red taylors version

Red (Taylor’s Version): 8 canções que queremos na regravação

Taylor Swift anunciou o lançamento da regravação para o dia 19 de novembro.

Por em 18 de junho de 2021

Dando sequência as regravações de seus seis primeiros álbuns, Taylor Swift anunciou, nesta sexta-feira (18), o lançamento do Red (Taylor’s Version) para o dia 19 de novembro.

A expectativa já era alta desde o lançamento da regravação do ‘Fearless’, que deu início a era dos relançamentos e levantou diversas dúvidas e questionamentos sobre qual seria o próximo álbum a ser relançado.

A fan base, que é acostumada com as diversas dicas e easter eggs deixados por Taylor de diferentes formas, já teorizava sobre o lançamento do Red (Taylor’s Version) há algum tempo. Seja por fotos, legendas ou entrevistas, os fãs sempre dão um jeito de encontrar alguma mensagem subliminar.

Agora, a espera está próxima do fim e, em cinco meses, os fãs vão poder escutar a nova versão do quarto álbum de estúdio de Taylor, que chega com um total de 30 faixas. Enquanto isso, relembre os principais feitos do álbum e manifeste as músicas que estarão presentes na nova versão, além da já confirmada e esperada versão estendida de ‘All Too Well‘.

Tudo sobre o álbum Red

O ‘Red‘ foi originalmente lançado no dia 22 de outubro de 2012, através da Big Machine Records. A versão deluxe do disco conta com mais de uma hora e meio de duração, reunindo um total de 22 faixas. Entre elas, estão alguns dos maiores sucessos da careira de Taylor Swift, como ‘22‘, ‘I Knew You Were Trouble‘, ‘We Are Never Ever Getting Back Together‘ e ‘All Too Well‘.

Diferente do antecessor ‘Speak Now, escrito inteiramente apenas por Taylor, para o ‘Red, a cantora se juntou com os produtores Max Martin e Shellback para tentar um som mais experimental e maduro. “Além das minhas composições, o disco teve outros colaboradores que trouxeram novas influências para mim. Assim, posso dizer que o som deste trabalho é mais experimental e está focado nas letras. Espero ter amadurecido”, contou durante entrevista na época.

Números, crítica e conquistas

O lead single ‘We Are Never Ever Getting Back Together‘ vendeu mais de 623 mil cópias em sua primeira semana, além de alcançar o topo do iTunes de mais de 25 países, incluindo os Estados Unidos, e atingir o primeiro lugar da Billboard Hot 100. No geral, o álbum também teve um ótimo desempenho comercial, fechando sua primeira semana com mais de 1,2 milhão de cópias vendidas.

O disco também agradou bastante a crítica especializada, que atribuiu críticas majoritariamente favoráveis ao trabalho. No Metacritic, a média do álbum foi de 77 pontos, com base em um total de 23 críticas. “Red é um grande álbum que alcança importância, cheio de canções pop bem construídas feitas por Taylor para duetos de quarto.”, escreveu o Los Angeles Times.

Quanto a premiações, há um ressentimento por parte dos fãs devido a falta de indicações ao Grammy (fato esse que pode mudar com a chegada da nova versão). Entretanto, o ‘Red‘ conquistou importantes prêmios em cerimônias como American Music Awards, na categoria de Melhor Álbum Country; e Billboard Music Awards, nas categorias Top Billboard 200 Álbum e Melhor Álbum Country.

Agora, o Red (Taylor’s Version) pode trazer para Taylor novas conquistas e reconhecimento, além do principal: devolver a ela os direitos autorais sobre seu próprio trabalho.

red taylors version
Foto: Reprodução/Instagram

8 músicas que queremos no Red (Taylor’s Version)

1. All Too Well (Extended Version)

A faixa ‘All Too Well‘ é uma das favoritas dos fãs, não só do Red, mas de todos os álbuns da cantora. A animação para a regravação da música já era grande, mas aumentou ainda mais após uma revelação de Taylor no podcast ‘500 Greatest Albums’, da revista Rolling Stone, em novembro de 2020.

