Com novos singles e mais um lançamento vindo aí, entrevistamos o Austin Mahone para ouvirmos, direto da fonte, como está sendo esse novo momento na carreira do músico. Ele contou novos detalhes sobre suas músicas, deu dicas de como será seu próximo álbum e relembrou também como foi sua passagem pelo Brasil, em 2014, no Z Festival. Confira!

Recentemente, você lançou seus dois novos singles, “Anxious” e “Why Don’t We”. Pode nos contar mais detalhes sobre eles?

Sim! Então, “Why Don’t We” é o primeiro single que lancei. A música foi escrita e produzida pelo Charlie Puth*. É uma música divertida, com uma pegada otimista, um tipo de visita ao passado. Apenas algo para aquecer as pessoas antes de eu lançar mais canções depois dessa.

Eu também lancei outro single, chamado “Anxious”, e essa é um pouco mais funky, um pouco mais retrô. A música traz meio que uma sensação futurista. Então, com essa, ela traz uma prévia de como meu próximo álbum vai soar.

Além disso, tenho uma nova música vindo aí. Ela se chama “Dancing With Nobody”. Estou bem animado com isso!

Legal. Pode nos contar mais detalhes sobre o novo lançamento?

Apenas isso por enquanto. Depois do lançamento do single, espero que o álbum venha a ser lançado mais tarde, ainda este ano.

Sobre o seu último EP, o “For Me+You”. Como foi esse trabalho?

Eu diria que o “For Me+You”, que foi o último projeto que lancei, foi mais como um aprendizado para mim, sabe? Um trampolim mesmo, para o caminho que estou seguindo agora. Tem muita música legal lá.

Eu meio que estou na mesma vibe desse último lançamento, porém, para o novo álbum, ele terá uma melhor qualidade, letras melhores, uma produção melhor.

Quando você olha para todos os meus projetos ao longo dos anos, eles apenas vão ficando melhores, melhores e melhores toda vez. E é exatamente o que eu estou buscando.

Que incrível. Agora, sobre música brasileira. O que você sabe sobre os artistas daqui?

Eu conheci alguns artistas brasileiros, mas não sou muito familiarizados com eles num geral. Mas, eu gosto do estilo da música, amo a cultura e tudo em volta sobre ela. Espero que, quando eu voltar com novos lançamentos, eu possa conhecer algum outro artista brasileiro, e aí poderíamos trocar números, e até, talvez, pedir uma colaboração para um próximo álbum!

Você tem alguém particular em mente que gostaria de colaborar?

Na verdade, como não conheço muitos artistas brasileiros, não poderia te dar um nome agora.

Ok! Pode nos contar um pouco sobre como foi sua última experiência aqui no Brasil? Você sente falta do país?

Sim, claro! Faz um bom tempo que estive aí pela última vez. Estou ansioso para voltar. Quero muito ver meus fãs, me aproximar do público, cantar minhas músicas para eles, experimentar novas comidas… Eu tenho que passar mais tempo no país da próxima vez que eu for.

E sobre os fãs brasileiros? Qual a principal diferença entre os fãs daqui para o restante do mundo?

Eu diria que os fãs brasileiros são os mais energéticos. Toda vez que eu vou aí, eu aproveito cada momento. Quando estou no Brasil, eles sempre me mostram um grande apoio, tipo… aparecendo no aeroporto onde eu chego, ou me veem no hotel onde estou hospedado. Eu amo muito eles.

Deixe uma mensagem para seus fãs brasileiros!

Sim! Para todos os meus fãs brasileiros, eu quero dizer: eu amo vocês, gente. Agradeço muito o apoio de vocês durante todo esse tempo, por me amarem e amarem minha música. Confiram meus novos singles, “Why Don’t We”, “Anxious” e o próximo, “Dancing With Nobody”. Mal posso esperar para vê-los novamente!

Relembre quem é Austin Mahone

Com apenas 23 anos, o jovem cantor estourou na mídia em meados de 2011, após um de seus covers publicados no YouTube viralizar. De contrato assinado com a Universal Music, Mahone seguiu trilhando um caminho de sucesso e grandes parcerias, como o rapper Flo Rida, em 2012 – na música “Say You’re Just a Friend” –; Taylor Swift, ao abrir os shows dela na turnê do álbum “Red”, em 2013; Pitbull, com a canção “Mmm Yeah” do EP “The Secret” (2014) e, posteriormente, na música “Lady”, do “For Me+You” (2016).

Austin passou pelo Brasil apenas uma vez, para ser headliner da edição de 2014 do Z Festival. Na ocasião, o grupo Fifth Harmony abriu o show para o cantor.

A colaboração mais recente e citada na entrevista*, é a com o cantor e compositor Charlie Puth. O músico será atração principal do Palco Sunset no Rock in Rio deste ano, no mesmo dia que a cantora P!nk: 5 de outubro.

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.