21 de fevereiro de 2017 por Gabriel Haguiô.

Assim como já era amplamente esperado, a nova música de trabalho de Katy Perry, “Chained To The Rhythm”, tomou os destaques das paradas musicais de assalto nessa semana. A parceria da cantora com Skip Marley estreou entre as primeiras colocações das tabelas nos dois lados do Atlântico, sendo assim a grande entrada das últimas atualizações.

A canção ainda foi impulsionada pela sua primeira performance ao vivo, realizada durante o Grammy Awards. A premiação também contribuiu para o crescimento comercial de diversos outros singles e álbuns, seja por conta das apresentações em meio ao evento ou pelos trabalhos vencedores — como é o caso de “25”, de Adele, que conquistou o gramofone dourado de “Álbum do Ano” e ascendeu para as primeiras posições da lista, e de discos de artistas como Bruno Mars e Beyoncé.

Enquanto isso, as filas de singles são dominadas por Ed Sheeran tanto nos Estados Unidos quanto no Reino Unido. E, a uma semana do lançamento do próximo álbum de estúdio do cantor, “÷”, pode-se seguramente dizer que seus trabalhos deverão voar muito mais nas paradas pelas atualizações que estão por vir.

BILLBOARD
ESTADOS UNIDOS

Assim como já era aguardado, a liderança da Billboard Hot 100 é de Ed Sheeran pela quarta semana não consecutiva com “Shape Of You”. Os percentuais comerciais da faixa dispararam com a performance do cantor no Grammy Awards, atingindo os números de 200 mil downloads, 37.2 milhões de streams e de audiência de 145 milhões de pessoas nas rádios americanas.

Apesar de estar no topo mais uma vez, o britânico não chega perto de ser um dos grandes destaques dessa atualização da tabela, que é seguramente a mais movimentada do ano até então. A começar pelo novos pico de “I Don’t Wanna Live Forever (Fifty Shades Darker)”, colaboração entre Zayn e Taylor Swift que chega à segunda posição após ser alavancada pela estreia mundial de “Cinquenta Tons Mais Escuros”; e de “That’s What I Like”, novo single de Bruno Mars que escalou trinta colocações rumo ao sétimo lugar com sua apresentação no Grammy.

Outra canção que se beneficiou com a maior premiação da indústria fonográfica foi “I Feel It Coming”, segunda parceria entre The Weeknd e Daft Punk que foi apresentada pela primeira vez na televisão durante o evento. A faixa subiu para a nona posição, sendo essa a sua melhor colocação na parada desde a sua estreia, em novembro do ano passado.

A grande estreia da semana, seguindo as expectativas gerais, foi do single de retorno de Katy Perry em parceria com Skip Marley, “Chained To The Rhythm”. A canção, que acumulou os ganhos tanto de seu lançamento quanto de sua performance no Grammy Awards, debutou na quarta colocação com percentuais de 108 mil vendas digitais e 14.7 milhões de execuções em serviços de streaming, tornando-se assim a maior estreia de uma artista feminina na Billboard Hot 100 desde “Hello”, de Adele, em outubro de 2015.

Enquanto isso, “Closer”, sucesso do The Chainsmokers com Halsey, continua provocando alvoroço nas paradas mesmo um semestre após o seu lançamento oficial. A canção subiu duas casas rumo à quinta colocação e assim quebrou o recorde de faixa com maior número de semanas entre os cinco títulos melhor posicionados na história da Billboard Hot 100 ao ultrapassar “Uptown Funk!”, de Mark Ronson e Bruno Mars, e “How Do I Live”, de LeAnn Rimes, que haviam chegado à 25 atualizações entre as cinco primeiras posições cada.

Para finalizar, é importante salientar também o avassalador desempenho de “Love On The Brain”, última música de trabalho de Rihanna que, mesmo sem divulgação, chegou ao oitavo lugar da lista. Com isso, a música se consagra como a trigésima faixa da barbadiana a alcançar as dez primeiras posições da tabela, superando ninguém mais, ninguém menos que Michael Jackson.

Com tudo isso, confira de que forma são ocupadas as dez primeiras colocações da Billboard Hot 100 após a movimentação mais agitada do ano até então:

1. “Shape Of You”, Ed Sheeran (-)
2. “I Don’t Wanna Live Forever (Fifty Shades Darker)”, Zayn e Taylor Swift (3–2)
3. “Bad And Boujee”, Migos e Lil Uzi Vert (2–3)
4. “Chained To The Rhythm”, Katy Perry e Skip Marley (*)
5. “Closer”, The Chainsmokers e Halsey (7–5)
6. “Bad Things”, Machine Gun Kelly e Camila Cabello (5–6)
7. “That’s What I Like”, Bruno Mars (37–7)
8. “Love On The Brain”, Rihanna (13–8)
9. “I Feel It Coming”, The Weeknd e Daft Punk (16–9)
10. “Bounce Back”, Big Sean (6–10)

A estreia de “Cinquenta Tons Mais Escuros” nos cinemas de todo mundo não só garantiu ao filme números consideráveis de bilheteria, mas também fez a sua trilha sonora assumir o topo da Billboard 200 — feito que seu antecessor, “Cinquenta Tons de Cinza”, quase alcançou ao debutar na vice-liderança da tabela.

Assim como seu predecessor, “Cinquenta Tons Mais Escuros” apostou no trabalho de artistas populares para sua trilha sonora, que inclui faixas de nomes como Taylor Swift, Zayn, Sia, Nick Jonas, Nicki Minaj, Halsey, Tove Lo e John Legend

Com o desempenho de sua semana de abertura, chegando à marca de 123 mil unidades vendidas, o trabalho tornou-se a primeira trilha sonora a alcançar a liderança da lista desde setembro do ano passado, quando “Esquadrão Suicida” permaneceu no topo por duas semanas consecutivas.

