in , ,

Os 20 melhores clipes de 2021

"MONTERO (Call Me By Your Name)", de Lil Nas X, é um dos melhores clipes do ano, segundo o Tracklist. Foto: Divulgação

Em 2021, fomos impactados por produções audiovisuais no cenário musical de tirar o fôlego. Não foram poucos os clipes, tanto nacionais quanto internacionais, que entregaram grandes produções com histórias profundas e altíssima qualidade.

Pensando em celebrar alguns dos vídeos que impactaram este ano, o Tracklist separou a lista dos 20 melhores clipes de 2021. Confira!

Por Gabriela Campos, Giovana Bonfim e Soraia Joffely

Observação: a lista foi definida a partir dos seguintes critérios: opinião dos redatores e da equipe do Tracklist; e opinião da crítica especializada.

Confira os 20 melhores clipes de 2021

20º – “Telepatía” – Kali Uchis

Foi bastante interessante em 2021 ver Kali Uchis voltando às raízes de seus clipes de início de carreira, em que mostrava cenas de sua cidade na Colômbia, em contraste com sua persona mais glamorosa e performer. Legal também perceber como ela resgata inspiração de cenas em novelas e filmes que retratam a cultura latina. Foi uma ótima abertura para o universo de “sin miedo (del amor y otros demonios)”.


19º – “V.I.P *-*” – Luísa Sonza

Em décimo nono lugar entre os melhores clipes de 2021, temos “VIP”, de Luísa Sonza. No clipe da música, Luísa inova na coreografia e, com o próprio corpo, formas as letras “V”, “i” e “P”. O vídeo marca o início da era “Doce 22”.

A faixa “VIP *-*”, um dos maiores sucessos do álbum “Doce 22”, é uma parceria com o rapper estadunidense 6VLACK. Sonza ainda revelou que escreveu o roteiro do clipe e foi a diretora criativa do projeto.


18º – “Nem Um Pouquinho” – Duda Beat feat. Trevo

Nem Um Pouquinho” traz um lado de Duda Beat que ninguém esperava. Por mais que a música já tivesse uma pegada mais dark, o clipe contempla até mais do que esperávamos com a sua sonoridade. Trevo e Duda estão quase que num cenário apocalíptico, algo que lembra por vezes o filme “Eu Sou a Lenda”, com Will Smith. A história é contada com zumbis futurísticos numa pegada meio cyberpunk.

Com tantos detalhes estéticos, não é a toa que o clipe de “Nem Um Pouquinho” fez sucesso de público e crítica, levando o prêmio de “clipe do ano” no Prêmio Multishow.


17º – “Pirata” – Jão

O clipe da música “Pirata”, de Jão, que leva o mesmo nome que o terceiro álbum de estúdio do cantor, traz aventuras, memórias e um visual impecável, provando que o artista está na melhor fase de sua carreira até agora. 

Na história do clipe, Jão curte uma festa quando é hipnotizado por uma sereia e acaba dançando com ela no mar. A sereia é vivida pela cantora revelação Ruby.


16º – “Permission To Dance” – BTS

Com uma mensagem de esperança, o BTS trouxe para o MV de “Permission To Dance” uma atmosfera de dias melhores, após esse longo período de pandemia que estamos vivendo.

Rodeado de cores, balões, abraços e beijos, o videoclipe da faixa reflete sentimentos de conforto e grandes expectativas para um mundo livre da covid-19. Desde o seu lançamento, a faixa e o clipe já proporcionaram importantes feitos para o grupo devido a premissa que carregam – como sua apresentação na ONU, quando o conjunto transformou a sede da organização em um verdadeiro espetáculo, levando diversão e boas perspectivas para o futuro.


15º – “Ghost” – Justin Bieber

O sexto single da era “Justice”, último álbum lançado de Justin Bieber, traz um clipe bem emotivo, transmitindo a mensagem de amor.

O vídeo tem a participação especial de Diane Keaton, vencedora do Oscar de melhor atriz, interpretando a avó de Bieber. O emocionante clipe traz Justin sendo um neto esforçado, que tenta fazer com que sua avó recupere a alegria de viver depois de ter se tornado viúva.


14º – “Anaconda” – Luísa Sonza

O mais novo single do álbum “DOCE 22” está acompanhado de um videoclipe que custou mais de um milhão de reais e tem Luísa Sonza como diretora. O clipe é ousado tanto na coreografia, quanto nas vestimentas que dão sentido ao título da canção.

A produção, que entrega uma mensagem de empoderamento feminino, também faz da qualidade visual uma importante questão, dando à cantora o reconhecimento que merece nessa área.


