in ,

Entrevista: Trio PITAYAS fala sobre dinâmica em grupo, EP homônimo e próximo single

Trio foi uma das atrações do Festival da Diversidade que aconteceu em Brasília

Trio Pitayas (Leyllah Diva Black, Diego Martins e Reddy Allor) em Brasília - Foto: Divulgação
Trio Pitayas (Leyllah Diva Black, Diego Martins e Reddy Allor) em Brasília - Foto: Divulgação

Brasília recebeu, entre os dias 16 e 17 de julho, o “Festival da Diversidade”, evento LGBTQIAP+ que celebrou o Dia Internacional da Drag Queen, comemorado em 16 de julho. Além de artistas locais, o mega festival contou com shows de Pabllo Vittar, Grag Queen, Lia Clark e o trio PITAYAS.

Considerada uma importante forma de expressão de cultura LGBTQIAP+, a arte drag tem ganhado cada vez mais espaço no cenário musical mundial, tendo suas representantes brasileiras conquistado espaços até então nunca alcançados. Em uma conversa exclusiva, o Tracklist conversou com as campeãs do reality “Queen Stars Brasil”, a drag band PITAYAS, formada por Diego Martins, Leyllah Diva Black e Reddy Allor, que comentou sobre a atual fase como grupo pós reality e novos projetos.

Entrevista com PITAYAS

Tracklist: Bem-vindas à Brasília! E aí? Como foi esse primeiro show?

Diego: Está sendo tudo incrível, nós estávamos muito ansiosas para fazer esse show aqui, especificamente aqui em Brasília, no festival. A gente acabou de sair do palco e foi tudo! Foi tudo! A gente deixou nossa alma lá, nossa arte, para vocês, para vocês!

Tracklist: Bom, Dia Internacional da Drag Queen, e vocês são representantes dessa arte aqui no país, um país que a gente nem precisa comentar o que acontece diariamente. Como é estar no palco nesse dia tão importante?

Leyllah: É levar inspiração. Eu falo que a gente se montar, e colocar a nossa cara a tapa todos os dias para estar em cima do palco, sendo julgada, porque a gente é julgada sim, é um desafio, mas a gente sabe que a gente inspira muitas pessoas que estão lá embaixo a serem como nós estamos sendo. Então, esse é o motivo do orgulho de ser Drag Queen.

Trio PITAYAS no palco do Festival da Diversidade em Brasília - Foto: Divulgação
Trio PITAYAS no palco do Festival da Diversidade em Brasília – Foto: Divulgação

Tracklist: Vocês já estão há um tempo trabalhando juntas, como trio PITAYAS, e eu queria saber como tem funcionando essa dinâmica em grupo. Cada uma tem seu jeito, seu trabalho individual. Como tem fluído em conjunto?

Reddy: Exatamente. É um grande desafio desde sempre, levar nossa própria carreira como Drag Queen já é um grande desafio, e em trio onde são três personalidades completamente diferentes, três artes diferentes, é realmente desafiador, mas é muito bom porque tem muita evolução, sabe? A gente aprende demais o tempo todo, a gente aprende no placo, a gente aprende maquiagem, a gente aprende cabelo, a gente aprende tudo, assim. É realmente muito incrível! Eu moro um pouco mais longe das meninas, então existe esse desafio de estar juntas o tempo todo, da gente poder ensaiar juntas, mas estamos fazendo o possível pra tudo acontecer e tá sendo muito incrível.

Tracklist: Preciso confessar que eu estou muito viciado no EP de vocês, sei todas as músicas, de fato! Mas assim, eu tenho as minhas favoritas, mas eu queria saber se a gente já tem um próximo single. O que vocês podem adiantar para gente?

Diego: Quem bom que você gosta do EP! Nós amamos muito ele. Bom, a gente definiu sim o próximo single, que vai vir com o próximo clipe também, é uma das nossas músicas favoritas e eu acho que do pessoal também, né? Das pessoas que eu vejo também, porque as pessoas pedem muito. Qual é a sua?

Tracklist: “Chorei””!

Diego: Tá! Tá ok, ok!

Tracklist: Vocês entenderam, né?

Reddy: Ele quer tirar da gente!

Diego: É, ele quer, ele quer, ele quer, ele quer. Mas tá vindo muito aí. A gente tá trabalhando muito pra fazer acontecer.

Tracklist: Para a gente finalizar, eu queria saber o que as pessoas podem esperar das PITAYAS ainda esse ano, se vai começar a produção de um álbum, se a gente pode esperar singles novos, parcerias…

Reddy: Olha, podem esperar bastante coisa, a gente tá realmente lutando e trabalhando muito! Nunca trabalhamos tanto! Mas podem esperar porque estamos empenhadas!

Tracklist: É isso meninas! Obrigado pelo papo!

Leyllah: Nós que agradecemos o carinho de sempre!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

GIPHY App Key not set. Please check settings

    Loading…

    0