oops i did it again

21 anos de ‘Oops I Did It Again’; veja 21 destaques do álbum

Em comemoração aos 21 anos de ‘Oops!… I Did It Again’, separamos 21 destaques do álbum de Britney Spears

Por em 16 de maio de 2021

Oops I Did It Again, segundo álbum de estúdio de Britney Spears, completa 21 anos neste domingo (16/5). Com apenas 18 anos de idade, Britney se consolidou na indústria musical com o lançamento, repetindo o sucesso do disco de estreia Baby One More Time.

Por Isabela Berrogain e Mariana Alves

Leia também: It’s Britney, Bitch! Relembre 6 grandes feitos da artista

Em homenagem aos 21 anos de lançamento de Oops I Did It Again, separamos 21 destaques do álbum. Confira:

numero 1 billboard 200 (ficou em 2 lugar por 15 semanas consecutivas)

o álbum mais vendido de 2000

Nos primeiros sete dias após o lançamento, o álbum de 12 faixas vendeu 1,3 milhão de cópias nos Estados Unidos. De acordo com a Nielsen SoundScan, o número torna o compacto o segundo mais vendido na primeira semana por uma artista feminina (perdendo somente para o 25, de Adele). 

oops i did it again
Foto: Reprodução.

21 destaques de Oops I Did It Again

1. Single de estreia

Oops I Did It Again, faixa que leva o nome do disco, foi a escolhida para ser o single de estreia do trabalho e é, até hoje, um dos maiores sucessos da carreira de Britney. Em adição ao êxito da faixa, o videoclipe da música também marcou uma geração.

O enredo, idealizado por Brit, mostra um astronauta que se apaixona pela cantora, enquanto ela faz uma performance da música em Marte. Durante o vídeo, Spears e seu par romântico protagonizam um diálogo icônico, em que ele a presenteia com a joia ‘Coração do Oceano’, do filme Titanic. O macacão vermelho usado pela artista no clipe é um dos looks mais memoráveis de sua carreira, sendo reproduzido até hoje.

oops!... i did it again britney spears
Foto: Reprodução.

2. Britney e NASA

No aniversário de 20 anos do álbum, Britney e NASA protagonizaram uma troca de mensagens divertidas via Twitter, em referência ao clipe de Oops I Did It Again. “Hey NASA… Eu recebi seu presente. Eu sei que fazem 20 anos desde que nos conhecemos em Marte e eu só queria dizer.. aww você não deveria!!!! Divirta-se aí em cima”, escreveu a artista.

“Bom, olá, Britney Spears. Sim! Já arrumei minhas malas e estou quase pronto para voar em julho, aterrissando em Marte em fevereiro. Eu coletarei pedras para mandar de volta para uma futura missão, mas saiba que eu fui até lá e peguei elas por você”, respondeu a página do rover Perseverance, que embarcou para Marte em 2020.

O próprio perfil da NASA entrou na brincadeira publicando a frase: “Pode parecer uma paixão”, referência a um dos versos da canção.

3. Stronger

Após Oops I Did It Again, Stronger foi a faixa de maior sucesso do álbum, chegando ao 11° lugar da Billboard Hot 100. A música é vista como uma declaração de independência, contando a história de uma garota que decide terminar com o namorado após diversas traições.

No verso “My loneliness ain’t killing me no more” (“Minha solidão não está mais me matando”, em tradução ao português), Britney faz referência ao primeiro sucesso de sua carreira, Baby One More Time, em que canta “My loneliness is killing me” (“Minha solidão está me matando”).

4. Covers

Entre as faixas do álbum, encontram-se dois covers. O primeiro deles é uma versão pop do hit I Can’t Get No (Satisfaction), da banda Rolling Stones. Na época, Britney revelou, durante uma entrevista, que era fã do grupo. “Eu adoro os Rolling Stones. Quem não gosta? Minhas amigas e eu sempre ouvimos”, afirmou.

O segundo cover do disco é da música You Got It All, originalmente cantado pela banda The Jets. A faixa foi lançada como single promocional apenas na França e não está inclusa na tracklist original do álbum.

5. Performance no VMA 2000

No hall de performances icônicas de Britney no VMA, encontra-se a apresentação de 2000. Na edição, a artista cantou um medley de I Can’t Get No (Satisfaction) e o single Oops I Did It Again. Alguns anos depois, a Entertainment Weekly acrescentou a performance na lista de ‘melhores da década’.

6. Participação de Shania Twain

O álbum de Britney também contou com a participação de grandes estrelas da música. Don’t Let Me Be The Last To Know, último single do disco, foi escrito pela rainha do country pop Shania Twain.

7. Britney como compositora

Em Dear Diary, última faixa do álbum, Britney fez sua estreia como compositora. Na música, a artista fala sobre uma paixão secreta para seu “querido diário”.

8. Grammy

O disco rendeu à Britney duas indicações ao Grammy 2000: Melhor Álbum Pop Vocal e Melhor Performance Pop Vocal Feminina, pelo single homônimo. Infelizmente, a cantora não saiu vencedora de nenhuma das categorias.

9. Sucesso no Brasil

No início dos anos 2000, o programa Top 20 da MTV era um dos principais medidores das músicas de maior sucesso no Brasil. Com o lançamento do disco, Britney conquistou um feito inédito: manter videoclipes de diferentes álbuns na atração. Na semana de estreia, Oops I Did It Again foi o 5° clipe mais votado do Top 20, enquanto From The Bottom Of My Broken Heart, do Baby One More Time, foi o 18°.

10. Oops I Did It Again World Tour

A Oops I Did It Again World Tour foi a primeira turnê a nível mundial de Britney Spears. Durante a série de shows, a cantora visitou países da América do Norte, América do Sul e Europa, de junho de 2000 a janeiro de 2001. No total, Britney realizou 90 shows para um público estimado de 2 milhões de pessoas.

