ESPECIAL LOLLA: Analisando a Lineup | Linha 12 | Tracklist
10 de janeiro de 2020 por Fernando Marques.

por Fernando Marques e Gabriel Haguiô

Clarice Falcão, Yungblud, Terno Rei e Menores Atos. A nossa analise semanal da lineup do Lollapalooza Brasil 2020 está com uma ótima diversidade nessa semana.

Com 3 artistas nacionais e 1 internacional, vamos falar pra vocês um pouquinho de cada um desses artistas e o que esperar de cada show!

YUNGBLUD

A ascensão de Yungblud na música alternativa ao longo dos últimos anos foi meteórica. Aos 22 anos de idade, o cantor inglês se encontra no mais importante momento de sua curta carreira, conquistando cada vez mais visibilidade fora dos grandes mercados e popularizando seu trabalho da Inglaterra até a América Latina, onde se apresentará pela primeira vez.

O Lollapalooza marca o primeiro encontro do artista com os fãs brasileiros, que têm se aglomerado desde 2018. Com o repertório de seu disco de estreia, “21st Century Liability”, Dominic Harrison promete conquistar o público com seu carisma e estilo inconfundíveis. Entre canções de protesto e conflitos pessoais, o britânico cumpre todos os requisitos para se tornar uma das grandes surpresas do festival em 2020.

TERNO REI

Na atual indústria fonográfica brasileira, existem poucos exemplos de tão rápido crescimento artístico como o do Terno Rei. Em um intervalo de três anos, o grupo transformou sua sonoridade, intensificou sua química e reforçou suas composições para a construção de seu terceiro e melhor disco, “Violeta”, responsável por consolidar de forma definitiva os paulistanos entre os grandes nomes da música alternativa nacional.

O encontro de influências sintéticas com a sutileza do pop que marca o novo trabalho deram origem a alguns dos mais expressivos hits do quarteto, como “Dia Lindo”, “Yoko” e “Solidão de Volta”. As três faixas colaboraram imensamente para a popularização da banda pelo país, impulsionando as vendas de suas obras e resultando em sua primeira turnê de grande sucesso desde sua criação, em um longínquo 2011.

Após quase uma década em atividade, o Terno Rei chega ao Lollapalooza pronto para provar seus talentos. Em frente à maior audiência de sua carreira, o grupo promete encantar os fãs de longa data e reunir as multidões com seu som cativante e grudento, que deve ressoar repetitivamente pelo público em Interlagos. Será a oportunidade perfeita para conhecer uma das mais importantes revelações do cenário nacional nos tempos recentes.

CLARICE FALCÃO

O nome de Clarice Falcão não é nada inédito na cena nacional. Com a carreira musical iniciada em 2012, ainda paralela aos seus trabalhos como atriz, a recifense gradativamente tem reforçado seus talentos como cantora ao longo dos últimos anos, demonstrando um crescente amadurecimento artístico tanto em sonoridade quanto em composições. Transitando entre letras amorosas e políticas, a cantora reuniu uma fiel legião de fãs que devem acompanhá-la ao Lollapalooza, onde promete realizar um de seus maiores shows.

O lançamento de seu último álbum de estúdio, “Tem Conserto”, coroa sua evolução no ramo fonográfico com louvor. O disco, produzido por Lucas de Paiva (que também assina obras de Mahmundi, Silva e Alice Caymmi), marca as fortes diretrizes eletrônicas de sua nova musicalidade, aprofundando-se em questões existencialistas e sentimentais com o toque único de Clarice.

Para o festival, entretanto, é esperado que a cantora revisite as diferentes eras de sua trajetória, agradando aos diversos públicos que lá a presenciarão. O romantismo de “Monomania” (2013), bem como os registros maduros de “Problema Meu” (2016), darão o tom de uma de suas mais importantes performances até então, que promete consolidar definitivamente seu merecido posto entre os mais célebres nomes da atual música brasileira.

MENORES ATOS

Há algum tempo, os cariocas do Menores Atos têm chamado a atenção do cenário ao mesclarem o peso do rock com a sensibilidade da música brasileira. Os dois últimos discos da banda, “Animalia” (2014) e “Lapso” (2018), são resultados diretos de tão marcante encontro, trazendo à tona canções intensas sonora e liricamente que traduzem bem as tendências do rock nacional que consagraram grupos como Scalene e Far From Alaska ao longo da última década.

Ao lado de nomes como Fresno e Terno Rei, o trio deve ditar a onda de artistas da música alternativa durante o Lollapalooza, onde receberá a devida visibilidade que há tanto buscam. Em frente a um dos maiores públicos de sua carreira, a banda promete fazer um show enérgico para dar início aos trabalhos do último dia de festival

Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.