A cantora relevou que a versão original da música possuía 10 minutos de duração, com 7 estrofes a mais que a versão que entrou no disco. Ela disse ainda que ‘All Too Well‘ começou como uma sessão improvisada no estúdio, que foi gravada por seu assistente e quando ela ouviu, gostou.

2. Better Man

Taylor apresentou a canção ao vivo no documentário Bluebird, de 2019. O longa conta um pouco da história dos grandes nomes da música que foram descobertos no café Bluebird, localizado em Nashville.

Em sua participação na produção, Swift canta a música escrita por ela para o grupo musical country Little Big Town, que nunca foi lançada oficialmente em uma versão estúdio na sua própria voz. Entretanto, o esperado é que a situação seja revertida com a chegada do Red (Taylor’s Version).

A faixa é uma das mais esperadas pelos fãs como parte das músicas From The Vault da regravação do disco.

3. Babe

Babe‘ é uma das canções descartadas durante o processo de produção do Red. O registro da faixa apareceu na ASCAP em 2013, mostrando Taylor e Pat Monahan como compositores.

Ainda em 2013, o vocalista da banda Train confirmou durante entrevista que havia trabalhado com Taylor Swift na música. “É uma música dela, eu apenas fui sortudo o suficiente para fazer parte.”.

red taylors version
Foto: Divulgação

4. I Bet You Think Of Me

A música não possui muitas informações divulgadas. Ela apareceu nos registros de Taylor em 2011 e creditava também a cantora e compositora Lori McKenna.

Acredita-se que ‘I Bet You Think Of Me‘ tenha feito parte do processo de criação do Red, pois Taylor e Lori trabalharam juntas em 2012, ano de lançamento do disco. Entretanto, nenhuma informação sobre a música foi divulgada, e não se sabe até mesmo se chegou a ser gravada.

5. Nothin’ New

Nothin’ New‘ é mais uma das faixas que nunca chegou a ser lançada. Em 2019, com o lançamento do álbum ‘Lover‘, Taylor contou rapidamente em uma página de diário a história da música.

A cantora escreveu que a canção fala sobre envelhecer e as coisas mudarem. Ela ainda escreveu um pedacinho da letra no refrão: “Como pode uma pessoa saber tudo aos 18 anos e nada aos 22? Você ainda vai me querer quando eu não for nenhuma novidade?”.

6. Safe & Sound

Safe & Sound‘ é um dos singles avulsos lançados durante a era Red. A canção conta com a parceria do duo The Civil Wars e faz parte da trilha sonora do filme Jogos Vorazes.

Além de ser muito querida pelos fãs, a faixa conquistou um Grammy na categoria Melhor Música Composta Para Obra Visual. Muitos torcem para que Taylor escolha incluir a canção no Red (Taylor’s Version), já que ela não faz parte de nenhum álbum da cantora.

7. Ronan

A canção é uma das mais emocionantes de toda a carreira de Taylor. ‘Ronan‘ é uma homenagem a Ronan Thompson, que faleceu devido a um câncer aos quatro anos de idade.

A cantora escreveu a música através do ponto de vista da mãe de Ronan, Maya Thompson, que é inclusive creditada como co-autora. Por tratar de um assunto sensível para Taylor, ela presentou a música ao vivo poucas vezes.

Mesmo assim, incluí-la na regravação do Red seria mais uma forma de homenagear Ronan e manter viva a sua história.

8. Parceria com Mark Foster

A música é mais uma das descartadas da tracklist final do Red. A faixa, sem título revelado, é um trabalho realizado em parceria com Mark Foster, vocalista da banda Foster Ther People, em 2012.

Em entrevista, o cantor revelou que eles haviam trabalhado juntos. ”Sim, nós escrevemos uma música juntos. É bem legal. Foi tudo meio que causal, tipo ‘vamos apenas ficar de boa’. Algo bem legal saiu dai, muito divertido escrever com ela. Ela é super talentosa!”.


Quais faixas do Red (Taylor’s Version) você está mais ansioso para ouvir? Conta pra gente no Twitter!


Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!