2016 foi um ano, acima de tudo, estranho. Enquanto o mundo acompanhava de perto os horrendos pesadelos políticos, sociais e naturais os quais fomos obrigados a conviver e se despedia de nomes como David Bowie, Prince, Leonard Cohen e George Michael, a indústria fonográfica parecia uma válvula de escape para todas as desventuras com diversos lançamentos de qualidade no que foi considerado um dos melhores anos para o mundo da música no século XXI.

Esses 366 dias foram agitados pelas paradas musicais e trouxeram grandiosos sucessos comerciais, e o ano que se aproxima promete não ser tão diferente assim, principalmente com a variedade de novos trabalhos que ainda vêm por aí. Entretanto, enquanto ainda estamos na primeira semana desse promissor 2017, é melhor nos habituarmos às atuais tendências.

As tabelas americana e britânica não tiveram grandes alterações de um ano para outro, ainda abraçando nomes como Rae Sremmurd e Clean Bandit, que lideram as paradas de singles dos Estados Unidos e do Reino Unido, respectivamente e devem dominar as listas pelas próximas atualizações, ao mesmo tempo que os lançamentos de artistas como The Weeknd, Bruno Mars, Zara Larsson e Migos ainda tentam encontrar seu espaço.

Se 2016 já foi capaz de nos trazer paradas agitadíssimas entre suas semanas, então 2017 promete ainda mais alvoroço no mundo da música.

BILLBOARD
ESTADOS UNIDOS

Após uma semana no topo, “Starboy”, parceria entre The Weeknd e Daft Punk, cedeu a primeira colocação da tabela para “Black Beatles”, sucesso viral do Rae Sremmurd com Gucci Mane que chega à sua sexta semana não consecutiva no topo. A canção, que ascendeu ao ser utilizada como trilha sonora dos vídeos do chamado “Mannequin Challenge”, recuperou sua posição de pico ao chegar à marca de 136 mil downloads e 28,4 milhões de streams nos Estados Unidos.

Apesar disso, o grande destaque da atualização fica por conta da colaboração entre o trio de rap Migos e Lil Uzi Vert, “Bad And Boujee”. A faixa escalou 11 posições em direção ao segundo lugar da lista após também viralizar internet afora e alcançou mais de 32,5 milhões de streams em território americano (líder em audições por serviços de streaming na semana).

Os descontos especiais em vendas digitais por conta do final de ano também foram essenciais para o sucesso de tais canções, assim como “Broccoli”, single de D.R.A.M. e Lil Yachty que retorna às dez primeiras posições, e “Fake Love”, mais recente música de trabalho de Drake que salta para a nona colocação.

Confira os dez primeiros lugares da Billboard Hot 100 em sua primeira atualização de 2017:

1. “Black Beatles”, Rae Sremmurd e Gucci Mane (2–1)
2. “Bad And Boujee”, Migos e Lil Uzi Vert (13–2)
3. “Starboy”, The Weeknd e Daft Punk (1–3)
4. “Closer”, The Chainsmokers e Halsey (3–4)
5. “24K Magic”, Bruno Mars (4–5)
6. “Juju On That Beat (TZ Anthem)”, Zay Hilfigerrr e Zayion McCall (5–6)
7. “Side To Side”, Ariana Grande e Nicki Minaj (6–7)
8. “Let Me Love You”, DJ Snake e Justin Bieber (7–8)
9. “Fake Love”, Drake (10–9)
10. “Broccoli”, D.R.A.M. e Lil Yachty (15–10)

Ao contrário da Billboard Hot 100, a parada americana de álbuns teve o seu topo inalterado: com bons percentuais de vendagem na reta final do ano, “A Pentatonix Christmas”, trabalho especial do Pentatonix, manteve-se na liderança. O disco, que sucede os também natalinos “That’s Christmas To Me” e “PTXmas”, alcançou a marca de 101 mil unidades comercializadas na semana de Natal, menos que a metade do percentual da última atualização da tabela.

Já a segunda colocação da parada agora é ocupada por “Starboy”, mais recente álbum de estúdio de The Weeknd que superou “24K Magic”, de Bruno Mars, que assume o terceiro lugar. O trabalho do canadense teve 94 mil cópias vendidas ao longo da última semana e, caso mantenha tal desempenho, deve subir para o topo da lista já em sua próxima atualização.

Em relação ao restante das dez primeiras posições desta semana, destacam-se também as trilhas sonoras de “Moana: Um Mar de Aventuras” e “Esquadrão Suicida”, que sofreram grandes aumentos em suas vendas, assim como os discos “Views” e “Blurryface”, de Drake e Twenty One Pilots, respectivamente, que receberam descontos em lojas digitais.

