13 de fevereiro de 2017 por Gabriel Haguiô.

A última semana foi marcada pelo que será lembrado como um dos grandes momentos da indústria fonográfica no ano: o show do intervalo do Super Bowl LI, que teve Lady Gaga como atração. Apesar do principal destaque do evento ter sido a partida entre New England Patriots e Atlanta Falcons — que garantiu o título da temporada à equipe de Tom Brady em um dos maiores confrontos da história do futebol americano —, os olhos de todo o mundo da música estavam voltados para a cantora.

Como não poderia deixar de ser, a americana preparou um grandioso espetáculo e revisitou toda a sua carreira em um dos mais elogiados intervalos do Super Bowl nos últimos anos e, consequentemente, impulsionou o desempenho comercial da sua discografia inteira, conquistando destaque nas paradas musicais em suas mais recentes atualizações (isso sem citar o anúncio de sua próxima turnê mundial e o videoclipe de “John Wayne”, que devem ganhar peso nas tabelas a partir da próxima semana).

Apesar da épica semana de Gaga, que também se apresentou ao lado do Metallica no Grammy Awards, as paradas musicais continuam movimentadas, com grandes singles encontrando seu espaço entre as colocações de destaque e quebrando recordes — como é o caso de Ed Sheeran, que estabeleceu uma nova marca na tabela britânica com “Shape Of You” e “Castle On The Hill”. Ou seja, ainda há muito que vir pela frente.

BILLBOARD
ESTADOS UNIDOS

Tal como já era amplamente apontado, o show do intervalo do Super Bowl LI, comandado por Lady Gaga, trouxe vários frutos para a cantora. A mais recente música de trabalho da americana, “Million Reasons”, alcançou a marca de maior reentrada da história da Billboard Hot 100 ao retornar à tabela em um novo pico, na quarta posição.

A canção, cuja performance na apresentação foi um de seus pontos altos, até então havia chegado até a 52ª colocação da tabela em dezembro do ano passado. Com a visibilidade proporcionada pelo Super Bowl, a faixa obteve um aumento de 128% em streams e de 1334% em vendas digitais, além de um crescimento de 50% de audiência em rádios americanas.

Enquanto isso, o topo da tabela permanece ocupado por “Shape Of You”, mais recente single de Ed Sheeran que agora colhe os números alcançados com o lançamento de seu videoclipe. A nova faixa promocional do cantor também lidera a lista de músicas mais reproduzidas em rádios pelos Estados Unidos com uma audiência de aproximadamente 130 milhões de ouvintes, e se encontra na vice-liderança das classificações por vendas digitais (com cerca de 115 mil downloads) e streams (com 33.3 milhões de reproduções em serviços de streaming).

Com o lançamento de seu novo disco, Big Sean também conseguiu emplacar sua nova música de trabalho, “Bounce Back”, na sexta colocação. Com isso, a canção torna-se a terceira faixa do rapper a aparecer entre as dez primeiras posições da Billboard Hot 100 e empata com “As Long As You Love Me”, parceria com Justin Bieber, como o seu maior sucesso na parada.

No oitavo lugar, Alessia Cara também alcança um novo pico com “Scars To Your Beautiful”, extraída de seu álbum de estreia, “Know-It-All”. A música, cujas vendas cresceram com sua performance no “Saturday Night Live”, subiu duas posições e chegou à casa de 27 mil vendas digitais, com um aumento de 19% em downloads.

Confira as dez primeiras posições da Billboard Hot 100 nessa semana:

1. “Shape Of You”, Ed Sheeran (-)
2. “Bad And Boujee”, Migos e Lil Uzi Vert (-)
3. “I Don’t Wanna Live Forever (Fifty Shades Darker)”, Zayn e Taylor Swift (-)
4. “Million Reasons”, Lady Gaga (*)
5. “Bad Things”, Machine Gun Kelly e Camila Cabello (4–5)
6. “Bounce Back”, Big Sean (15–6)
7. “Closer”, The Chainsmokers e Halsey (5–7)
8. “Scars To Your Beautiful”, Alessia Cara (10–8)
9. “Don’t Wanna Know”, Maroon 5 e Kendrick Lamar (6–9)
10. “Paris”, The Chainsmokers (11–10)

Na Billboard 200, a apresentação de Lady Gaga no cobiçado intervalo do Super Bowl também teve um grande impacto. Após a performance, os álbuns da cantora rapidamente surgiram entre os mais vendidos pelos Estados Unidos, e tal arranque de vendas foi refletido na parada americana de discos.

O nome da cantora aparece duas vezes entre os dez primeiros colocados da atualização dessa semana. O seu mais recente álbum de estúdio, “Joanne”, escalou 64 colocações rumo à vice-liderança da tabela com aproximadamente 74 mil cópias vendidas (registrando um aumento comercial de 818%), enquanto “The Fame”, lançado em 2008, reentra na sexta posição com 38 mil unidades comercializadas (tendo assim um crescimento de 1920% em vendagem).

Outros dois trabalhos de estúdio de Gaga também reestrearam fora das dez primeiras posições da Billboard 200: “Born This Way”, de 2011, figura no 25º lugar, enquanto “ARTPOP”, que chegou às lojas em 2013, assume a 174ª colocação.

Apesar do destaque de Gaga nas vendas, também é fundamental citar o desempenho do novo álbum de estúdio de Big Sean, “I Decided”, em sua semana de abertura. O mais recente disco do rapper registrou cerca de 151 mil unidades comercializadas, garantindo facilmente assim a primeira colocação da tabela e tornando-se o segundo título do cantor a chegar ao topo da lista.

