16 de agosto de 2018 por Sandro Luiz.

Imagem relacionada

16 de agosto de 2018, o dia em que a música perde um de seus mais importantes pilares. Aretha Franklin já havia sido diagnosticada em 2010 com um cancro no pâncreas e desde então sua luta a favor de sua saúde teve altos e baixos. Ela chegou a recorrer a uma série de tratamentos e em seguida continuou se apresentando. Em meados do ano passado, Aretha, um pouco mais debilitada, teve que se retirar dos palcos novamente, mas ainda sim seguiu gravando em estúdio e comparecendo a alguns eventos especiais.

 

Seu último álbum intitulado “A Brand New Me” foi lançado em novembro do ano passado e com isso foram divulgados pequenos atos de promoção do disco em Newark, coincidentemente em comemoração também aos seus 76 anos, e outro concerto em um festival de Jazz em Nova Orleans. De lá pra cá, a cantora dedicou-se única e exclusivamente à sua saúde.

Imagem relacionada

 

Aretha é conhecida como Rainha do Soul e não é à toa. Dona de hits memoráveis como “I Say A Little Prayer“, “Chains of Fools“, “Respect“, “See Saw” e “(You Make Me Feel Like) A Natural Woman“, virou ícone da luta em defesa dos direitos civis e da igualdade racial nos Estados Unidos, e em 1987 foi a primeira mulher na história a fazer parte do Rock & Roll Hall of Fame, cantou no funeral de Mart Lutter King (outra ilustre personalidade da luta pelos direitos civis) e em 2009 na posse do primeiro presidente afro-americano Barack Obama, fã declarado da cantora. Ela também inspirou e continua inspirando várias outras das nossas cantoras da atualidade: Christina Aguilera, Demi Lovato, Kelly Clarkson, Alicia Keys, Beyoncé, Jennifer Hudson entre muitas e muitas outras.

Resultado de imagem para aretha

Aretha se vai, mas certamente que seu legado prevalecerá por muitos e muitos anos. Eis aqui nossos mais sinceros sentimentos e nosso respeito. Descanse em paz!

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.