Pabllo Vittar no YouTube Music Convida

YouTube Music Convida: Pabllo Vittar apresenta hits do álbum “111”

A divulgação do EP “111”, da Pabllo Vittar, está a todo vapor! Poucas semanas após lançar […]

Por em 16 de novembro de 2019

A divulgação do EP “111”, da Pabllo Vittar, está a todo vapor! Poucas semanas após lançar a primeira parte do álbum, a artista gravou um especial para o YouTube Music Convida.

O show, que aconteceu em um estúdio em São Paulo, foi realizado em um palco redondo centralizado. O pequeno espaço foi preenchido por uma plateia composta por influenciadores, jornalistas e fãs.

Para a apresentação, Pabllo escolheu alguns hits de seu novo álbum. Entre as faixas selecionadas, “Flash Pose” e “Parabéns”, parecerias com Charli XCX e Psirico, respectivamente, “Amor de Que” e “Ponte Perra”.

Entre as informações que a cantora divulgou durante o bate-papo, destaque para o fato que a segunda parte do “111” terá mais canções em espanhol.

Pabllo Vittar vencendo o preconceito

Além de comentar sobre o novo álbum durante o Youtube Music Convida, Pabllo Vittar também tirou um tempo para conversar sobre temas polêmicos. Entre os assuntos, o preconceito que drag queens sofrem na indústria musical.

“Fico muito triste com as gatinhas [radialistas] que não tocam nossas músicas, mas mais ainda com as mensagens homofóbicas que meus fãs recebem quando mandam mensagens pedindo música. São mensagens sem respeito nenhum, espero que as pessoas se conscientizem e olhem para nós artistas LGBTQ+ como pessoas de verdade, não só como pessoas nichadas”.  

Considerada a drag mais seguida do mundo nas redes sociais, Pabllo Vittar quebrou mais uma barreira ao ser a primeira brasileira a se apresentar no Europe Music Awards (EMA). Além da performance, a artista foi a ganhadora do prêmio “Melhor Artista Brasileira”.

“Amo que a gente está alcançando espaços que jamais imaginei na minha vida. Eu lá no meu bairro superafeminada e agora ganhando prêmio, indo para festivais. E acho mais incrível ainda quando vejo outras drags alcançando esses espaços, torço muito por elas. Agora tem outras minorias que sonhavam em ter um lugar que estão chegando lá. Se você persiste e tem pessoas que te apoiam, as coisas vão acontecer”, comentou a artista.


Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!