16 de novembro de 2019 por Larissa Rhouse Santos Silva.

A espera irá, finalmente, acabar! Após dois anos do lançamento do álbum “Wonderful Wonderful”, o The Killers anunciou uma nova produção completa para 2020. O disco, que será lançado durante a primavera no hemisfério norte (março/junho), será nomeado de “Imploding The Mirage”.

“Imploding The Mirage”

Foi por meio do Twitter que o The Killers divulgou, na última sexta-feira (15), a notícia sobre o “Imploding The Mirage”. Simultaneamente com o anúncio do álbum, a banda liberou um teaser com as datas de uma turnê no Reino Unido e na Irlanda.

“Apresentando “Imploding The Mirage”. Pré-encomende o álbum para ter acesso a pré-venda de ingressos para nossa turnê no Reino Unido e na Irlanda”.

O tweet publicado pelo The Killers sugere, ainda, que uma nova faixa será liberada muito em breve. Vale lembrar que, em outubro, a conta oficial da banda no Instagram divulgou uma lista com supostas canções. Tal foto foi, rapidamente, ligada pelos fãs como a tracklist do novo álbum.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por The Killers (@thekillers) em

The Killers critica o governo estadunidense

É de conhecimento geral que a atual política dos Estados Unidos não está agradando boa parte da população. Em uma forte crítica ao governo de Donald Trump, o The Killers liberou a faixa “Land Of The Free”.

Divulgada em janeiro, a canção ironiza o ideal do “Sonho Americano” ao analisar a atual situação dos imigrantes, o racismo institucional e a violência armada no país.

Confira:

Em uma declaração no Facebook, Flowers disse que a música se originou em 2012, após o tiroteio na escola primária de Sandy Hook.

“No dia 14 de dezembro de 2012, acordei, desbloqueie meu telefone e, como muitos outros, vi os pedidos para orar por Sandy Hook. A notícia foi devastadora. Um soco no estômago. (…) Como pai, nunca compreenderei completamente o que essa comunidade e esses pais passaram”.

Além disso, o cantor se inspirou na história de sua própria família ao citar sobre a imigração:
 
“Eu vejo minha família nos rostos dessas pessoas vulneráveis. Afinal, não faz muito tempo que minha avó e sua família imigraram da Lituânia para escapar da opressão. Eles escolheram deixar tudo o que sabiam para vir para nosso país e trabalhar em empregos extenuantes em minas de carvão perigosas, em vez de resistir a tirania em casa”.

Leia também: The Killers no festival Glastonbury 2019; saiba tudo o que rolou

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.