Cardi B e Megan Thee Stallion em wap musica do ano

Cardi B e Megan Thee Stallion unem forças em “WAP”; confira

Cardi B está de volta e muito bem acompanhada! Isso porque, nesta sexta-feira (07), a rapper […]

Por em 7 de agosto de 2020

Cardi B está de volta e muito bem acompanhada! Isso porque, nesta sexta-feira (07), a rapper liberou a tão aguardada parceria com Megan Thee Stallion. Nomeada de “WAP”, a canção tem como tema principal o empoderamento feminino.

Contudo, “WAP” não chegou igual para todas as plataformas. A versão que acompanha o clipe do YouTube, por exemplo, é mais leve que a original. Segundo o ABC News Radio, a própria cantora revelou que “a música é tão desagradável” que foi censurada. 

Assista ao clipe de “WAP” logo abaixo!

Vale destacar que a produção é o primeiro grande lançamento de Cardi B no ano. Porém, isso não significa que a rapper estava fora da mídia, visto que vem exercendo uma grande influência política durante a pandemia. 

Enquanto isso, Megan continua colhendo bons frutos com o remix de “Savage”, parceria que fez com Beyoncé. Liberada em abril, a faixa alcançou o topo da Billboard Hot 100 e ganhou críticas muito positivas de especialistas em música.

União e empoderamento no clipe de “WAP”

A parceria entre Cardi B e Megan Thee Stallion por si só já é muito poderosa. Entretanto, o clipe de “WAP” não se limitou apenas às artistas. Com o intuito de “refletir a união entre as mulheres na indústria do entretenimento”, as cenas apresentam influentes celebridades.

Segundo uma fonte do site TMZ, a escolha foi feita a dedo por Cardi B. Assim, a presença das rappers em ascensão Sukihana, Rubi Rose e Mulatto tem um significado mais que especial. 

Em outras palavras, Cardi e Megan queriam mostrar em “WAP” que existe espaço para todas no cenário musical e que não há necessidade de jogá-las umas contra as outras. Além das cantoras, a influencer digital e empreendedora Kylie Jenner também aparece nas cenas. 

Por fim, é importante citar que Cardi B já havia revelado o conceito do clipe em uma entrevista à rádio Real 92,3 no último ano. Na época, a cantora comentou: “É muito específico. Eu tenho essa ideia há algum tempo, é quase como uma música da Lil Kim. Quero colocar quatro mulheres rappers e uma que não tenha contrato”. Saiba mais AQUI


Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!