10 de agosto de 2019 por Giovana Bonfim Escudine.

Enquanto ainda não temos maiores informações sobre o próximo álbum de Lady Gaga, volta e meia surgem rumores e detalhes soltos ali e aqui. O último, foi sobre a possibilidade do produtor Madeon estar trabalhando junto da cantora.

Em entrevista ao Pop Crave, o produtor – que inclusive já trabalhou com Gaga no Artpop – falou sobre ela e seus trabalhos mais recentes. Ainda em uma pergunta sobre a possibilidade de trabalharem juntos em seu próximo álbum, sua resposta foi bem misteriosa. Através de sua interpretação, é bem possível que haja essa parceria! Confira abaixo, à partir dos 1:53:

Pergunta: Você já trabalhou com a Lady Gaga no seu álbum “Artpop”. Como foi trabalhar com ela?
Madeon: Lady Gaga é incrível. Ela é uma das pessoas mais inspiradoras, legais e gentis que já conheci. Eu a amo demais. Eu era um fã antes de trabalhar com ela, fui fã desde então e vou ser pra sempre.
Eu amo os seus últimos anos. O trabalho que ela tem feito, eu acho que ela tem sido a sua versão mais verdadeira e é isso que a tem ligado com as pessoas agora. A música que ela tem feito é a coisa mais ‘Gaga’ que ela poderia fazer.
Acho que ela ainda tem alguns bons anos pela frente. Gaga World vai ser muito bom.

Pergunta: Bloodpop e Boys Noize são esperados para produzir o próximo álbum de Lady Gaga. Você também irá produzi-lo?
Madeon: Eu sou bastante amigo do Michael do Bloodpop e eu não vou falar nada sobre isso porque… é o que é. É, eu não tenho a permissão para falar algo. Desculpe pela resposta tediosa. Mas, é. É o que é.

Lady Gaga

Com os recentes massacres norte-americanos nas cidades de Dayton, El Paso e Gilroy, diversos artistas se manifestaram. Lady Gaga foi uma delas: em seu Facebook publicou uma carta aberta às vítimas. Além disso, através de sua fundação irá fazer trabalhos para dar apoio às escolas dos locais. Você pode ler a carta traduzida abaixo:

“Uma nota a Dayton, El Paso e Gilroy:

Meu coração está com aqueles que foram tirados de nós cedo demais e de seus familiares, amados e comunidades que estão em luto. Todo mundo tem o direito a leis que os fazem sentir seguros em suas comunidades. Nesse momento, eu quero canalizar minha confusão, frustração e fúria em esperança. Esperança de que estamos aqui para os outros e para nós mesmos.

Hoje, eu encontro a esperança no trabalho do DonorsChoose.org e estou orgulhosa de fazer parceria com eles e com a Born This Way Foundation para financiar completamente os projetos escolares em Dayton, OH, El Paso, TX e Gilroy, CA. 14 salas de aula em Dayton, 125 em El Paso e 23 em Gilroy agora terão acesso ao apoio que precisam para inspirar seus alunos à trabalhar juntos e trazerem seus sonhos para vida.

Sobreviver e se recuperar dessas tragédias também significa priorizar sua saúde mental e checar os seus amados. Se você está lutando, por favor seja forte e diga à alguém confiável. Não tenha medo de pedir ajuda, eu te imploro. Se você ver alguém querido lutando, por favor seja corajoso e ajude, o lembre que está tudo bem não estar bem, e os escute. Nós não podemos nos dar as costas. Precisamos um do outro. Não se vire.

Em memória das vítimas dos trágicos tiroteios em Dayton, El Paso e Gilroy.”

Leia também: Lana Del Rey divulga canção como crítica aos massacres a tiros nos EUA

Acusação de plágio

Recentemente, a cantora também tem sido alvo de acusação de plágio. Steve Ronsen, um compositor, abriu um processo contra Gaga.

Segundo ele, a canção “Shallow”, que também teve ajuda de Mark Ronson, em uma de suas partes seria claramente plágio de uma de suas canções. Você pode escutar a semelhança logo no início da faixa “Almost”:

Steve até então pede por um acordo milionário entre ele, Gaga e Ronson para não levar o caso à corte.

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.