Além de “I Decided”, outros trabalhos que também debutaram entre os dez primeiros foram “Sing It Now: Songs Of Faith & Hope”, novo disco de Reba McEntire que assume a quarta posição; e a gravação de “Dear Evan Hansen”, musical da Broadway que estreou em julho de 2015, que aparece no oitavo lugar.

Com a nova atualização, as dez primeiras colocações da Billboard 200 são ocupadas da seguinte forma:

1. “I Decided”, Big Sean (*)
2. “Joanne”, Lady Gaga (66–2)
3. “Culture”, Migos (1–3)
4. “Sing It Now: Songs Of Faith & Hope”, Reba McEntire (*)
5. “Starboy”, The Weeknd (4–5)
6. “The Fame”, Lady Gaga (*)
7. “24K Magic”, Bruno Mars (-)
8. “Dear Evan Hansen (Original Broadway Cast Recording)”, elenco de “Dear Evan Hansen” (*)
9. “Stoney”, Post Malone (-)
10. “The RCA-List, Vol. 4”, coletânea (*)

OFFICIAL CHARTS
REINO UNIDO

Assim como já era esperado por toda a sua fama pelas terras britânicas, Ed Sheeran manteve seus mais recentes lançamentos, “Shape Of You” e “Castle On The Hill”, nas duas primeiras posições do Official Charts pela quinta semana seguida. Com isso, o cantor superou a marca de Justin Bieber alcançada com “Love Yourself” e “Sorry” entre novembro e dezembro de 2015 e tornou-se o artista a ocupar a liderança e a vice-liderança da tabela de singles do Reino Unido por mais tempo.

O estrondoso sucesso do cantor em sua terra natal pode ser claramente notado através de seus percentuais comerciais e de seu desempenho nas paradas locais. Ed se encontra no quinto lugar da lista de discos com “X”, trabalho lançado há quase três anos atrás, e ao mesmo tempo mantém-se no topo da tabela de singles com a recente “Shape Of You”, que ao longo da última semana registrou 41 mil downloads e 8.14 milhões de reproduções em serviços de streaming no Reino Unido.

A maior estreia da semana na parada britânica fica por conta do novo single de Stormzy, “Big For Your Boots”. Com a nova faixa, o rapper assume a oitava colocação, sendo assim o seu melhor posicionamento na lista desde dezembro de 2015, quando alcançou o mesmo pico com “Shut Up”.

Outras canções que conseguiram destaque na atualização dessa semana foram “I Don’t Wanna Live Forever (Fifty Shades Darker)”, parceria entre Zayn e Taylor Swift; e “Be The One”, de Dua Lipa (cujas parcerias com Sean Paul e Martin Garrix aparecem nos 13º e 14º lugares). Ambos os singles alcançaram novos picos na tabela ao chegarem à nona e décima posições, respectivamente.

Confira a dez primeiras colocações da tabela britânica de singles nessa semana:

1. “Shape Of You”, Ed Sheeran (-)
2. “Castle On The Hill”, Ed Sheeran (-)
3. “You Don’t Know Me”, Jax Jones e Raye (-)
4. “Touch”, Little Mix (-)
5. “Human”, Rag’n’Bone Man (7–5)
6. “Paris”, The Chainsmokers (5–6)
7. “Call On Me”, Starley (6–7)
8. “Big For Your Boots”, Stormzy (*)
9. “I Don’t Wanna Live Forever (Fifty Shades Darker)”, Zayn e Taylor Swift (13–9)
10. “Be The One”, Dua Lipa (11–10)

Já a lista de álbuns possui um novo líder. A banda de rock alternativo Elbow debutou o seu novo trabalho de estúdio, “Little Fictions”, diretamente no topo da tabela com aproximadamente 40 mil cópias comercializadas pelo Reino Unido em sua semana de abertura, tornando-se o segundo disco do grupo a chegar ao topo da tabela.

Além do Elbow, outros discos que também estrearam entre os dez melhor posicionados foram “Heavy Fire”, novo álbum do Black Star Riders que assume a sexta colocação; “Process”, primeiro trabalho de Sampha que chega ao sétimo lugar; e “Safe In Sound”, do Lower Than Atlantis, que figura na oitava posição.

Enquanto isso, títulos mais antigos continuam a conquistar espaço entre as principais colocações da tabela, como é o caso de “X”, de Ed Sheeran, que ocupa a quinta posição; e “25”, último disco de Adele, recém-laureado como “Álbum do Ano” no Grammy Awards, que figura no nono andar.

Dado isso, os dez títulos melhor colocados na parada britânica de discos nessa atualização são:

1. “Little Fictions”, Elbow (*)
2.La La Land (Original Motion Picture Soundtrack)”, trilha sonora de “La La Land: Cantando Estações” (1–2)
3. “Glory Days”, Little Mix (-)
4. “Classic House”, Pete Tong com Heritage Orchestra e Jules Buckley (2–4)
5. “X”, Ed Sheeran (4–5)
6. “Heavy Fire”, Black Star Riders (*)
7. “Process”, Sampha (*)
8. “Safe In Sound”, Lower Than Atlantis (*)
9. “25”, Adele (6–9)
10. “Starboy”, The Weeknd (7–10)


A semana que vem promete ser ainda mais agitada tanto na parada americana quanto na britânica. Espera-se que o novo single de Katy Perry com Skip Marley, “Chained To The Rhythm”, estreie entre as primeiras colocações de ambas as tabelas e se destaque junto aos trabalhos premiados e performados no Grammy, cujas vendas devem ser ainda mais impulsionadas.

Além disso, a chegada de “Cinquenta Tons Mais Escuros” aos cinemas de todo o mundo também deve afetar as tabelas e os percentuais comerciais de “I Don’t Wanna Live Forever (Fifty Shades Darker)”, colaboração de Zayn com Taylor Swift produzida para o filme que pode até mesmo ameaçar o topo da parada americana de singles.

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.