12 de janeiro de 2020 por Larissa Rhouse Santos Silva.

Em setembro de 2018, o mundo disse adeus a Mac Miller, um dos mais consagrados rappers da atualidade. No entanto, seu legado ainda continua vivo e, se depender de sua família, será eternizado. Assim, na última quinta-feira (09), a faixa “Good News” foi liberada, marcando o debut single do primeiro álbum póstumo do cantor.

Ouça:

Com um alto nível de sentimentalismo, “Good News” traduz a maneira como Miller via o mundo. Na letra, o rapper analisa como as pessoas costumam dar valor apenas as “boas notícias” e, assim, esquecem que o outro também se sente triste.

 O trecho final da canção apresenta, ainda, o cantor falando sobre talvez ser tarde demais. Acrescentando, por fim, um toque extra de emoção ao lançamento.

“Sei que talvez seja tarde demais, eu poderia chegar lá em outra hora. Finalmente vou descobrir. Que há muito mais para mim esperando. Que há muito mais para mim esperando. Sei que talvez seja tarde demais, eu poderia chegar lá em outra hora. Então eu vou finalmente descobrir. Que não é tão ruim, não é tão ruim”.

Bem como a canção, um clipe também foi disponibilizado. No vídeo, cenas do rapper no estúdio abrem a produção que termina com um cenário de animação.

Assista:

Nomeado de “Circles”, o primeiro álbum póstumo de Mac Miller será disponibilizado no dia 17 de janeiro.

Comunicado oficial sobre o lançamento de “Circles”

Apesar de ter falecido pouco mais de um mês depois de ter liberado o álbum “Swimming”, Mac Miller já vinha trabalhando em novas canções. Segundo a família do cantor, as faixas fariam parte de um projeto que daria continuidade ao lançamento mais recente. Assim, buscando eternizar o legado do rapper, eles resolveram liberar o disco “Circles”.

O comunicado, feito por meio do Instagram oficial do cantor, veio acompanhado de outras novidades. Entre elas, é possível destacar, principalmente, a criação da conta @92tilinfinity, que servirá como fonte de informação sobre a era póstuma.

No momento da sua morte, Malcolm estava bastante envolvido no processo de gravar o álbum que acompanharia Swimming, chamado Circles. Dois estilos diferentes se complementando, completando um círculo – O conceito era estar nadando [‘swimming’] em círculos [‘circles’]. Ele vinha trabalhando com Jon Brion, que após ouvir algumas versões iniciais das canções, cancelou outros compromissos para ajudar Malcolm a deixá-las perfeitas. Após a sua morte, Jon se dedicou a finalizar ‘Circles’ baseado no tempo que passou e nas conversas que teve com Malcolm. Somos eternamente gratos a Jon e a todos que se dedicaram ao trabalho difícil e emocional de trabalhar nesse lançamento.

Esse é um processo complicado que não tem resposta certa. Não tem um caminho claro. Somente sabemos que seria importante para o Malcolm que o mundo ouvisse (…) Informações sobre esse lançamento, sua instituição de caridade e o próprio Malcolm podem ser encontradas no @92tilinfinity. Obrigado a todos os fãs que o apoiaram incondicionalmente todos esses anos. Sentimos a falta dele. Só podemos imaginar aonde Malcolm iria e apreciarmos onde ele esteve. Esperamos que vocês separem um tempo para ouvir”

Tracklist do álbum

Confira, a seguir, a tracklist oficial do álbum “Circles”:

01. “Circles”
02. “Complicated”
03. “Blue World”
04. “Good News”
05. “I Can See”
06. “Everybody”
07. “Woods”
08. “Hand Me Downs”
09. “That’s on Me”
10. “Hands”
11. “Surf”
12. “Once a Day”

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.