15 de abril de 2019 por Redação Tracklist.

Por Manuela Sant’Ana, Leonado Fernandes e Larissa Rhouse

Encerrou-se, no último domingo, o primeiro fim de semana do Coachella 2019, famoso festival de música que acontece anualmente nos desertos da Califórnia. O evento, que ocorreu entre os dias 12 e 14 de abril, sempre carrega nomes de peso em seu line-up, e esse ano não foi diferente.

Ariana Grande, Childish Gambino e Tame Impala foram as três principais atrações dessa edição, além de artistas como J Balvin, Billie Eilish, BLACKPINK e Khalid. O evento retorna entre os dias 19 e 21 de abril.

Confira a seguir os melhores momentos da primeira parte da edição de 2019:

Dia 1 – 12/04/2019

Janelle Monáe

A artista norte-americana levou ao festival a turnê de seu mais recente disco, “Dirty Computer”. Com seu visual futurístico e multifacetado, apresentou músicas como “I Like That”, “Make Me Feel” e “Crazy, Classic, Life”.


Indicada ao Grammy de Álbum do Ano em 2019, Janelle trouxe ao palco principal do Coachella alguns convidados, como por exemplo a cantora Lizzo – aposta para a música pop desse ano.

Pelo Instagram, Lizzo agradeceu o convite da artista, que brincaram durante a performance ao fazerem referência ao seu single “Juice”:

Visualizar esta foto no Instagram.

#ASSCHELLA CONTINUES! THANK U @janellemonae FOR SHARING MY JUICE ON UR STAGE! HI @tierrawhack 🤘🏾

Uma publicação compartilhada por Lizzo (@lizzobeeating) em

Rosalía

A cantora pop em ascensão agitou o público do festival com sua mistura de hip-hop a música espanhola. Os hits “Pienso en tu Mirá” e “Malamente” foram apresentados, além de sua recente parceria com J Balvin, “Con Altura”.

Originária da região da Catalunha, Rosalía se emocionou ao representar a cultura de seu país no Mojave Tent, um dos palcos do festival. Através das redes sociais, agradeceu pela oportunidade com uma série de fotos de sua performance: “Continuo em choque, obrigado, estar aqui significou muito para mim.”

Visualizar esta foto no Instagram.

GRACIAS @coachella uau sigo en shock thank you it meant so much to me to be here🙏🏻🙏🏻🙏🏻 y los que no estabais allí visteis el live stream???? os gustó?? os leo❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️ if you weren’t there, did you watch the livestream???? did you like it?? im reading the comments

Uma publicação compartilhada por ROSALÍA (@rosalia.vt) em

BLACKPINK

As integrantes do grupo de K-Pop Bfizeram história no festival, ao se tornarem o primeiro grupo do gênero a se apresentar no Coachella.

Com um grande sucesso dentro do mercado, principalmente nas plataformas de streaming, o quarteto performou sucessos como “As If It’s Your Last” e “DDU-DU DDU-DU”, e seu comeback mais recente, “Kill This Love”.

Cheias de carisma e talento, o grupo se surpreendeu com a recepção do público americano no deserto californiano, que se agitou em boa parte do show – o qual foi a primeira performance completa do BLACKPINK nos Estados Unidos.

Childish Gambino

O músico e rapper americano Cfoi o primeiro headliner da edição a se apresentar, na noite do primeiro dia. Donald Glover – seu verdadeiro nome – mesclou músicas famosas e outras ainda nem lançadas no setlist, e uma pequena homenagem a Mac Miller.


Com performance aclamada, o cantor contou com as famosas “This Is America”, “Feels Like Summer” e “Redbone”, e também um cover da canção “Crazy”, do cantor Gnarls Barkley. Além disso, Donald aumentou a curiosidade do público ao apresentar algumas músicas de seu próximo disco.

Aliás, foi divulgado na mesma noite o filme “Guava Island”, com Childish e Rihanna nos papéis principais e dirigido por Hiro Murai – diretor do videoclipe de “This Is America”. O Tracklist já contou um pouco sobre a produção do longa aqui.

DJ Snake

A performance do produtor francês Dmais do que surpreendeu o público no Coachella.

Longe de tocar apenas os seus hits eletrônicos – como “Let Me Love You” e “Middle” – seu show foi marcado pela presença de Cardi B, Selena Gomez e Ozuma no encore. Os artistas apresentaram o smash hit “Taki Taki”, canção do ano passado que alcançou forte desempenho nos charts mundo afora.