13º – “Stay” – The Kid LAROI feat. Justin Bieber

“Stay” é um dos melhores clipes de 2021 porque conseguiu traduzir sua música de forma visual, com aspectos artísticos muito bonitos. É como se o mundo realmente parasse se o seu amado não estivesse do lado, e o eu lírico estivesse se sentindo mal quando sozinho. No vídeo, nada está em seu lugar – existe apenas um mundo paralelo em que apenas o problema é pensado e o restante está em pausa.

Tudo é muito bem representado, digno de filme. Valeu todo o hype que teve durante o ano de 2021.


12º – “I Bet You Think About Me (Taylor’s Version)” – Taylor Swift feat. Chris Stapleton

No clipe de uma das músicas exclusivas presentes do relançamento de “Red”, Taylor Swift continua fazendo o que sabe fazer de melhor: contar histórias.

Com cenas que você poderia jurar que são tiradas de algum filme de Wes Anderson, Taylor é quase que a vilã (que a gente gosta e defende). O clipe todo se passa com cores leves, dando destaque à Taylor vestida em vermelho, entrando em contraste com o restante das cenas. A escolha das cores faz jus à música, já que o ator Jake Gyllenhaal, inspiração para a faixa e ex-namorado da artista, não achava que Tay “se encaixava” em seu mundo.

Mesmo que você não goste da artista, impossível não se render ao clipe (que também teve seu roteiro escrito por ela, ao lado da atriz Blake Lively).


11º – “34 + 35” – Ariana Grande feat. Doja Cat, Megan Thee Stallion

Como juntar Ariana Grande, Doja Cat e Megan Thee Stallion e dar errado? É impossível! Se o clipe da versão original de “34 + 35” já era incrível, o acréscimo das duas artistas trouxe um excelente resultado.

Tudo é muito camp, exagerado, do jeito que a gente gosta. Um hotel com cara de palácio meio chique e meio brega, com Ari, Doja e Megan se divertindo e ostentando nas bebidas, numa vibe meio clipe R&B dos anos 2000. Era realmente tudo que precisávamos.


10º – “LALISA” – Lisa

Lisa, integrante do BLACKPINK, entregou um dos melhores clipes de 2021. O videoclipe de “LALISA”, que incorpora referências tailandesas e uma coreografia eletrizante, se tornou o clipe solo mais apreciado de uma idol de K-pop no YouTube, contando com mais de 12 milhões de likes.

Nele, é possível encontrar todos os pontos fortes da cantora. Desde as suas habilidades artísticas, como ser uma talentosa dançarina e rapper, além da sua expressividade como artista, que destaca o melhor da presença de palco que possui.


9º – “brutal” – Olivia Rodrigo

O clipe de “brutal”, de Olivia Rodrigo, descreve quase que perfeitamente como tem sido ser jovem nos últimos anos, com uma estética completamente anos 2000 e inspirada no pop punk.

Dirigido por Petra Collins, o vídeo começa com uma pegada cyberpunk, meio futuro-japonês de filmes, e termina como um filme adolescente dos anos 2000. Ele tem metáforas perfeitas para não se encaixar, como fazer parte de um grupo de ballet e não ir bem nele, e uma live em alguma rede social chorando sobre o que deu errado.

Realmente, tudo é muito brutal por aqui – mas, é claro, com algumas pitadas do antigo glamour dos anos 2000 e muitas referências incríveis.


8º – “Sem Filtro” – IZA

“Sem Filtro”, de IZA, é roteirizado pela própria cantora e dirigido por Felipe Sassi. Na produção do vídeo, é apresentada uma estética futurista e cyberpunk, misturando elementos sensuais com aspectos tecnológicos. A novidade é que o marido de Iza, o produtor Sérgio Santos, também participa do clipe.

“Sem Filtro” explora o R&B com a voz da artista e a letra fala sobre relacionamentos passageiros e fugazes. O clipe conta com vários efeitos especiais e sensualidade.


7º – “Woman” – Doja Cat

Em “Woman”, Doja Cat encarna o personagem de guerreira em diversos cenários. Em um primeiro momento, algo mais tradicional, como se fosse no Egito antigo, só que na modernidade – podemos ver muito ouro, tons terrosos e quentes.

Há também cenas mais internas e com elementos futurísticos, tudo isso com muita dança no jeitinho que Doja sabe fazer. É certamente um dos melhores clipes da era “Planet Her”, e não tinha como ficar de fora da lista de melhores clipes de 2021!


6º – “Happier Than Ever” – Billie Eilish

A faixa “Happier Than Ever”, de Billie Eilish, leva o mesmo nome do segundo álbum de estúdio da cantora.

No clipe, assim como na música, tudo começa bem calmo, em tons pastéis. Ela fala ao telefone, como se estivesse fazendo um desabafo com alguém. No entanto, há uma reviravolta e ela acaba explodindo no final, como na canção. 

