, uma verdadeira rainha. Adoraria trabalhar com ela novamente!

TRACKLIST: Sério?

RAYE: Sim! Escrevi uma música que ela amou! Vai ser single? Não sei, porém sigo aqui sorrindo e esperando para que ela possa sair em breve.

Anitta e Raye em estúdio/ Foto: Divulgação

TRACKLIST: Que legal! Agora falando em cantar, iremos te ouvir em mais colaborações esse ano?

RAYE: Definitivamente! Tenho algumas boas vindo por aí….

TRACKLIST: Pode falar mais sobre?

RAYE: Tecnicamente não (risos)… São grandes músicas, acho que vocês vão gostar… Falando nisso, tenho uma colaboração que irei gravar hoje com um artista brasileiro, não me olhe assim porque eu não posso dizer quem é ainda, porém quem sabe em uma próxima entrevista com você (risos).

TRACKLIST: Espero que isso aconteça, RAYE! Bom, é isto. Foi maravilhoso conversar com você, sou um grande fã do seu trabalho.

RAYE: Que legal! Você foi a minha primeira entrevista brasileira, sabia? Eu amei!

TRACKLIST: Sério? Que honra! Espero te ver no Brasil em breve, adoraria ir em um show. Pode deixar uma mensagem para os seus fãs brasileiros?

RAYE: Claro! Muito obrigado por ouvirem minhas músicas, conhecerem o meu trabalho, mal posso esperar ver todos os meus fãs brasileiros e dar tudo de mim no palco. Te amo! Vejo vocês em breve.

Maravilhosa, né? O Euphoric Sad Songs e outras músicas da RAYE estão disponíveis nas plataformas digitais. Stream na lenda!


Deixe um comentário

1 comentário.

  1. moema disse:

    Raye tem uma voz maravilhosa, tem muita emoção e verdade na sua música. Apaixonante!