Confira como ficam as dez primeiras posições da Billboard 200:

1. “A Pentatonix Christmas”, Pentatonix (-)
2. “Starboy”, The Weeknd (3–2)
3. “24K Magic”, Bruno Mars (2–3)
4. “4 Your Eyez Only”, J. Cole (-)
5. “Hamilton (Original Broadway Cast Recording)”, elenco de “Hamilton: An American Musical” (7–5)
6. “Moana (Original Motion Picture Soundtrack)”, trilha sonora de “Moana: Um Mar de Aventuras” (10–6)
7. “Blurryface”, Twenty One Pilots (15–7)
8. “Views”, Drake (19–8)
9. “That’s Christmas To Me”, Pentatonix (5–9)
10. “Suicide Squad: The Album”, trilha sonora de “Esquadrão Suicida” (21–10)

OFFICIAL CHARTS
REINO UNIDO

Já na terra da Rainha, 2017 teve início com o Clean Bandit na liderança da tabela local de singles. “Rockabye”, colaboração do grupo com Sean Paul e Anne-Marie, permanece no topo pela oitava semana seguida com a faixa de 44 mil vendas digitais e 3,4 milhões apenas no Reino Unido.

Com tais números, “Rockabye” tornou-se a segunda canção a ocupar a primeira posição do Official Charts por mais tempo em 2016, ficando apenas atrás de “One Dance”, sucesso de Drake em parceria com Wizkid e Kyla que dominou o topo da tabela por 15 semanas consecutivas

Apesar de seus grandes números de vendagem, o maior destaque desta atualização da tabela fica por conta de “I Would Like”, atual música de trabalho de Zara Larsson que escalou quatro posições rumo à vice-liderança. Com isso, a canção torna-se o maior sucesso da cantora no Official Charts, superando o desempenho de “Lush Life”, que em seu pico alcançou o terceiro lugar.

Outras faixas que se destacam entre os dez melhores posicionados da lista são “Shout Out To My Ex”, single do Little Mix que foi da 13ª para a sexta colocação; e “Last Christmas”, grande sucesso do Wham! lançado em 1986 e que ascendeu com a inesperada notícia da morte de George Michael na última semana.

Confira os dez primeiros lugares da parada britânica de singles:

1. “Rockabye”, Clean Bandit com Sean Paul e Anne-Marie (-)
2. “I Would Like”, Zara Larsson (6–2)
3. “Human”, Rag’n’Bone Man (2–3)
4. “Touch”, Little Mix (-)
5.“All I Want For Christmas Is You”, Mariah Carey (-)
6. “Shout Out To My Ex”, Little Mix (13–6)
7. “Last Christmas”, Wham! (16–7)
8. “Starboy”, The Weeknd e Daft Punk (7–8)
9. “Say You Won’t Let Go”, James Arthur (-)
10. “24K Magic”, Bruno Mars (12–10)

Ao contrário do que as previsões apontavam, “Together”, trabalho conjunto de Michael Ball e Alfie Boe que até esta atualização dominava o topo da lista, foi destronado. O trabalho, que agora assume a vice-liderança, perdeu o primeiro lugar para “Glory Days”, último álbum de estúdio do Little Mix que chega à sua terceira semana não consecutiva como líder.

A atualização desta semana traz poucas novidades em relação à última quanto à troca de posições e novos lançamentos. Contudo, tal como na tabela de singles, a morte de George Michael também repercutiu aqui com a reentrada da coletânea de sucessos “Ladies & Gentlemen: The Best Of George Michael”, que assume o oitavo lugar.

Dado isso, as dez primeiras colocações da parada britânica de álbuns ficam assim:

1. “Glory Days”, Little Mix (2–1)
2. “Together”, Michael Ball e Alfie Boe (1–2)
3. “The Wonder Of You”, Elvis Presley (-)
4. “24 HRS”, Olly Murs (5–4)
5. “Blue & Lonesome”, The Rolling Stones (4–5)
6. “24K Magic”, Bruno Mars (7–6)
7. “The Heavy Entertainment Show”, Robbie Williams (6–7)
8. “Ladies & Gentlemen: The Best Of George Michael”, George Michael (*)
9. “Christmas”, Michael Bublé (8–9)
10. “Long Live The Angels”, Emeli Sandé (-)

Comentários

Alguns direitos reservados / 2013 - 2016.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.