28 de setembro de 2019 por Redação Tracklist.

Por: Thiago Cyrino
Drake fechou a primeira noite do Palco Mundo do Rock in Rio 2019. Antes dele, se apresentaram no mesmo palco Bebe Rexha e Ellie Goulding. Em meio a muita chuva e polêmicas, Drake entregou um show elétrico na Cidade do Rock. Confira 5 coisas que rolaram:

1 – Polêmicas

Polêmicas marcaram a vinda de Drake ao Brasil. Após cancelar o sideshow que faria em São Paulo, surgiram muito boatos de que ele cancelaria sua apresentação no festival. Mas felizmente para os fãs que estavam prontos para vê-lo no Rock in Rio, a agenda foi mantida. Já para os fãs que esperavam assistir o espetáculo ao vivo pela TV ou pela internet, a decepção: minutos antes de sua performance começar, foi anunciado que o rapper não havia permitido a transmissão do seu show.

A justificativa? Drake disse que estava preocupado com a chuva. 

Boninho – diretor da Globo -, porém, revelou que a transmissão já havia sido desautorizada antes mesmo da chuva começar e ainda chamou a atitude do artista de uma “absoluta falta de respeito com o público brasileiro.”

E tem mais! Segundo o Jornal Extra, Drake cogitou CANCELAR a apresentação por conta da chuva e da iluminação. 

2 – Muita chuva mesmo

Os fãs do cantor tiveram que ver o show embaixo de muita chuva. Pelo contrário, isso não foi motivo pra desanimar ninguém ou pra atrapalhar o show. Eles pularam e cantaram ainda mais com Drake durante toda a apresentação. 

3 – Show mais aguardado 

Headliner do primeiro dia da edição de 2019 do Rock In Rio, Drake era bastante aguardado pelo público brasileiro que nunca tinha tido o cantor no país antes. 

A expectativa do público estava bem alta antes de começar, e a do próprio cantor também, que confessou no palco que estava bastante nervoso antes de subir porque ele sempre ouvia muito a respeito do público brasileiro. 

Foto: Theo Skudra

3 – Hits e empolgação

Mesmo com muita chuva em determinadas partes do show, Drake trouxe um setlist longo, com 21 músicas, dentre elas, os seus hits “One Dance”, “God’s Plan”, “Hotline Bling” e “In My Feelings”, todas recebidas pelo público molhado com bastante ânimo e grito. Durante a sua performance, Drake não economizou elogios ao público, que foi considerado pelo cantor como a melhor plateia de sua vida, mesmo após anos e anos de carreira.

A experiência como um todo foi indescritível. Se os shows anteriores no palco mundo foram marcados por um público desanimado, o de Drake foi diferente: ninguém parou de cantar e pular. Arrisco dizer que durante a sequência de “Work” – “One Dance” – “Hotline Bling” foi o momento mais animado do primeiro dia do festival. Isso porque além de serem grandes hits, a chuva havia apertado no início da primeira e o público parecia finalmente ter se rendido a ela e decidido aproveitar ao máximo cada momento. A partir disso, a Cidade do Rock havia se transformado em um caldeirão que finalmente parecia a imagem de festival épico que temos do Rock In Rio.

5. Homenagens ao Brasil 

Outro destaque foi a utilização de visuais com a bandeira do Brasil e do Cristo Redentor no telão! Mostrando, assim, que realmente ele havia pensado em algo que pudesse fazer de especial e diferente para seus fãs no Brasil.

Foto: Theo Skudra

Ah, e não podemos esquecer que ele afirmou que voltará ao país mais vezes, deixando seus fãs ainda mais ansiosos. Esperamos que da próxima vez o cantor possa fazer uma turnê pelo menos, né? E VÊ SE LIBERA A TRANSMISSÃO NA PRÓXIMA, DRAKE! 

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.