I Fell In Love With The Devil

Avril Lavigne libera bastidores de “I Fell In Love With The Devil”; confira

No último dia 15, Avril Lavigne liberou um sombrio clipe para a faixa “I Fell In […]

Por em 28 de julho de 2019

No último dia 15, Avril Lavigne liberou um sombrio clipe para a faixa “I Fell In Love With The Devil”. Agora, quase duas semanas depois, a cantora disponibilizou algumas cenas dos bastidores da produção.

Divido em duas partes, os vídeos, postados no Instagram da artista, mostram detalhes do processo de filmagem. Além disso, eles ainda trazem a opinião do elenco e do diretor do clipe.

Confira os vídeos:

Em um dos trechos, Elliott Lester, responsável pela direção do clipe, comenta sobre a canção: “Realmente acho que é inspiradora, tanto pela música quanto pelas próprias experiências que Avril viveu”.

Já o cantor e ator Zane Carney, que interpreta o “Diabo” no clipe, foca em sua amizade com a cantora e sua participação no álbum “Head Above Water”: “Eu conheci a Avril em 2015 por meio do nosso professor de canto. Viramos amigos instantaneamente e começamos a escrever músicas juntos. Eu toquei violão no álbum dela”.

Galeria de fotos de “I Fell In Love With The Devil”

Além dos vídeos, a cantora divulgou uma série de fotos do set de filmagem de “I Fell In Love With The Devil”.

Veja, a seguir, alguns cliques de Avril ao lado de Zane Carney:

Polêmica envolvendo a letra da música

Assim como seu nome, a letra de “I Fell In Love With The Devil” – traduzida para português como: “Eu me apaixonei pelo Diabo” –, gerou muita polemica.

Em seu refrão, a cantora diz: “Eu me apaixonei pelo diabo e agora estou com problemas. Eu me apaixonei pelo diabo, estou sob o seu feitiço. Alguém me mande um anjo para me emprestar uma auréola. Eu me apaixonei pelo diabo. Por favor, me salve deste inferno”, causando opiniões adversas entre seus fãs.

Alguns acreditam que, com o comentário, Avril Lavigne estaria desrespeitando à Deus. Muitos deles chegam até a citar a Doença de Lyme, que afastou a cantora dos palcos por mais de cinco anos, como um dos motivos para ela não cantar mais a música.

Já em contrapartida, outros apoiadores da artista saíram em sua defesa. Entre as alegações, a mais citada foi que Avril vivia em um relacionamento tóxico e pedia ajuda para sair dele.


Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!