the weeknd artista e álbum 2020

The Weeknd não é o 1º a dizer “não” para o Grammy! Veja a lista

A alguns dias de sua 63ª edição, os Grammys têm sido criticados por boicotarem diversos artistas. Nesta quinta-feira, 11, o The Weeknd anunciou que pagaria a premiação com a mesma moeda.

Por em 12 de março de 2021

Abel Tesfaye, o The Weeknd, afirmou nesta nesta quinta-feira, 11, que a partir deste ano boicotará os Grammy Awards. A decisão chega após seu álbum, “After Hours”, não receber sequer uma indicação à premiação, embora tenho sido bem aceito por fãs e pela crítica.

A foto destaca o cantor Abel Tesfaye, o The Weeknd, usando uma camisa social preta e uma gravata da mesma cor. Por cima, há um terno aberto vermelho. O cantor olha para seu lado esquerdo e usa um óculos preto. Ele está com curativos no nariz, que está sangrando. A foto destaca o boicote do The Weeknd ao Grammy.
O cantor se juta a uma lista de artistas que já disseram “não” à premiação. Além dele, estão: Drake, Justin Bieber, Taylor Swift e mais. (Foto: Reprodução)

Em um comunicado ao jornal The New York Times, The Weeknd disse que vai boicotar a premiação “por causa dos comitês secretos”. “Não permitirei mais que minha gravadora envie minha música para o Grammy”, finalizou.

Harvey Mason Jr., presidente interino da Recording Academy respondeu ao The Weeknd. “Todos ficamos desapontados quando alguém fica chateado”, e afirmou que os Grammy’s estão “em constante evolução”.

“Neste ano, assim como nos anteriores, vamos dar uma olhada em como melhorar nosso processo de premiação, incluindo os comitês de revisão de nomeações”, explicou Mason.

Recentemente noticiamos que o hit “Blinding Lights” quebrou um recorde na Billboard. A canção se tornou a primeira na história da Hot 100 a passar um ano no top 10 do ranking.

Leia também: Polêmicas do Grammy: as maiores da história do prêmio

Ainda em 2020, após a divulgação dos indicados, Abel criticou duramente a premiação. “O Grammy continua corrupto. Vocês devem a mim, meus fãs e à indústria transparência”, escreveu.

Além disso, o cantor disse que “pessoalmente não se importa mais” com a situação. “Eu tenho três Grammys, que não significam nada para mim agora, obviamente”, disse ele.

Contudo, o The Weeknd não é primeiro artista a dizer “não” aos Grammy Awards. Relembre outros 4 artistas que também já fizeram isso!

Confira outros 4 artistas que já disseram “não” ao Grammy

1. Drake

Em 2017, o rapper Drake não enviou seu álbum “More Life” para análise. Segundo a Billboard, este foi o motivo de o álbum não ter recebido nenhuma indicação na premiação.

Apesar de ter feito um sucesso estrondoso, Drake ficou bravo com a Academia ao perceber preconceito contra sua arte. “More Life” foi lançado em março daquele ano e estreou liderando a parada de álbuns da Billboard 200.

Na edição de 2017 dos Grammys, a Recording Academy indicou o hit “Hotline Bling” nas categorias de rap. Em entrevista, Drake afirmou que a faixa não se trata de um rap.

“A única categoria que eles conseguem me encaixar é uma categoria de rap. Talvez porque eu tenha feito rap no passado ou porque eu sou negro, eu não consigo descobrir o porquê”, disse o cantor.

2. Frank Ocean

Ainda em 2017, quem também não submeteu seus trabalhos para análise da academia foi Frank Ocean. Seu álbum “Blonde”, lançado no ano anterior, teve um desempenho comercial muito bom, além de ser bem aceito por fãs e críticos.

Na época, Ocean disse não se ver representado pela premiação. Ainda segundo o cantor, o racismo persiste dentro da premiação e afirmou que o Grammy é um “um dinossauro que não representa artistas jovens e negros”.

A voz de “Nikes” declarou que a premiação simplesmente não representa os jovens. Fora isso, a academia, formada pelo alto escalão da música, “sempre escolhe mais do mesmo e não inovar”.

Por meio de seu Tumblr, Frank também criticou o privilégio branco por trás dos prêmios de “1989”, da Taylor Swift. O disco da cantora concorria com o “To Pimp A Butterfly”, do rapper Kendrick Lamar.

“[Ver] ‘1989’ ganhando de ‘To Pimp A Butterfly’ na categoria de álbum do ano. Sem comentários para um dos momentos mais ‘defeituosos’ que eu já vi na TV”, escreveu Ocean.

“Ganhar um prêmio de televisão não me batiza como um sucesso”, disse em carta aberta, “se vocês estiverem dispostos a discutir sobre a parcialidade cultural, então eu estou aqui”, finalizou.

3. Snoop Dogg

Snoop Dogg é um dos maiores nomes do rap mundial. Ele já foi indicado a 17 categorias, mas nunca ganhou um Grammy sequer.

Em 2016, ele publicou um vídeo em seu Facebook afirmando que não enviaria mais seus trabalhos para o Grammy. O rapper ainda xingou a Academia e destacou que questões raciais estão enraizadas em todos as esferas da premiação. 

“F***-se o Grammy. F***-se o Oscar. F****-se todos aqueles programas de premiação do tipo escravidão. Que tal criamos uma premiação dos negros? Vamos dar a eles tudo o que eles merecem por ontem, hoje e amanhã”, afirmou o rapper.

4. Kanye West

Kanye West é um dos maiores ganhadores de Grammys. Ele já foi indicado a 57 categorias e saiu vencedor em 21 delas. Mas, ainda assim, West não comparece à premiação desde 2015.

Naquele ano, ele correu ao palco para protestar depois que “Morning Phase”, do cantor Beck, venceu o “BEYONCÉ” na categoria “Álbum do Ano”.

Após a perda da Queen B, Kanye disse aos repórteres: “Os Grammys, se eles querem que artistas reais continuem voltando, eles precisam parar de tocar conosco. Não vamos brincar mais com eles. Beck precisa respeitar a arte, ele deveria ter dado seu prêmio a Beyoncé.”

Em 2020, ele voltou a protestar contra a indústria musical e os Grammy’s. O rapper reclama que, ao assinar com as gravadoras, os artistas perdem o direito pelas suas músicas e não recebem o valor justo por seus trabalhos.

Em seguida, a dono de “Follow God” postou um vídeo urinando em um de seus prêmios. Na legenda, ele escreveu que não vai parar até que as gravadores mudem o modelo de negócios vigente.

Kanye foi nomeado para “Melhor Álbum de Música Cristã Contemporânea” na edição deste ano, com seu álbum “Jesus Is King”. Mesmo assim, sua presença na cerimônia é muito improvável.


O que você achou da decisão do Abel? Quais outros artistas, além do The Weeknd, boicotaram o Grammy e não mencionamos? Acompanhe e comente esta e outras notícias em nosso Twitter.


Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!