Muito se esperava a respeito das atualizações desta semana das paradas musicais americana e britânica, uma vez que não só alguns dos discos mais aguardados do ano finalmente chegariam às lojas, mas também uma das últimas grandes premiações do ano, o American Music Awards, traria performances para movimentar de vez as tabelas de todo o mundo.

Resumidamente: se havia alguma semana nesse último trimestre para chacoalhar as posições da Billboard e do Official Charts e ameaçar o topo das listas de singles e álbuns, era esta. E isso foi comprovado com os mais novos lançamentos de Bruno Mars, Metallica e Little Mix, três grandes nomes de gêneros diferentes, porém com incontestável sucesso comercial na atual indústria fonográfica.

Além desses materiais inéditos, também é importante destacar as apresentações do AMA, realizado no dia 20. Historicamente, elas desempenham bastante importância nas paradas americanas, esta que foi ressaltada com as grandiosas performances tanto de artistas que já se encontram nas primeiras colocações da tabela, como The Weeknd, Twenty One Pilots, Ariana Grande e The Chainsmokers, quanto de nomes em ascensão nela, como Maroon 5, John Legend e Fifth Harmony. Ou seja, muitas expectativas foram criadas acerca da premiação e suas consequências na lista.

BILLBOARD
ESTADOS UNIDOS

Apesar das aguardadas performances realizadas no American Music Awards, poucas mudanças significativas marcaram a atualização desta semana na Billboard Hot 100. As maiores exceções ficam por parte de Bruno Mars, que abriu a premiação com “24K Magic” e agora ocupa a quarta posição com o single, e a viral “Juju On That Beat (TZ Anthem)”, parceria de Zay Hilfigerrr e Zayion McCall que não foi apresentada no evento.

Também é importante destacar os desempenhos das canções de artistas que se apresentaram no AMA, como The Chainsmokers, Twenty One Pilots, Maroon 5 e Justin Bieber. Mesmo que seus singles tenham permanecido ou despencado de suas antigas colocações, todos os quatro nomes registraram significativos crescimentos comerciais em relação à semana passada.

Assim como já era esperado, “Black Beatles”, parceria de Rae Sremmurd com o rapper Gucci Mane, manteve-se na primeira posição da lista. A faixa chega à sua terceira semana no topo da tabela com 138 mil downloads e 55,9 milhões de streams nos Estados Unidos (o maior número de audições em plataformas de streaming desde o lançamento de “Hello”, de Adele, em novembro do ano passado).

Confira as dez primeiras colocações da Billboard Hot 100:

1. “Black Beatles”, Rae Sremmurd e Gucci Mane (-)
2. “Closer”, The Chainsmokers e Halsey (-)
3. “Starboy”, The Weeknd e Daft Punk (-)
4. “24K Magic”, Bruno Mars (6–4)
5. “Juju On That Beat (TZ Anthem)”, Zay Hilfigerrr e Zayion McCall (8–5)
6. “Side To Side”, Ariana Grande e Nicki Minaj (4–6)
7. “Heathens”, Twenty One Pilots (5–7)
8. “Let Me Love You”, DJ Snake e Justin Bieber (7–8)
9. “Broccoli”, D.R.A.M. e Lil Yachty (-)
10. “Don’t Wanna Know”, Maroon 5 e Kendrick Lamar (-)

A disputa para o topo da tabela americana de discos foi disputadíssima, com novos lançamentos de nomes de grande sucesso nos Estados Unidos, como Metallica, Bruno Mars e Miranda Lambert. Entretanto, no final, quem garantiu a primeira colocação da lista foi a banda de metal californiana.

O mais recente trabalho do grupo, o duplo “Hardwired… To Self-Destruct”, registrou 291 mil cópias comercializadas em sua semana de lançamento, tornando-se o sexto disco do Metallica a debutar no topo da Billboard 200 e o álbum com o terceiro melhor percentual de vendagem em seus primeiros sete dias nas lojas em 2016, atrás apenas de “Views”, do Drake, e “Lemonade”, da Beyoncé.

“Hardwired… To Self-Destruct”, novo álbum do Metallica, é o disco de rock com o maior número de vendas em sua semana de abertura em cerca de dois anos e meio. O último trabalho do gênero a superar tal marca foi “Ghost Stories”, do Coldplay, que registrou 382 mil unidades comercializadas quando foi lançado, em maio de 2014

Na segunda posição, encontra-se “24K Magic”, novo álbum de Bruno Mars que também registrou grandes números comerciais. O trabalho estreou com 231 mil cópias vendidas e superou os índices iniciais de seus dois antecessores, “Unorthodox Jukebox” e “Doo-Woops & Hooligans”, sendo assim a melhor semana de lançamento da carreira do cantor.

Completando as três primeiras colocações, temos “The Weight Of These Wings”, novo álbum duplo de Miranda Lambert que registrou 133 mil unidades comercializadas em sua primeira semana de vendas. Com tais números, o disco se torna o maior lançamento de country feminino em mais de um ano. O último título a superar tal marca foi “Storyteller”, de Carrie Underwood, que alcançou 177 mil cópias comercializadas em novembro de 2015.

