21 de julho de 2020 por Leonardo Fernandes.

O nome de Megan Thee Stallion está dando o que falar no ano de 2020, e o remix de “Savage” esteve em todo lugar. Nesse sentido, a rapper está conquistando cada vez mais espaço com seu trabalho, flow e seu business na indústria.

Com apenas 25 anos, a cantora gravou uma nova versão da música de seu EP “Suga”, junto de ninguém mais, ninguém menos que Beyoncé. Após viralizar no TikTok, o hit chamou a atenção da diva, que o levou a outro patamar no que diz respeito à divulgação e sucesso da faixa.

Para o jornal The Guardian, Megan diz que mal pôde acreditar na oportunidade: “eu fiquei totalmente ‘o quê? Cala a boca, você está mentindo, a Beyoncé não quer nada comigo; pelo amor, sou eu!'”. De qualquer forma, a união das cantoras foi um sucesso, e o remix subiu até o topo da Billboard Hot 100.

Dessa forma, é curioso pensar no que a cantora fará a seguir, levando em conta que uma parceria com Beyoncé é uma grande conquista. Com três mixtapes e um extended play na bolsa, é interessante apostar em quem estará em seu futuro álbum, e o que a rapper fará a seguir.

Portanto, é preciso fazer uma retomada do que Megan Thee Stallion fez antes de “Savage”, e quais dicas a artista já deu sobre possíveis colaborações.

Megan Thee Stallion e as parcerias lançadas antes de “Savage”

Há quase um ano, Megan fechou uma parceria que seria o “ponto de partida” para as demais collabs que vieram depois. A canção “Hot Girl Summer”, com Nicki Minaj e Ty Dolla $ign, foi lançada em agosto de 2019 e subiu de forma orgânica nos charts, ficando em 11º na Hot 100 e em primeiro nas paradas rhythmic.

Assim, a canção marcou o primeiro “número um” da rapper; além de receber um grande apoio vindo dos fãs de Nicki. Até aquela época, Megan havia lançado o sucesso viral “Big Ole Freak” em 2018, que foi importante para evidenciar seu nome no mercado.

Conforme a união das artistas saiu e conquistou o público-alvo, Stallion não parou mais. A cantora marcou presença nos álbuns de Chance the Rapper, Wiz Khalifa e Gucci Mane, por exemplo. Além de tudo, fechou um feat com Tyga e ainda apareceu na trilha sonora de “Aves de Rapina” com Normani.

Músicas com outros artistas e presença em trilha sonora ajudaram Megan Thee Stallion

A ideia é que Megan já era conhecida entre produtores e figuras do hip-hop, e foi gradativamente aparecendo em projetos cada vez mais evidentes. A canção “Diamonds”, que canta com Normani, foi uma boa escolha para atingir o mainstream: estar numa produção blockbuster, e numa OST bem mais pop.

Além disso, a artista trabalha com produtores que de fato conhece e estão com ela há algum tempo. Esse é o caso do produtor LilJuMadeTheBeat, que produziu a mixtape “Fever” e o single “Cash Shit”, que teve participação do rapper DaBaby. O veterano Juicy J, que ajudou na criação de “Hot Girl Summer”, também esteve na equipe de “Fever”.

Portanto, não foi por acaso que Megan Thee Stallion apareceu na cena com o “Savage Remix”. Foi uma colaboração bem pensada, tanto por ela quanto por Beyoncé, feita para dar certo. Vale lembrar que, acima de tudo, Megan assinou com a gravadora de Jay-Z, Roc Nation, no começo do ano.

Megan Thee Stallion com Jay-Z, quando a rapper assinou com a gravadora Roc Nation.
View this post on Instagram

A post shared by Hot Girl Meg (@theestallion) on

Os possíveis nomes para uma futura parceria com Megan The Stallion

Agora, algumas dicas apontam certas figuras para colaborar com Stallion num projeto futuro. Algumas delas foram vistas com a artista ou citadas algumas vezes, e outras continuam como rumores dos portais online.