Foi durante esta turnê que a artista visitou o Brasil pela primeira vez, sendo uma das principais atrações da 3ª edição do Rock in Rio. Depois da visita, Britney só retornou ao país após 10 anos, na Femme Fatale Tour.

10.  Vendas da 1ª semana

Na época de seu lançamento, ‘Oops!… I Did It Again‘ quebrou o recorde de álbum feminino mais vendido em uma semana. As vendas totalizaram 1,319,193 milhões, sendo 539 mil cópias vendidas somente no primeiro dia.

O recorde foi quebrado apenas 15 anos depois, quando Adele lançou o álbum ‘25’ em 2015. Na ocasião, a cantora vendeu 3,38 milhões na primeira semana.

Foto: Reprodução

11. Álbum mais vendido de 2000

O disco se tornou um dos vendidos mais rapidamente da história. Na primeira semana 3,4 milhões de cópias foram vendidas mundialmente, 2,2 milhões na segunda semana e 1,2 milhões na terceira.

No final de 2000, o disco totalizou 16,3 milhões de cópias vendidas pelo mundo todo, se tornando o mais vendido daquele ano.

Foto: Reprodução

12. Billboard Hot 200

Na Billboard Hot 200, o segundo álbum de estúdio da cantora estreou na primeira posição. Na semana seguinte, caiu para o segundo lugar, onde permaneceu durante 15 semanas consecutivas.

Oops!… I Did It Again‘ totalizou 84 semanas no chart. Na lista de final do ano da Billboard Hot 200, Britney apareceu em 4º lugar com o disco, atrás de ‘No Strings Attached‘ do N’Sync, ‘Supernatural‘, de Santana e ‘The Marshall Mathers LP‘, do Eminem.

13. Billboard Hot 100

Já no chart que mede a popularidade das faixas, a música-título do disco alcançou a posição 9, enquanto ‘Stronger‘ fez sua aparição no 11º lugar.

Foto: Reprodução/YouTube

14. Metascore

Além do claro sucesso comercial, Britney também conseguiu conquistar a crítica especializada com o disco. No Metascore, do site Metacritic, a princesa do pop atingiu uma nota verde, com críticas em sua maioria positivas.

Às críticas de sites como AllMusic, CDNow e NME foram atribuídas nota 80, que com as demais, resultaram em 72 de média no Metascore. “Tem a mesma combinação de baladas docemente sentimentais e o dance-pop cativante que fez o Baby One More Time”, escreveu o AllMusic.

15. Por trás do álbum

Um dos responsáveis pelo sucesso de ‘Oops!… I Did It Again‘ foi o produtor Max Martin. Considerado um dos maiores produtores da música pop da atualidade, ele assinou a produção do álbum, além da composição de 6 das 12 faixas.

O seu trabalho em formar ídolos adolescentes acabou ajudando a desenvolver a carreira de Britney, e a produzir hits contagiantes que ganhavam o público.

Foto: Reprodução

16. Saturday Night Live

Em maio de 2000, Britney Spears participou do famoso programa Saturday Night Live, como apresentadora e atração musical. Na época, com 18 anos, ela se tornou a pessoa mais jovem a desempenhar essas duas funções em uma mesma aparição no programa.

Em sua participação, ela cantou duas músicas do ‘Oops!… I Did It Again‘, sendo elas o hit que dá nome ao álbum e ‘Don’t Let Me Be The Last To Know‘.

17. Britney in Hawaii

Pouco antes do lançamento do álbum, Britney viajou para o Havaí, onde gravou um especial de cerca de 1 hora para o canal FOX. O show foi gravado na praia e serviu como uma apresentação das faixas do novo álbum, além de contar também com performances de alguns de seus outros sucessos.

18. Desempenho mundial e certificados

Nos Estados Unidos, não demorou para que o álbum recebesse um certificado sétuplo de Platina pela venda de mais de 7 milhões de cópias.

Além disso, ele permaneceu 31 semanas no chart canadense oficial de álbuns, com estreia em primeiro lugar no Canadá por 95.275 cópias vendidas. Na lista ‘European Top 100’ , o disco estreou em 82 e logo alcançou a primeira posição.

Ela também liderou as paradas de países como França, Alemanha e Austrália.

19. Prêmios

Apesar de não ter levado os gramofones por suas indicações ao Grammy, Britney levou duas categorias no Billboard Music Awards de 2000.

Oops!… I Did It Again‘ ganhou os prêmios de álbum que quebrou mais recordes em 2000 e Álbum do Ano.

Foto: Reprodução

20. Vinil

Em 2020, como forma de comemoração dos 20 anos do disco, foi lançado pela Record Store Day um vinil versão especial. Neles estavam inclusos alguns remixes e, no Lado B, músicas raras que foram lançadas apenas fora dos Estados Unidos.

Foto: Divulgação

21. Impacto atual

Ainda hoje, 21 anos depois, o disco continua sendo um dos mais memoráveis dos anos 2000, além de ser um favorito dos fãs. Em 2016, em votação popular do site britânico Digital Spy, ‘Oops I Did It Again‘ foi considerado o melhor álbum do século XXI.

Em 2020, em uma lista Top 100 de melhores músicas de 2000 da Billboard, a faixa-título do álbum apareceu em 3º lugar, atrás apenas de ‘Bye Bye Bye‘ do N’Sync, e ‘Say My Name‘, do Destiny Childs, em 1º.

Foto: Divulgação

E aí, qual é a sua faixa preferida do Oops I Did It Again? Conta pra gente nas nossas redes sociais!


Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!