A estética do clipe é meio sombria e com muita chuva, o que deixa o clipe ainda mais emocionante. Tanto a faixa quanto o clipe representam o álbum e o sentimento que ele quer passar.


5º – “Girl From Rio” – Anitta

A garota do Rio fez muito barulho este ano e apresentou sua cidade e cultura em um dos maiores videoclipes da cena musical brasileira. Com “Girl From Rio“, Anitta mostrou o Rio de Janeiro como ele é, levando todas as referências possíveis de como se vive na Cidade Maravilhosa.

Entre um Rio de Janeiro dos anos 1960 e o de hoje, a cantora explorou com muita qualidade suas manifestações culturais. Além disso, a artista trouxe um toque mais subjetivo ao clipe e carregou toda a sua família para fazer parte desse projeto. Um dos melhores clipes de 2021 até lá fora, já que a Anitta promoveu bastante a música.


4º – “INDUSTRY BABY” – Lil Nas X feat. Jack Harlow

Sempre entregando grandes produções, Lil Nas X não perderia a chance de tornar o videoclipe de “INDUSTRY BABY”, terceiro single do álbum “MONTERO”, em mais um impactante material da sua videografia.

Ao lado de Jack Harlow, o rapper mostrou mais uma vez que sabe impactar a cultura pop como ninguém. Após o poderoso lançamento do vídeo de “MONTERO (Call Me By Your Name)”, o cantor colocou todos os presos de uma penitenciária para dançarem pelados, em um clipe que traz referências a inúmeros episódios da sua carreira, como o Grammy, o processo movido pela Nike contra ele e o beijo dado no Bet Awards.


3º – “All Too Well: The Short Film” – Taylor Swift

Em terceiro lugar dos melhores clipes de 2021, temos o comovente curta de “All Too Well”, um dos maiores sucessos da regravação do álbum “Red”, de Taylor Swift.  O clipe, que foi dirigido e escrito pela própria Taylor, possui quase 15 minutos de duração e foi estrelado por Sadie Sink e Dylan O’Brien

O vídeo foi inspirado na história da cantora e arrancou várias lágrimas dos telespectadores. O curta ainda teve uma Premiere em Nova York, assim como acontece com as grandes produções de Hollywood. 


2º – “MONTERO (Call Me By Your Name)” – Lil Nas X

Em segundo lugar, temos “MONTERO (Call Me By Your Name)”, de Lil Nas X. O clipe conta com efeitos visuais impressionantes e referências bíblicas e da mitologia grega. A música, que é um dos maiores sucessos do ano, fala sobre sexualidade, aceitação, paixão e desespero.

A inspiração para o nome da canção tem clara referência ao livro adaptado para o filme “Me Chame Pelo Seu Nome”. O cantor decidiu se apropriar dessa ideia para combinar com a temática do vídeo.

Lil Nas X fez um clipe ousado, com referencias religiosas e vai do Céu para o Inferno. O clipe é bem trabalhado e conta com efeitos incríveis.


1º – “A Queda” – Glória Groove

Com um videoclipe para lá de caprichado, “A Queda“, de Glória Groove, é a grande dona da primeira posição na nossa lista de clipes do ano. Após o lançamento de “Bonekinha“, a cantora não poupou visuais e conceitos para o clipe do segundo single do seu novo projeto discográfico.

Abrindo as cortinas do seu circo e levando a plateia ao delírio, o clipe da faixa é de longe o melhor que o pop brasileiro pôde nos entregar esse ano, em meio a tantos outros trabalhos perfeitos. A crítica ao cancelamento, as vestimentas, as interpretações e história contada levaram o público a reconhecer o material visual como um dos melhores de 2021.

O sucesso instantâneo do clipe o colocou em tendência por semanas no YouTube, acumulando hoje mais de 65 milhões de visualizações. Assim, tornando o material em um dos mais vistos da videografia da artista.


O que achou da lista? Concorda com a seleção dos melhores clipes de 2021? Acompanhe nosso Twitter, Instagram e TikTok, e veja o restante do especial de fim de ano do Tracklist:

Os 30 melhores álbuns internacionais de 2021
Os 30 melhores singles internacionais de 2021
Os 15 melhores álbuns nacionais de 2021
Os 20 melhores singles nacionais de 2021
Os 15 melhores filmes de 2021
As 15 melhores séries de 2021
15 momentos marcantes da música e do entretenimento em 2021


MONTERO (Call Me By Your Name)”, de Lil Nas X, é um dos melhores clipes de 2021, segundo o Tracklist. Foto: Reprodução/YouTube

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

GIPHY App Key not set. Please check settings

    Loading…

    0