in

Os recordes dos primeiros singles de Adele; “Easy On Me” vai fazer o mesmo?

Após 6 anos longe dos holofotes, a britânica finalmente está de volta com o lançamento de “Easy On Me”, o carro-chefe do seu quarto álbum de estúdio, “30”, que será lançado no dia 19 de novembro. A tão esperada faixa se junta ao grande conglomerado de sucessos e recordes que giram em torno dos singles de Adele, podendo se tornar mais um êxito em sua carreira.

Ao longo de uma jornada promissora na indústria musical, Adele foi capaz de construir um império que somente ela é capaz de dominar, tendo em vista todo o seu impacto no cenário da música, bem como o poder de obter números estratosféricos em vendas e streamings.

Desde quando lançou o primeiro single de trabalho, “Hometown Glory”, que integra o disco de “19”, a artista nunca mais esteve de fora das atenções do público e da capacidade de cada dia mais cravar seu nome na cena fonográfica.

Com um retorno musical que promete ser mais uma amostra fenomenal da sua atuação na indústria, mostramos aqui todos os recordes provenientes dos singles de sucessos de cada Era de Adele e como “Easy On Me” tem grandes chances de repetir o mesmo feito.

Lei também: Adele: 5 vezes que a cantora fez os planos de outros artistas mudarem

“Hometown Glory” – “19”

Lançada em 22 de outubro de 2007 pela Pacemaker Recordings, a canção que foi a primeira música de trabalho oficial da cantora que não atingiu significativos números nos charts em suas divulgações iniciais, mas à medida em que o talento e potência vocal de Adele eram reconhecidos, o single começou a ganhar novos olhares por aqueles que seriam no futuro o seu público fiel.

Sendo sucedida pelas canções “Chasing Pavements”, “Cold Shoulder” e um cover de “Make You Feel My Love”, de Bob Dylan, “Hometown Glory” acabou sendo promovida novamente como um single do “19” pela sua nova gravadora XL Recordings, após o lançamento do álbum, e assim, conseguindo permanecer várias semanas nos charts britânicos.

Hoje, segundo a Official Charts, a faixa já acumulou mais de 729 mil em vendas apenas no território do Reino Unido, figurando-se na décima música mais vendida da artista na terra da rainha.

A canção escrita somente em 10 minutos, logo depois que sua mãe, Penny, tentou convencê-la a deixar sua cidade natal para ir à Universidade, teve como inspiração West Norwood, um pequeno bairro ao sul de Londres, onde Adele passou a maior parte de sua adolescência.

“Rolling in the Deep” – “21”

Conhecida como o grande divisor de águas da sua carreira e discografia, dando a voz de “Hello” finalmente a oportunidade de ser introduzida à indústria fonográfica e ao mundo, “Rolling in the Deep” foi e continua sendo uma grandiosidade na vida da britânica.

Composta pela cantora e por Paul Epworth, o single principal do “21” tornou-se rapidamente uma canção com grande aclamação que impulsionou de vez a participação de Adele no mercado fonográfico, e também no gosto do público.

Descrita como uma “melodia de disco gospel blues-y dark”, a letra do estrondoso sucesso despeja por meio da excelente voz da cantora emoções sobre um amante desprezado.

Sob as perspectivas de uma figura que teve seus sentimentos devastados, após o fim de um relacionamento, a faixa que retrata uma história de amargura e ressentimentos foi a grande vencedora das categorias “Gravação do Ano”, “Canção do Ano” e “Melhor Vídeo em Curta-Metragem”, na 54º edição do Grammy Awards.

“Rolling in the Deep” recebeu oito certificados de Platina pela RIAA, vendendo apenas no ano de seu lançamento, 2012, mais de 8,7 milhões de cópias nos Estados Unidos, tornando-se a canção digital mais vendida por uma artista feminina no país, além de ter se convertido na música digital mais vendida no mercado norte-americano e o single mais vendido de Adele fora do Reino Unido, superando seu anterior best-seller, “Chasing Pavements”.

Para completar sua lista de aclamação, o material atingiu o primeiro lugar na Billboard Hot 100, onde permaneceu por sete semanas, bem como sua estreia na segunda posição da parada britânica.

“Hello” – “25”

recordes adele singles
Foto: Alasdair McLellan

Em 2015, quando Adele decidiu que sua volta ao cenário musical seria ao som de “Hello” a própria jamais imaginou que aquilo seria como um feito histórico na indústria fonográfica.

O carro-chefe do seu terceiro álbum de estúdio, “25”, é ainda hoje um extraordinário sucesso, e assim como na qualidade do single, os números da canção no mercado permaneceram atemporais.

Composta pela artista e Greg Kurstin, responsável pela produção, a faixa faturou três Grammy Awards nas categorias “Canção do Ano”, “Gravação do Ano” e “Melhor Performance Pop Solo”.

Lançada em uma época em que as vendas físicas estavam em constante declínio e os streamings surgiam como uma nova forma de consumir música, “Hello” conseguiu figurar-se como um grande marco na história do entretenimento musical, pois a mesma quebrou barreiras inalcançáveis na Era das plataformas digitais.

O single que vendeu somente nos EUA mais de 1,1 milhão de downloads na semana do lançamento do disco ficou conhecido como uma das maiores canções de todos os tempos juntamente com o “25”, projeto discográfico que definiu a última década.

Acompanhado de um icônico videoclipe que contava com 1 milhão de visualizações por hora nos dois primeiros dias após o lançamento do material, o trabalho musical de Adele acumula atualmente mais 2,5 milhões de vendas apenas no Reino Unido. E no total, ultrapassou as 12,3 milhões de unidades mundialmente.

A balada que explodiu na Billboard Hot 100 em primeiro lugar, estabeleceu o recorde de faixa com mais downloads nos EUA vendidos em uma semana, ficando no topo da maior parada de música do mundo por 10 semanas.

“Easy On Me” terá o mesmo impacto?

Prometendo ser um retorno triunfal, “Easy On Me” desperta a ansiedade em todos e traça desde já um caminho magnífico para o sucesso.

O single que abrirá os trabalhos para o seu quarto disco mostrou sua potência no momento em que foi anunciado, já que a novidade fez com que os antigos trabalhos de Adele voltassem a aparecer na Billboard 200.

O “21” retornou ao 198º lugar na nova atualização feita no dia 05 de outubro, completando 509 semanas dentro da parada musical. Enquanto o “25” fez um retorno ainda melhor ao chart, alcançando o 174º lugar,sendo assim a 185ª semana do álbum no ranking.

Além disso, apenas no trecho do clipe divulgado há 1 semana, o conteúdo conteve mais de 16 milhões de visualizações.

Essa é mais uma prova que a aguardada volta de Adele para o mundo da música era entre muitos comebacks um dos mais impactantes da indústria, onde poderá desde já movimentar o mercado musical e preparar a artista para mais um feito histórico.

Com a chegada do “30” marcada para o dia 19 de novembro, como está sua ansiedade para a nova Era de Adele? Conta suas expectativas no nosso Twitter!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

GIPHY App Key not set. Please check settings

    Loading…

    0