No Instagram, Cardi B agradeceu o convite do DJ para os palcos do festival e expressou sua gratidão pelo produtor e os demais artistas. Essa também foi a primeira performance de Selena Gomez depois de um hiato de 11 meses.

https://www.instagram.com/p/BwN_hQgB6Va/

Visualizar esta foto no Instagram.

Last night at COACHELLA!! Thank you @djsnake for bringing us out .I want to express how much love I have for @ozuna @selenagomez @djsnakes !They are the humblest sweetest people ever and when you meet them and vibe it shows .

Uma publicação compartilhada por CARDIVENOM (@iamcardib) em

Kacey Musgraves

A cantora country encantou o público durante o dia ao apresentar músicas de seu premiado disco “Golden Hour”. Vencedora das categorias Álbum do Ano e Melhor Álbum Country no Grammy 2019, Kacey mistura o folk e um country mais pop no repertório.

Em meio a interações enfadonhas com o público que posteriormente foram parar nas redes sociais da própria artista, Kacey cantou músicas como “High Horse”, “Slow Burn” e “Rainbow”  – presentes em seu álbum elogiado pela crítica – e algumas outras canções de trabalhos anteriores. A cantora se mostrou estar entusiasmada com seu debut no Coachella.

Dia 2 – 13/04/2019

Bazzi

Logo em um dos primeiros shows do segundo dia de Coachella, os encontros no palco voltaram a acontecer.

A apresentação do cantor americano Bazzi ficou marcada pela sua setlist interessante: cover de MGMT, com a música “Electric Feel”, alguns de seus sucessos do álbum “Cosmic”, lançado no ano passado e, para a alegria do público, a aparição do rapper Ty Dolla $ign.

O palco foi tomado pela música “Blasé”, canção do Ty Dolla pertencente ao seu primeiro álbum “Free TC” (2015). Na sequência, a dupla ainda fez a plateia curtir a música parceria com o cantor Post Malone, a “Psycho”.

O show foi finalizado com o maior sucesso da carreira do Bazzi: a canção “Mine”, que já alcançou a 11ª posição na Billboard Hot 100.

O artista ficou conhecido por meio dos seus vídeos publicados no antigo app Vine. Já alcançou tanto sucesso que já fez diversas parcerias, entre elas, uma com a cantora Camila Cabello, no remix “Beautiful”, que você pode conferir aqui.

Weezer

Logo no início do ano, a banda lançou seu incrível “The Teal Album”, um compilado de sucessos de outras bandas em belas versões, com um quê de Weezer.

Na segunda faixa do disco, aparece a música “Everybody Wants To Rule The World”, da banda britânica, Tears For Fears. E o Weezer, ao se apresentar no último sábado, chegou com uma baita surpresa.

As duas bandas uniram-se no palco para tocarem a clássica canção dos anos 80’, em uma apresentação de se emocionar.

Além disso, o grupo americano ainda apresentou o sucesso da banda TLC, “No Scrubs” e, como não poderia faltar, seu famoso cover de “Africa”, do Toto, também presente no “Teal Album”.

Vale lembrar que o Weezer é uma das apresentações confirmadas para o Rock in Rio deste ano! Eles estarão no dia 28 de setembro, junto com o Foo Fighters, Tenacious D, Whitesnake, entre outros.

Billie Eilish

Billie Eilish certamente figura como um dos maiores nomes da música atual. E, no último sábado, estreou pela primeira vez no Coachella.

Com seu recente lançamento, o álbum “When We All Fall Asleep, Where Do We Go?“, a jovem de apenas 17 anos foi a primeira artista nascida nos anos 2000 a alcançar o primeiro lugar das paradas.

Por isso, as expectativas para sua apresentação no festival estavam bem altas. O que, com certeza, a cantora atendeu, com muita energia e fãs enlouquecidos. Até uma cama suspensa apareceu no meio do palco, durante a “bury a friend”.

Outro fato curioso e marcante no show de Billie foi quando, durante a “all the good girls go to hell”, a cantora esqueceu a letra: “Car*lho! Como é a porr* da letra mesmo? Bruh” EILISH, Billie (Coachella, 2019).

No dia seguinte, a jovem voltaria a subir novamente ao palco do festival, desta vez ao lado do seu amigo e cantor Khalid, para apresentar a balada “Lovely”.

J Balvin

O cantor colombiano J Balvin aproveitou sua estreia no festival americano para provar seu sucesso. Ao iniciar sua apresentação com seu recém lançado single, “Reggaeton”, a plateia respondeu de forma energética ao show, vivenciando o primeiro concerto desse gênero musical de longa duração na história do Coachella.

