28 de agosto de 2019 por Leonardo Fernandes.

Taylor Swift aproveitou seu momento no VMAs para cobrar uma posição do governo estadunidense. Enquanto recebia o prêmio de “Clipe do Ano” na última segunda-feira, dia 26, a cantora comentou sobre o “Equality Act”; um projeto de lei que garante direitos de proteção e segurança à população LGBT+.

Nesse sentido, Taylor tem defendido a petição desde o lançamento do clipe que garantiu sua estatueta, “You Need To Calm Down”. Na própria produção, a artista faz um apelo ao público para que a “Lei de Igualdade” seja assinada virtualmente.

Assim, durante seu discurso na premiação, Swift comentou sobre a quantidade de assinaturas recebidas até o momento:

“Eu quero agradecer a todo mundo que assinou aquela petição, pois ela tem agora meio milhão de assinaturas. Isso é cinco vezes mais do que a quantidade necessária para ter uma resposta garantida da Casa Branca”.

Taylor Swift

Conforme o pedido de Taylor tornou-se viral na web após a premiação, a Casa Branca pronunciou-se mais uma vez a respeito do projeto.

A resposta de Trump à Taylor Swift

A resposta foi dada por meio do canal de televisão CNN, que divulgou o pronunciamento da Casa Branca pelo Twitter. Vale ressaltar que a administração de Donald Trump já havia comentado sobre a campanha em maio, e a posição atual continua a mesma: contra o “Equality Act”.

“A administração de Trump se opõe absolutamente a discriminações de qualquer tipo, e apoia o tratamento igual a todos. Contudo, a carta aprovada em sua conjuntura atual está cheia de “pílulas venenosas” (no caso, a ementa) que ameaçam debilitar os direitos parentais e de consciência”.

Taylor está atualmente carregando temas políticos e sociais para seu trabalho, contrariando sua posição nos anos anteriores. Em 2016 por exemplo, a cantora não se pronunciou sobre as eleições de Donald Trump como muitos artistas fizeram. Dessa forma, Swift acabou recebendo um grande backlash por parte da mídia e do público.

O novo disco da artista, “Lover”, já está disponível em todas as plataformas digitais.

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.