Primeiramente, há Lizzo e Cardi B. Em relação a Lizzo, ambas apareceram num vídeo que viralizou nas redes sociais, interagindo e dançando juntas. Isso mostra que as duas ao menos tem uma certa amizade, e complementa as respostas de Megan em algumas entrevistas do ano passado, nas quais indicava uma parceria.

No que diz respeito a Cardi B, o rumor começou a se espalhar no começo de julho, com a informação de que as rappers estariam gravando um videoclipe. Contudo, nenhuma das artistas chegou a comentar sobre algo do tipo recentemente — época de composição da faixa, gravação de um projeto audiovisual, nada.

Apesar disso, uma collab seria um jeito de enfim encerrar a discussão sobre a relação das duas na web. A internet ainda se recorda do que houve entre Nicki Minaj e Cardi B no passado, e os fãs passaram a dizer que Megan estaria “do lado de Nicki” nisso tudo. A verdade é que Stallion nunca tomou partido nas desavenças das rappers, e sempre manteve a ideia de poder colaborar com qualquer uma.

Fora isso, essa suposta parceria funcionaria como uma boa jogada de marketing para a imagem das duas; tanto para movimentar o nome de Cardi na indústria, pelo fato de ainda não ter lançado nada inédito em 2020, quanto para dar mais um feat relevante a Megan.

Música com SZA & a vontade de trabalhar com Rihanna

Outra cantora que pode ser considerada é SZA, que está preparando seu novo disco há algum tempo, e foi confirmada de ter trabalhado com Stallion.

Antes de lançar a mixtape “Suga”, Megan comentou sobre a artista de r&b estar na tracklist do projeto. Porém, a canção final acabou não indo para o álbum pronto. Por isso, é provável que a música tenha sido deixada para o próprio comeback de SZA. No mais, as duas apareceram na capa da Rolling Stone juntas de Normani, numa edição especial da revista.

E surpreendentemente, Rihanna foi uma das divas citadas por Stallion para um trabalho musical conjunto. Para uma rádio estadunidense, a rapper comentou que uma parceria com a cantora está nos seus planos futuros, assim que Rihanna voltar a lançar músicas. Fora isso, Megan é uma das artistas que promovem a marca “Savage x Fenty” nas redes sociais.

“RiRi não está divulgando músicas agora, mas quando ela estiver pronta para voltar, quando ela estiver preparada para lançar algoé alguém com quem eu quero muito colaborar”.

Megan Thee Stallion

Megan Thee Stallion e a polêmica com Tory Lanez

A parceria com Tory Lanez já entra num viés mais delicado da vida pessoal de Megan. Nesse sentido, a artista esteve envolvida numa polêmica com o rapper, que culminou na hospitalização de Stallion.

No dia 16 de julho, a cantora publicou em seu Instagram um esclarecimento, em relação a algumas reportagens que estavam saindo na mídia americana. Na postagem, Megan explica que foi vítima de um crime armado e acabou sendo ferida, e levada para o hospital pela polícia. No caso, a rapper foi atacada com tiros, e passou por uma cirurgia para remoção das balas.

View this post on Instagram

A post shared by Hot Girl Meg (@theestallion) on

Felizmente, a cantora segue em recuperação, e diz que a nota serviu para refutar a informação errada publicada pelos jornais — de que teria sido presa. O fato é que, na noite do acontecimento, Tory Lanez estava com a artista; e algumas fontes apontam que Tory tenha sido o autor dos tiros. Dessa forma, o rapper foi preso por porte ilegal de armas, pagou fiança e passará por uma audiência em breve.

De acordo com Megan, a experiência foi indiscutivelmente “traumática”. Ainda, Tory Lanez estava cotado para aparecer no debut album da artista. Porém, é provável que isso não se concretize, e haja uma mudança de planos.

Com suas gravações obviamente pausadas, o lançamento mais recente de Stallion foi a faixa “Girls in the Hood”, que foi apresentada durante o BET Awards.

Atualmente, “Savage Remix” de Megan Thee Stallion se encontra na sexta posição da Billboard Hot 100.

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.