Marina Gold

Entrevista: Marina Gold fala sobre seu novo single “Bisnaguinha”, covers, lançamento de álbum e muito mais!

A cantora lançou seu novo single “Bisnaguinha” dia 28 de maio e tivemos a oportunidade de entrevista-lá e conhecer mais sobre sua carreira!

Por em 13 de junho de 2021

Marina Gold lançou seu novo single, “Bisnaguinha”, no último mês, dando início à uma nova fase para a sua carreira. Para dar mais detalhes sobre, a cantora concedeu uma entrevista exclusiva ao Tracklist!

Tivemos a oportunidade de conversar sobre a música e conhecer mais sobre sua carreira e suas inspirações!

Por Beatriz Ferreira


Leia a entrevista com Marina Gold na íntegra:

TRACKLIST: O que ou quem te inspirou a escrever a música “Bisnaguinha”?

MARINA: Quis escrever algo romântico e relacionável, abrindo os olhos às coisas pequenas do dia a dia que nos fazem felizes. Acredito que ter alguém por perto que te conhece nos mínimos detalhes, pode ser uma das coisas mais confortantes e acolhedoras que existem.

TRACKLIST: Depois dos singles, você pretende lançar um álbum ainda esse ano?

MARINA: Ainda não sei, por enquanto quero seguir compondo, gravando, lançando… Depois de “Bisnaguinha” ainda tenho mais cinco singles autorais previstos para sair este ano.

TRACKLIST: Você fez covers de músicas maravilhosas, pretende disponibilizar algum nas plataformas digitais?

MARINA: Sim! Inclusive, já tem alguns covers meus disponíveis no Spotify [link aqui] no EP Oldies & Goldie’s [ouça aqui], que lancei em 2019, homenageando algumas das minhas grandes referências, como David Bowie, Police, Fleetwood Mac, etc.. Adoro trazer minha própria identidade para músicas que me fazem bem e tanto me moldaram musicalmente. Os próximos lançamentos no radar são autorais, mas sem dúvidas ainda vou lançar novos covers.

Leia mais: #TBTRACK: Os sentimentalismos de “Rumours”, a obra-prima do Fleetwood Mac

TRACKLIST: O videoclipe de “Bisnaguinha” está perfeito! Quais foram os pontos altos e baixos ao gravar ele?

MARINA: Sem dúvidas, o ponto alto foi me sentir em casa e eu mesma neste primeiro lançamento autoral. Todo o processo foi bem descontraído, gravei na Ilhabela, praia onde passei grande parte da infância, e ao lado de grandes amigos e profissionais. Como ponto baixo, não tiveram muitos, mas a cena da cachoeira – apesar de transparecer a maior paz – foi bem sofrida, a água estava um gelo e coberta de sapos hahaha.

TRACKLIST: Quais são suas principais influências artísticas?

MARINA: São muitas! Mas, atualmente, as primeiras que me vêm à cabeça são Mallu Magalhães, Anavitória, Charlotte Cardin e Fleetwood Mac.

TRACKLIST: Quais artistas você tem muita vontade de colaborar um dia?

MARINA: Mallu Magalhães, Gabriel Pensador e Samuel Rosa!

TRACKLIST: Vimos que você gosta muito de cantar em inglês! Você tem vontade de seguir carreira internacional?

MARINA: Acho distante ainda pensar nisso, mas adoraria sim! Me sinto confortável cantando e compondo em inglês, mas por enquanto quero focar em construir meu caminho por aqui.

TRACKLIST: Como é lançar uma música e um clipe no meio de uma pandemia? Acha que se estivesse tudo “normal”, seria diferente?

MARINA: Certamente tiveram algumas dificuldades, cuidados e protocolos. Todo o processo ficou mais lento, pois a indústria em si sofreu demais. Mas acredito que, independente disso, chegamos em um resultado final incrível e pretendo atingir resultados melhores ainda quando tudo isso passar.


Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!