Além da trilha sonora de “Cinquenta Tons Mais Escuros”, também é muito importante destacar o súbito crescimento de “24K Magic”, último trabalho de estúdio de Bruno Mars que se destacou comercialmente após a apresentação do cantor e seu elogiadíssimo tributo à Prince no Grammy, para o segundo lugar.

O havaiano, entretanto, não foi o único que teve suas vendas afetadas pela premiação. Com a conquista da cobiçada categoria de “Álbum do Ano”, Adele escalou 15 colocações rumo à sexta posição da tabela, enquanto “Lemonade”, disco de Beyoncé que foi um dos mais indicados da noite, subiu para o nono lugar.

Confira como ficam as dez primeiras posições da Billboard 200 com a atualização dessa semana:

1. “Fifty Shades Darker (Original Motion Picture Soundtrack)”, trilha sonora de “Cinquenta Tons Mais Escuros” (*)
2. “24K Magic”, Bruno Mars (7–2)
3. “I Decided”, Big Sean (1–3)
4. “Culture”, Migos (3–4)
5. “Starboy”, The Weeknd (-)
6. “25”, Adele (21–6)
7. “Trolls (Original Motion Picture Soundtrack)”, trilha sonora de “Trolls” (14–7)
8. “Joanne”, Lady Gaga (2–8)
9. “Lemonade”, Beyoncé (33–9)
10. “La La Land (Original Motion Picture Soundtrack)”, trilha sonora de “La La Land: Cantando Estações” (11–10)

OFFICIAL CHARTS
REINO UNIDO

Após cinco semanas seguidas ocupando as duas primeiras colocações da parada britânica de singles, Ed Sheeran desocupou a vice-liderança, mas permanece no topo da tabela. Enquanto “Shape Of You” chega à sua sexta atualização na primeira posição, “Castle On The Hill” desceu para o terceiro lugar ao ser ultrapassada por “Human”, música de trabalho de Rag’n’Bone Man que retorna ao seu pico com o lançamento do álbum de estreia do cantor.

O posto de principal estreia da semana, assim como nos Estados Unidos, fica por conta de Katy Perry e Skip Marley por “Chained To The Rhythm”. O novo single da cantora debutou na sétima posição, tornando-se a sua 14ª música de trabalho a alcançar os dez primeiros lugares do Official Charts.

Outro destaque da atualização dessa semana é a escalada de “I Don’t Wanna Live Forever (Fifty Shades Darker)”, parceria entre Zayn e Taylor Swift, para a quinta colocação; e o novo pico geral de Dua Lipa na tabela com “Be The One”, que chegou à nona posição.

Dado isso, as dez primeiras colocações da tabela britânica de singles são ocupadas da seguinte forma:

1. “Shape Of You”, Ed Sheeran (-)
2. “Human”, Rag’n’Bone Man (5–2)
3. “Castle On The Hill”, Ed Sheeran (2–3)
4. “You Don’t Know Me”, Jax Jones e Raye (3–4)
5. “I Don’t Wanna Live Forever (Fifty Shades Darker)”, Zayn e Taylor Swift (9–5)
6. “Paris”, The Chainsmokers (-)
7. “Chained To The Rhythm”, Katy Perry e Skip Marley (*)
8. “Touch”, Little Mix (4–8)
9. “Be The One”, Dua Lipa (10–9)
10. “Call On Me”, Starley (7–10)

Tido como uma das grandes revelações musicais britânicas e vencedor do chamado “Critics’ Choice” do BRIT Awards, entregue a promissores artistas do Reino Unido, Rag’n’Bone Man conseguiu alcançar o topo da tabela britânica de discos com o seu trabalho de estreia, “Human”.

O álbum obteve aproximadamente 117 mil cópias comercializadas ao longo de seus primeiros sete dias nas lojas, tornando-se assim o disco de estreia de um artista masculino com maior número de vendas em sua semana de abertura na década e superando os trabalhos de títulos como “+”, de Ed Sheeran, e “In The Lonely Hour”, de Sam Smith.

Apesar de seu destaque, a estreia de Rag’n’Bone Man não foi a única da semana. As bandas Thunder e The Nines debutaram seus novos trabalhos, “Rip It Up” e “One Foot Out”, nas terceira e quarta colocações da lista, respectivamente.

Confira os dez primeiros lugares da parada britânica de discos nessa semana:

1. “Human”, Rag’n’Bone Man (*)
2. “Little Fictions”, Elbow (1–2)
3. “Rip It Up”, Thunder (*)
4. “One Foot Out”, The Nines (*)
5. “La La Land (Original Motion Picture Soundtrack)”, trilha sonora de “La La Land: Cantando Estações” (2–5)
6. “25”, Adele (9–6)
7. “X”, Ed Sheeran (5–7)
8. “Glory Days”, Little Mix (3–8)
9. “Back From The Edge”, James Arthur (15–9)
10. “Starboy”, The Weeknd (-)


Com os notáveis lançamentos da nova parceria de Kygo com Selena Gomez, “It Ain’t Me”, do novo single promocional de Ed Sheeran, “How Would You Feel (Paean)”, e de “Cold”, colaboração entre Maroon 5 e Future, a última semana de fevereiro promete ser agitada nas paradas musicais americana e britânica quanto às suas estreias.

Future deve também aparecer no topo da tabela de discos dos Estados Unidos com o seu novo álbum homônimo de estúdio, lançado sem quaisquer avisos prévios. Além do rapper, nomes como Ryan Adams, Alison Krauss e Jessie James Decker também acumulam chances de figurarem entre as primeiras colocações com os seus trabalhos.

Comentários

Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.