Na última quarta-feira, 29, o Tracklist bateu um papo super legal com cantora Daya Luz, onde falamos sobre sua carreira, planos para 2020 e sobre o seu novo single foguenta, sua aposta para o carnaval.

Confere só:

Tracklist: Daya, antes da gente começar falando do seu novo single, eu queria saber como foi o ano de 2019 para você, para sua carreira.

Daya Luz: O ano de 2019 foi o ano em que eu lancei “Digo Sim” e consegui emplacar a música em rádios que talvez eu nunca imaginei que entraria aqui no Rio de Janeiro, por exemplo. É uma balada romântica, entrou em rádios da MPB. Durante todo o ano de 2019 planejei muito para poder lançar o que queria em 2020 e fazer o que eu não tinha feito antes na carreira. Foi um ano de estudar novos mercados, novos estilos e esse ano a gente já começa com uma música totalmente diferente do que eu já lancei, né? Um brega funk! Já é um resultado desse tempo que eu fiquei no ano passado, é o ano agora de colocar tudo em prática.

Foto: Divulgação

Tracklist: Você falou que esse ano é um ano de experimentar e “Foguenta” é um brega funk após uma série de lançamentos pop. Como foi a produção dessa música? Da onde saiu a ideia de lançar um brega funk?

Daya Luz: O brega funk é um movimento que está crescendo tanto e eu gosto tanto da dança, do movimento do brega funk mesmo. Eu estava em Portugal no ano passado e me encontrei com o Batuta, que é o produtor dessa faixa. O Batuta é um cara muito conhecido e respeitado no funk; ele cobriu a Anitta, fez vários hits, está conectado no mercado. A gente estava conversando e eu explicando pra ele o quanto eu gostava do movimento do brega funk e quanto o som me agrada. Foi daí que surgiu a ideia da gente fazer uma música que trouxesse a referência, mas também que tivesse o pop. É um brega funk pop, não deixa de ter referência às minhas veias pop. A gente está com “Foguenta” agora, mostrando uma outra vertente minha, e a galera está curtindo muito o resultado.

Tracklist: Eu estava vendo o clipe e a fotografia está incrível. É um trabalho muito bonito de se ver, assim como os seus outros clipes. Eu queria saber se você participa desse processo, como você geralmente se envolve nele?

Daya Luz: Oh amor, obrigada. Agradeço muito! Todos os meus clipes eu me envolvo, todas as ideias, direção criativa. Eu acho que é um trabalho que todo artista deveria fazer, não sei se todos fazem. Eu me envolvo em tudo, em todo o processo, desde a roupa até a confecção. A escolha da equipe, como vai ser…exatamente tudo. É algo que eu gosto de fazer já, eu faço desde o início, então já estou acostumada. Eu acho que tem essa resposta porque tudo foi feito com muito carinho. Tudo que eu tenho de dentro, do sonho, eu coloco tudo para fora. Eu também sou uma pessoa um pouco perfeccionista. Quando chega o clipe, ele só vai pra rua quando eu e a equipe inteira falar: “Não, está incrível”. Senão eu prefiro não soltar, sabe?

Tracklist: Falando do clipe de “Foguenta”, você tem alguma história engraçada que você possa falar dos bastidores? Tem alguma coisa desse clipe que você se lembra para contar pra gente?

Daya Luz: Cara, foi o clipe mais tranquilo e divertido que eu já gravei. Gravar um clipe não é tão fácil, é um processo que envolve muita gente, muitas coisas. Os outros foram clipes mais tensos porque envolviam uma produção, gente de fora, e esse clipe foi muito tranquilo. Parecia que a gente estava em um final de semana com os amigos e gravando ao mesmo tempo, sabe? A roupa, por exemplo, a maioria eu tive ajuda de uma assistente para me ajudar a produzir algumas roupas porque a stylist desse clipe fui eu que fiz. A maioria foram roupas já minhas, roupas que comprei no dia anterior pra poder fazer, então foi um clipe em que eu fiquei muito tranquila. Eu deixei fluir da forma mais real e tranquila possível, sabe? Pra ser algo muito orgânico. Todo mundo envolvido no clipe é muito de verdade e eu acho que é por isso que o resultado transmite isso.

Foto: Divulgação

Tracklist: Eu acho que você alcançou o objetivo porque realmente tudo isso que você falou é passado.

Daya Luz: Você consegue sentir isso? Ah, que bom, eu fico feliz com isso. Essa era a ideia mesmo, de mostrar o brega funk na essência dele. É um ritmo que nasceu nas comunidades de Pernambuco, então eu queria trazer essa naturalidade, essa coisa do povo mesmo, sabe?

Tracklist: Legal! Daya, “Foguenta” é sua aposta para o Carnaval certamente. Estou errado?

Daya Luz: É sim minha aposta para o Carnaval! Tem muita foguenta no Carnaval, né? Eu já fui uma foguenta no Carnaval! Eu acho que é uma música que vai servir muito de trilha de todas as mulheres que são dona de si, mulheres que ao invés de estar em casa chorando por um relacionamento, elas vão curtir, vão ser felizes, vão dançar muito, vão ser as foguentas.

Foto: Divulgação

Tracklist: Todos os artistas costumam lançar músicas no Carnaval. O que você tem ouvido pro Carnaval além de “Foguenta”, claro?

Daya Luz: Eu fiz até uma playlist no Spotify com todas essas músicas de brega funk porque eu acho que é o ritmo que vai tomar conta desse do carnaval. Artistas grandes estão lançando música com essa referência do brega funk porque é um ritmo e dança tão contagiante. Eu estou nessa vibe e ouvindo muito Dadá Boladão, JS, Felipe Original. Esses meninos que já estão no movimento do brega funk; produtores e artistas que estão já nessa influência. Fiz a playlist no Spotify pra curtir o Carnaval só no “breguinha”!

Tracklist: E para 2020, o que podemos esperar? Parceria, EP?

Daya Luz: Esse ano é um ano de muitos lançamentos, quero lançar muita música e arriscar mais. Fazer tudo diferente do que já fiz até então, arriscar em outros ritmos e movimentos, sabe? Assim como o brega funk. Eu tenho planejamento já montado de um álbum, mas é algo que só vai acontecer no momento certo. Enquanto isso, vou continuar lançando single! E a gente tem planejamento de fazer parceria, já estamos conversando e vendo isso. Espero que tenham muitos e que esse ano eu consiga levar o trabalho para maior número de pessoas possíveis.

Tracklist: Te desejamos muito sucesso e estamos aqui para o que precisar, adoramos seus lançamentos. Manda um recado pro pessoal que te acompanha pela gente!

Daya Luz: Quero deixar uma mensagem para toda a galera do Tracklist agradecendo todos que me acompanham e curtem meu trabalho, por todo o carinho. Quem ainda não ouviu “Foguenta”, por favor, vá lá curtir porque vai ser uma música de trilha para todas as foguentas neste Carnaval!

Uma fada mesmo, né? Foguenta já está disponível em todas as plataformas digitais.

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.