Power por Twin Atlantic

Twin Atlantic libera quinto álbum de estúdio; confira “Power”

“Power”, quinto álbum de estúdio do Twin Atlantic, já está disponível. Lançado nesta sexta-feira (24), o […]

Por em 24 de janeiro de 2020

“Power”, quinto álbum de estúdio do Twin Atlantic, já está disponível. Lançado nesta sexta-feira (24), o disco marca a primeira produção independente da banda escocesa.

Confira:

“Power”

Quando decidiram deixar a Red Bull Records em 2016, os integrantes do Twin Atlantic viram uma oportunidade de criar algo completamente novo. Assim, a banda fundada em Glasgow reformou o antigo estúdio em que ensaiavam a fim de transformá-lo em uma gravadora.

Tal ideia de mudança, por sua vez, não influenciou apenas a estética do ambiente. Apesar de possuir o rock alternativo como gênero musical predominante, os artistas decidiram explorar estilos diferentes em “Power”.

Mesclando sintetizadores com vocais distorcidos e falsetes, a nova era do Twin Atlantic é mais voltada para o eletro-rock. Além disso, a banda buscou dar um toque mais vintage a produção, investindo, por fim, no synth-pop característico dos anos 60.

Sem a pressão com relação a agradar produtores e investidores, o álbum possui um caráter mais intimista. Desse modo, assuntos “genéricos” deram espaço para a complexidade do dia-a-dia e relacionamentos.

Outros lançamentos do Twin Atlantic

Antecedendo o lançamento de “Power”, o Twin Atlantic introduziu duas tracks do álbum.  O debut single do disco, nomeado de “Novocaine”, retrata a história de amor entre o integrante Sam McTrusty e sua esposa.

Confira o clipe:

“Eu queria me forçar a ser mais honesto e aberto.(…) Esse sentimento de obsessão [do primeiro encontro] tomando conta de todos os pensamentos e razões era quase como um vício na época. De certa forma, nos envergonha sermos vítimas de uma história de amor de roteiro de filme tão clichê, mas nos surpreende igualmente que isso tenha acontecido”, explicou.

Logo após “Novocaine”, a banda disponibilizou “Barcelona”, que mostra como o amor pode ser algo cinematográfico.

Assista:

O Twin Atlantic, por fim, também disponibilizou uma versão ao vivo da primeira faixa:


Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!