in

Sample, plágio ou interpolação? Qual a diferença e o que Olivia Rodrigo fez

Quando o assunto na indústria musical é sample, plágio e interpolação, os entendimentos sobre esses termos ficam confusos. No atual momento, Olivia Rodrigo vive em meio a esse dilema, após creditar Hayley Williams e o ex-guitarrista do Paramore, Josh Farro, como compositores de “good 4 u” devido a interpolação do single da banda, “Misery Business”, de 2007, conforme relatou a Billboard.

A adição retroativa já havia acontecido com Taylor Swift, Jack Antonoff e St. Vincent, quando os mesmos receberam créditos como co-escritores de “Deja Vu”, segundo single do álbum de estreia de Rodrigo, “SOUR”, tendo o devido reconhecimento no sample da canção de Swift, “Cruel Summer”, do disco “Lover”.

Anteriormente, a dona de “cardigan” e Antonoff já tinham sido creditados como co-escritores em “1 Step Forward, 3 Steps Back” de Olivia, que interpola a faixa “New Year’s Day”, do “reputation”.

No processo de produção musical, é comum que artistas usem de outras inspirações para poderem criar novas canções. Durante uma entrevista para Zach Sang, Olivia revelou como essa interpolação da música de Taylor surgiu em seu álbum.

Nós interpolamos”New Year’s Day“, que é a música do “Reputation” da Taylor. Eu vim com o conceito ‘1 step forward’ e eu meio que escrevi um verso e um refrão, e quando cheguei em casa – eu estava no carro em uma viagem – e quando cheguei em casa, decidi cantá-lo sobre os acordes do ‘New Year’s Day‘. Acho que são acordes realmente lindos. Tive a sorte de conseguir que fossem aprovados, e está no álbum agora.

Mas você sabe como caracterizar e diferenciar cada nomeação? Explicamos o que distingue cada um aqui. Confira!

Leia também: Paramore é creditado em “good 4 U”, de Olivia Rodrigo

O que é sample? “deja vu”, de Olivia Rodrigo , e “Cruel Summer”, de Taylor Swift

Um sample é um trecho de uma música original que foi copiado e colado em uma peça inteiramente nova.

Quando você faz um sample de algo, deve obter permissão para uma licença de uso master do proprietário da gravação master (normalmente uma gravadora) e permissão para uma licença de copyright do proprietário da composição (normalmente um editor). Isso ocorre porque você está apresentando a gravação e a composição subjacente em um novo trabalho musical. 

Em “deja vu”, isso acontece a partir do minuto 2:50 até o restante final da música, no qual, a norte-americana adquiriu o sample de “Cruel Summer”, onde a amostra aparece no minuto 1:39 da faixa.

A ponte estabelecida na canção de Olivia está situada antes da quebra do refrão e teve seus vocais inspirados em uma das músicas queridinhas dos swifties.

Desde que ganhou notoriedade, a voz de “driver’s licenses” ressaltava a influência de Taylor em suas canções. Os outros colaboradores de “Cruel Summer”, Jack Antonoff e St. Vincent, também foram creditados ao lado de Daniel Nigro e Rodrigo.

Olivia Rodrigo
Foto: Reprodução/Spotify

Leia também: Crédito pós-lançamento? Olivia Rodrigo, Taylor Swift e mais 3 vezes que isso aconteceu

Entenda o que significa interpolação – “good 4 u”, de Olivia Rodrigo, e “Misery Bussiness”, do Paramore

Uma interpolação é quando uma gravação é recriada nota por nota e reflete a composição subjacente. Em “1 Step Forward, 3 Steps Back” foi executado a melodia de “Cruel Summer” como base sonora, por conta disso Taylor e Jack, produtores musicais da faixa de Swift, receberam os créditos devido à interpolação das melodias.

Quando há a interpolação de uma música, você só precisa obter permissão do proprietário da composição subjacente, uma vez que está apenas apresentando a composição – não a gravação original – em sua nova canção.

Com o Paramore, a situação foi a mesma, já que “Misery Bussines” serviu de apoio sonoro para as melodias que “good 4 u” está enquadrada.

Segundo fontes, as equipes da banda e da cantora haviam entrado em contato sobre a música antes do seu lançamento em maio. Após a liberação do terceiro single de “SOUR”, os fãs e os críticos notaram semelhanças entre o hit de “Riot!” do conjunto musical e o de Rodrigo.

Entre tantas comparações, nesta semana finalmente foi confirmado o uso do sample e os nomes de Hayley Williams e Josh Farro entraram para a lista de creditados no site da Sociedade Americana de Compositores, Autores e Editores (ASCAP).

A atualização foi revelada pela editora do Paramore, Warner Chappell Music, que comemorou o número #1 de “good 4 u” nos Estados Unidos com um post no Instagram dizendo: “grande mensagem para nossos escritores Hayley Williams e Joshua Farro”.

Williams posteriormente compartilhou a postagem, acrescentando: “Nosso editor está selvagem [agora]”

Postagem de Hayley Williams no Instagram

Ouça os paralelos entre “good 4 u” e “Misery Business” abaixo:

Leia também: Olivia Rodrigo e Taylor Swift: é mais que um sample! Veja 5 outros no pop

O que caracteriza plágio?

A caracterização de plágio se dá a partir do uso de música ou letra com direitos autorais sem o consentimento do detentor legal dos direitos autorais. Na cena da música popular, muitas ações judiciais resultaram de reclamações de plágio musical.

Na prática, os direitos autorais de muitas canções populares são propriedade de gravadoras, não apenas dos próprios artistas.

Assim como inúmeras formas de arte, a música é feita de muitos elementos individuais e muitas vezes é inspirada por obras já existentes. Uma simples progressão de notas em uma faixa pode soar semelhante ao que é ouvido em outras canções, mas isso não abre espaço para garantir que aquele material foi necessariamente plagiado. 

Embora a razão dos créditos retroativos ao ex-guitarrista e a vocalista do Paramore não ter sido divulgado oficialmente, é comum os artistas que usam desse suporte reconhecerem tais direitos como uma estratégia para evitar processos por plágio em uma ação judicial futura.

A BBC, por exemplo, destaca que, “tornou-se prática comum os escritores receberem créditos retroativos sobre as canções, muitas vezes para evitar procedimentos onerosos de plágio”.

Na matéria, o jornal britânico relembrou alguns casos que se tornaram famosos na indústria fonográfica como quando Mark Ronson e Bruno Mars deram os créditos aos membros da “The Gap Band”, após o lançamento da faixa “Uptown Funk” inspirada em elementos de “Oops Upside Your Head”, da banda norte-americana.

Agora que tudo foi explicado, nada melhor que curtir as canções de Olivia e aquelas que as inspiraram. Comenta no nosso Twitter a sua faixa favorita do “SOUR”!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

GIPHY App Key not set. Please check settings

    Loading…

    0