Tópicos abordados em protestos antirracistas se tornam músicas; confira
Protestos antirracistas
13 de junho de 2020 por Larissa Rhouse Santos Silva.

Os gritos de “no justice, no peace”, na tradução “sem justiça, sem paz”, vêm ecoando em protestos antirracistas em todo mundo. No geral, a fala mostra a necessidade de se discutir assuntos que muitas vezes são velados e, consequentemente, a importância de penalizar os culpados pela violência racial. 

Como já adiantamos AQUI, diversas estrelas da música têm usado sua influência a favor da causa. Essa semana, em especial, alguns cantores decidiram expandir a maneira que os temas são abordados, colocando-os em músicas! 

H.E.R. homenageia George Floyd 

Em sua participação no Living Room Concert, da iHeart Radio, a cantora H.E.R. apresentou a emocionante “I Can’t Breathe”. Em suma, a faixa é uma homenagem a George Floyd, um cidadão estadunidense preto que foi covardemente assassinado por um policial branco no último mês. Logo após lançamento, a cantora deu continuidade ao set que durou pouco mais de 40 minutos. 

Assista:

“Essa letra foi muito fácil de escrever, pois veio de uma conversa sobre o que está acontecendo no momento e sobre a mudança que precisamos ver. Acho que música é poderosa em se tratando de mudança e cura, e é por isso que eu escrevi essa música, para deixar uma marca na história”, comentou a cantora em relação a composição inspirada na série de protestos antirracistas

Lil Baby pede o fim dos abusos policiais 

Lil Baby, um dos principais nomes da nova geração de rappers, liberou a emblemática “The Bigger Picture” na última sexta-feira (12). A produção, que veio acompanhada por um vídeo com cenas das recentes manifestações em Atlanta, nos Estados Unidos, é uma forte crítica às ações policiais. 

Assista:

Nesse contexto, é indispensável citar que o artista também buscou relatar sobre a negligência do governo. Assim, além de citar sobre a violência armada e os problemas raciais que o país enfrenta, Lil Baby comentou sobre o recente esquecimento das autoridades com relação a COVID-19.

Ademais, o rapper ainda lembrou sobre a importância do voto e que nenhuma mudança acontece de uma hora para outra, mas precisam iniciar de algum lugar. 

Protestos antirracistas inspiram Leon Bridges e Terrace Martin 

A atual série de protestos antirracistas inspirou Leon Bridges e Terrace Martin a adiantar uma parceria que até então não tinha previsão de lançamento. Em “Sweeter”, os artistas mostram a angustiante perspectiva de um homem preto antes de ser assassinado

Ouça:

Em explicação, a letra foca na esperança que a vítima tinha em relação a uma vida melhor. Entretanto, ele nota que os anos sombrios continuam e que é “apenas uma história repetindo”. Causando mais comoção, Leon e Terrace ainda cantam sobre a dor de quem fica e a vontade de ter mais um dia. 

Leia também: Black Lives Matter: A importância do posicionamento e fortalecimento do movimento

Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.