17 de abril de 2019 por Larissa Rhouse Santos Silva.

Após quase dois anos sem lançar nada, a banda Hey Violet liberou, na última sexta-feira (12), a música “Better by Myself”. Mas, o que era para ser uma estreia bem-sucedida, se tornou uma verdadeira polêmica!

Integrando o grupo desde 2016, o baixista Iain Shipp foi acusado,
por duas ex-namoradas, de ter estuprado uma garota.

Foto: Elizabetha Miranda

A polêmica

Segundo as mulheres, Iain havia confessado que, quando mais novo, havia obrigado uma garota a ter relações sexuais com ele. E, como se não bastasse, o baixista ainda teria tentando fazer com que elas considerassem o crime como algo normal.

Assim que a história foi divulgada, os outros integrantes do Hey Violet, Rena, Nia e Casey, se pronunciaram sobre o assunto, alegando que iriam averiguar o caso.

“Levamos essas alegações muito a sério e estamos conduzindo uma investigação completa. Não estamos nos silenciando para ignorar ou encobrir o que foi dito. Lidaremos com a situação offline” – Hey Violet.

Pouco antes do tweet da banda, Iain já havia comentado sobre o assunto, afirmando ser inocente.

“Estou ciente das alegações perturbadoras que estão sendo emitidas contra mim e o assunto está sendo investigado. Elas são profundamente perturbadoras e falsas”. – Iain Shipp.

A decisão do grupo

Sem ter certeza se as acusações são verídicas, a banda emitiu um comunicado anunciando a saída de Iain Shipp do grupo.

“Oi pessoal! Queríamos agradecer por vocês serem pacientes enquanto estamos lidando com esses tempos difíceis. Nós nos comunicamos com as duas partes afetadas pessoalmente e com os nossos advogados na esperança de entender melhor a situação. Vamos continuar investigando o assunto, mas com os detalhes que temos no momento, não temos informações suficientes para provar ou não as alegações apresentadas. Nós sinceramente esperamos que as alegações sejam falsas, mas, nesse momento, nós sentimos que é melhor continuar sem Iain na banda. Vocês são como família para nós e esperamos que vocês saibam que estamos levando isso muito a sério. Obrigada de novo por compreenderem, estamos todos mandando amor para vocês”.

Sobre Hey Violet

Em 2011, as irmãs Rena e Nia Lovelis se uniram com Miranda Miller e Julia Pierce, dando início a banda Cherri Bomb.

Por conta de desavenças criativas, Pierce anunciou sua saída do grupo em janeiro de 2013. Em março daquele mesmo ano, Casey Moreta foi integrado a banda, que passou a se chamar Hey Violet.

O quarteto foi ato de abertura das turnês Rock Out With Your Socks Out Tour (ROWYSO Tour) e Sounds Live Feels Live (SLFL Tour), da banda australiana 5 Seconds of Summer.

Em setembro de 2016, eles anunciaram oficialmente a entrada de Iain Shipp no grupo. No ano seguinte, Hey Violet lançou seu primeiro álbum, o “From The Outside”, e dois meses depois Miranda Miller também anunciou sua saída.

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.