Sua setlist conteve hits do seu último álbum “Vibras” (2018), como “Machika”, sua canção em parceria com a Anitta e “No es Justo”. Porém, o que chamou a atenção foi sua performance com a cantora Rosalía, “Con Altura”, dividindo o mesmo palco.

Fora isso, o artista ainda cantou “Gasolina”, do rapper Daddy Yankee; “Sensualidad”, do Prince Royce e o animado cover da Cardi B, “I Like It”.

Christine and the Queens

Três anos depois de sua primeira apresentação no Coachella, Christine and the Queens estava de volta ao festival. Depois do seu sucesso de lançamento “Chris” (2018), que foi muito bem vindo nos Estados Unidos, a cantora francesa marcou muito bem sua presença no evento, acompanhada com seus seis dançarinos que a seguiram durante toda a turnê.

Com uma performance cheia de energia, pop e pirotecnia, Christine aproveitou a oportunidade para iniciar o show com a música que acompanha seu mais novo single, “Comme si”.

Tame Impala

A banda já é conhecida do Coachella. Já se apresentou nas edições de 2011, 2013 e 2015. Porém, em 2019, voltou com muito mais força – era a primeira vez que o grupo australiano aparecia como atração principal do festival.

O show contou com 16 músicas, divididas entre o renomado “Currents” (2015) e o “Lunerism” (2012). Apesar de não ter lançado – ainda – um álbum novo, o Tame Impala tocou duas canções novas que devem fazer parte do próximo lançamento: “Borderline” e “Patience”.

O ponto alto do show foi a aparição de um OVNI. Para acompanhar toda a psicodelia de um show dessa banda, nada mais justo, certo?

Dia 3 – 14/04/2019

Khalid

Homenagens emocionantes e parcerias de tirar o folego. Foi assim que o jovem Khalid fez sua estreia em um dos mais conceituados festivais do planeta.

Sob fortes aplausos, Khalid subiu ao palco para uma apresentação que mesclou canções de seus dois álbuns, “American Teen”, de 2017, e “Free Spirit”, 2019, e mostrou seu grande talento e evolução – mesmo tendo apenas 21 anos.

Para dar início as colaborações, Billie Eilish se juntou ao cantor para apresentar a balada romântica “Lovely”. Em seguida, Khalid convidou Halsey e Benny Blando para performar “Eastside”.

Outra cantora que não poderia deixar de participar desse grande momento na vida de Khalid é a ex-integrante do Fifth Harmony, Normani! Juntos, a dupla apresentou o feat. Love Lies, um dos maiores sucessos de 2018.

Em um dos momentos mais marcantes do show, Khalid dedicou a música “Angels” à memória de Mac Miller, falecido em 2018, e do rapper Nipsey Hussle, que foi assassinado no último mês.

Para fechar as parcerias com chave de ouro, o cantor convidou Marshmellow para apresentar a música “Silence”.  Khalid volta a se apresentar no Coachella no próximo dia 21.

Zedd

O sol havia acabado de se pôr quando o DJ russo Zedd subiu ao palco para um set que contemplou seus maiores hits e colocou toda a plateia para dançar.

Porém, o ponto alto do show foi a aparição surpresa de Katy Perry. Juntos, a dupla apresentou a música “365”, lançada em fevereiro.

Além dela, os sucessos “The Middle”, “I want you to know” e “Clarity” também fizeram parte da setlist.

Zedd lançou seu último álbum em 2015. Desde então, ele vem trabalhando em diversos feats e remixes, com artistas como Liam Payne, Alessia Cara, Maren Morris e Shawn Mendes.K

Ariana Grande

Nem mesmo as falhas técnicas que ocorreram durante a apresentação de Ariana Grande no Coachella foram capazes de diminuir a grandiosidade do espetáculo. Com uma setlist repleta com seus maiores sucessos, a cantora encerrou a terceira noite do festival de maneira inesquecível.

Fazendo uma extensão da Sweetener Tour, Ariana preparou diversas surpresas para os fãs: como a participação da banda N’Sync que, sem Justin Timberlake, apresentou um mash-up de “Break up with your girlfriend, I’m Bored” e “It makes me ill”.

E as colaborações especiais não pararam por aí! Mostrando todo o poder feminino, a rapper Nicki Minaj performou ao lado de Ari em “Side to Side” e em “Bang Bang”. Com falhas no retorno, a apresentação não foi como a esperada, mas as duas não deixaram a coroa cair e prosseguiram com o show.

Além de N’Sync e Nicki Minaj, Diddy e Mase também subiram ao palco para cantar “Mo Money Mo Problems”.  Ariana finalizou o Arichella – apelido dado carinhosamente pelos fãs -, com “No tears left to cry” e “Thank u, next”.

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.