Com os lançamentos de Metallica, Bruno e Miranda, esta é a única atualização da Billboard 200 em 2016 onde três discos estrearam com mais de 100 mil unidades vendidas. A última vez que tal fato aconteceu foi em dezembro do ano passado, quando Justin Bieber, One Direction e Logic debutaram na mesma semana com 522, 402 e 118 mil cópias comercializadas, respectivamente.

O restante das dez primeiras posições é ocupado por especiais natalinos — como “A Pentatonix Christmas”, do Pentatonix, e “Christmas Together”, disco colaborativo de Garth Brooks e Trisha Yaerwood — e trilhas sonoras — como é o caso da animação “Trolls” e do musical “Hamilton”, da Broadway.

Descubra quais são as dez primeiras posições da tabela americana de álbuns:

1. “Hardwired… To Self-Destruct”, Metallica (*)
2. “24K Magic”, Bruno Mars (*)
3. “The Weight Of These Wings”, Miranda Lambert (*)
4. “A Pentatonix Christmas”, Pentatonix (2–4)
5. “We Got It From Here… Thank You 4 Your Service”, A Tribe Called Quest (1–5)
6. “Trolls (Original Motion Picture Soundtrack)”, trilha sonora de “Trolls” (3–6)
7. “Christmas Together”, Garth Brooks e Trisha Yaerwood (11–7)
8. “SremmLife 2”, Rae Sremmurd (4–8)
9. “Hamilton (Original Broadway Cast Recording)”, elenco de “Hamilton” (6–9)
10. “Views”, Drake (5–10)

OFFICIAL CHARTS
REINO UNIDO

Apesar do crescente sucesso de “Black Beatles” nos Estados Unidos, que renderam à Rae Sremmurd e Gucci Mane mais uma semana na primeira colocação na Billboard Hot 100, a situação não se reflete completamente idêntica no Reino Unido. A canção esteve perto de assumir a liderança da lista, mas foi barrada por “Rockabye”, mais recente single do Clean Bandit que chega à sua terceira atualização consecutiva no topo.

Outra música de trabalho que aos poucos escala as primeiras posições da parada britânica é “Don’t Wanna Know”, parceria entre Maroon 5 e Kendrick Lamar. A faixa vem registrando números surpreendentes na terra da Rainha e subiu três colocações, assumindo o quinto lugar da tabela e desbancando nomes como NEIKED e The Weeknd, que deve voltar a marcar pontos na próxima semana com o lançamento do disco “Starboy”.

Em relação ao restante, vale ressaltar a resistência de artistas como The Chainsmokers e Hailee Steinfeld ao crescimento comercial de Ariana Grande e Drake, cujo mais recente single, “Fake Love”, deve retornar à sua posição de pico já na próxima atualização da tabela.

Confira as dez primeiras colocações da parada britânica de singles:

1. “Rockabye”, Clean Bandit com Sean Paul e Anne-Marie (-)
2. “Black Beatles”, Rae Sremmurd e Gucci Mane (4–2)
3. “Shout Out To My Ex”, Little Mix (-)
4. “Say You Won’t Let Go”, James Arthur (2–4)
5. “Don’t Wanna Know”, Maroon 5 e Kendrick Lamar (8–5)
6. “24K Magic”, Bruno Mars (7–6)
7. “Sexual”, NEIKED (6–7)
8. “Starboy”, The Weeknd e Daft Punk (5–8)
9. “Closer”, The Chainsmokers e Halsey (-)
10. “Starving”, Hailee Steinfeld com Grey e Zedd (-)

Assim como na Billboard 200, a tabela britânica de discos também passou por uma atualização movimentada. Porém, ao contrário da Billboard 200, aqui quem assumiu a primeira colocação o Little Mix, que, além de chegar pela primeira vez ao topo da lista de álbuns, ainda alcançou o maior número de vendas de uma girlband em mais de nove anos.

O mais novo álbum de estúdio do grupo, “Glory Days”, registrou 96 mil unidades comercializadas em sua semana de lançamento, superando os índices de vendagem do Metallica, que se encontra na vice-liderança, e de Bruno Mars, que assume a terceira posição.

“Glory Days”, do Little Mix, é o disco de uma girlband com o maior número de vendas em sua primeira semana nas lojas desde “Spiceworld”, das Spice Girls, que alcançou a marca de 192 mil cópias comercializadas nos sete dias posteriores ao seu lançamento, em novembro de 1997

Já as outras sete posições do primeiro décimo da lista se mantiveram praticamente as mesmas, com exceção de “24 HRS”, de Olly Murs, que foi destronado do topo da tabela e agora encontra-se no sexto lugar, e “Long Live The Angels”, recente disco de Emeli Sandé que despencou sete colocações em relação à semana passada.

Dito isso, as dez primeiras posições da tabela britânica de discos são agora ocupadas pelos seguintes trabalhos:

1. “Glory Days”, Little Mix (*)
2. “Hardwired… To Self-Destruct”, Metallica (*)
3. “24K Magic”, Bruno Mars (*)
4. “Together”, Michael Ball e Alfie Boe (3–4)
5. “The Wonder Of You”, Elvis Presley (-)
6. “24 HRS”, Olly Murs (1–6)
7. “The Heavy Entertainment Show”, Robbie Williams (6–7)
8. “Nobody But Me”, Michael Bublé (-)
9. “Long Live The Angels”, Emeli Sandé (2–9)
10. “Christmas”, Michael Bublé”.

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.