0092

Há 24 anos, nascia em Nashville, no estado americano do Tennessee, Miley Ray Cyrus. Registrada com o nome Destiny Hope Cyrus, a filha do famoso cantor country Billy Ray Cyrus já nasceu sob os holofotes. O sucesso comercial começou aos 13 anos, ao estrelar o seriado Hannah Montana, transmitido mundialmente pela Disney Channel.

Hoje, Miley está longe de ser a garota de peruca loira que conquistou o coração dos americanos. Mostrando total controle sobre seu corpo, voz e atos, Miley é um dos exemplo da atual juventude. Ela luta pelo que acredita, mesmo sendo duramente criticada por isso.

Como cantora, já lançou seis trabalhos: Meet Miley Cyrus (2007), Breakout (2008), The Time Of Our Lives (2009), Can’t Be Tamed (2010), Bangerz (2013) e Dead Petz (2015). Atualmente, é dona de uma das cadeiras da 11ª temporada do The Voice, e utiliza sua imagem para promover a The Happy Hippie Foundation, fundação que criou para ajudar LGBT’s em condição de abandono.

tumblr_odcvo1tdk21sv1v8lo2_500

 

A força do nome Miley Cyrus, apoiado por polêmicas e escândalos, muitas vezes consegue ocultar o talento da cantora. A popstar tem uma voz bastante grave, e um tom raríssimo, que costuma impor a personalidade da artista em qualquer música que ela cante. Um dos hobbies favoritos de Miley é fazer covers, onde ela pode mostrar a versatilidade de sua voz, e provar que não é apenas um amontoado de polêmicas.

No dia do aniversário da diva, o Tracklist mostra pra você os dez melhores covers já feitos pela Miley. Confira:

10. You’re Gonna Make Me Lonesome You (Original por Bob Dylan)
A música foi lançada por Bob Dylan em 1975, e regravada por Miley em 2012 para o álbum “Chimes of Freedom”, que teve seu faturamento doado a instituição humanitária Amnesty International. O cover recebeu críticas positivas, mesmo sendo lançado em um período conturbado da carreira da cantora.

9. Landslide (Original por Fleetwood Mac)
O clássico da banda britânica Fleetwood Mac foi lançado também em 1975, e se tornou um hino lésbico em 2011, após ser um dos temas de amor de Brittany e Santana no seriado “Glee”. Miley interpretou a faixa pela primeira vez em 2011, durante a “Gypsy Heart Tour”, e em 2014 a incluiu na setlist de alguns shows da “Bangerz Tour”.

8. Every Rose Has It’s Thorn (Original por Poison)
Gravada por Miley para o álbum “Can’t Be Tamed” de 2010, a música original é da banda de metal Poison, e foi lançada em 1988. A versão de Miley chegou a ser lançada como single promocional na Austrália durante a passagem da “Gypsy Heart Tour” pelo país em 2011.

7. No Freedom (Original por Dido)
Um dos covers mais tocantes já gravados por Miley é o da faixa “No Freedom”, escrita e lançada por Dido em 2013. Miley cantou a faixa durante a edição de 2015 da Backyard Sessions (“Sessões no quintal” em português), realizada para arrecadar fundos para a Happy Hippie Foundation. Diferente dos muitos outros covers de Miley, a versão original de “No Freedom” não foi um mega hit, mas Miley decidiu incluí-lo no projeto devido a letra da faixa. “Não há amor sem liberdade, não há liberdade sem amor”, canta.

A intérprete original, Dido, se sentiu prestigiada com a inclusão da música no projeto, e usou suas redes sociais para agradecer Miley.

6. Don’t Tell Me / We Can’t Stop (feat. Madonna) [Originais por Madonna e Miley]
O mashup de “Don’t Tell Me” gravado por Madonna para o álbum “Music” de 2000, com “We Can’t Stop” de 2013, foi um encontro de gerações. O dueto aconteceu durante o “MTV Unplugged” de Miley em 2014. O resultado final dividiu opiniões, mas apenas por ter Miley Cyrus e Madonna, dois dos nomes mais controversos de suas época, em cima do mesmo palco, já é motivo para estar na nossa lista.

5. Lilac Wine (Original por James Shelton)
Escrita por James Shelton em 1950, “Lilac Wine” ficou famosa nas vozes de Eartha Kitt em 1953 e Nina Simone em 1966. Miley gravou a faixa em 2012 durante a Backyard Sessions, sendo uma das faixas em que a voz da cantora aparece mais crua e bela. A performance conseguiu roubar o coração de muitas pessoas, incluindo o de Liam Hemsworth. Em entrevista, Miley contou que após assistir a gravação da performance de “Lilac Wine”, Liam se ajoelhou e a pediu em casamento.

4. Why’d You Only Call Me When You’re High? (Original por Arctic Monkeys)
Gravado durante o “MTV Unplugged” em 2014, a versão country de Miley Cyrus para o hino alternativo do Arctic Monkeys é tudo que você precisa assistir hoje. Matt Helders, baterista do Arctic Monkeys, contou a uma rádio australiana que a cover de “Why’d You Only Call Me When Your High?” feita por Miley Cyrus é a melhor versão já gravada por outro artista para uma música da banda. “Ela fez umas coisas ali que eu gostaria que a gente tivesse feito. Ela vai mais alto do que conseguimos com a voz”, contou.

3. Don’t Dream It’s Over (feat. Ariana Grande) [Original por Crowded House]
Vestidas com macacões de unicórnio e rato e em cima de um sofá de plástico, Miley Cyrus e Ariana Grande interpretaram a faixa “Don’t Dream It’s Over” para a Backyard Sessions de 2015. O dueto traz uma harmonia incrível entre as duas cantoras, que brincam, flertam e se divertem durante a performance. A maciez da voz de Ariana fica tão bem acompanhada da rouquidão do timbre de Cyrus, que é quase pecado as duas artistas não lançarem outras parcerias. O sucesso do cover foi tanto, que a faixa chegou a ser tocada em rádios pop brasileiras, como na Jovem Pan-FM.

2. Jolene (Original por Dolly Parton)
O segundo lugar da lista fica com o cover mais famoso de Miley. Jolene foi lançada Dolly Parton, madrinha de Miley, em 1973, e se tornou um dos maiores hits country de todos os tempos. A primeira vez que Miley performou a faixa foi em 2009, mas foi com o cover realizado para a Backyard Sessions de 2012 que Cyrus escreveu seu nome na história da canção.

O vídeo com a performance da música já está próximo das 100 milhões de execuções no YouTube. Pharrell Williams contou para a MTV que se convidou para trabalhar no “Bangerz” após assistir o cover da canção. Desde então, “Jolene” garantiu seu lugar na setlist dos shows de Miley, e, na próxima semana, será performado no palco do The Voice, em uma parceria entre Miley, Dolly Parton e The Pentatonix.

1. Summertime Sadness (Original por Lana Del Rey)
O primeiro lugar da lista vai para um daqueles covers em que o artista simplesmente rouba a música para ele. O que Miley Cyrus fez nos estúdios da BBC em 2013 com o hit de Lana Del Rey não foi um cover; foi uma versão própria. Cyrus pegou o hit alternativo de Lana e o transformou em um sexy e sofisticado hino country-folk, dando uma interpretação vocal que nem a artista original conseguiria. O resultado disso? O cover de Summertime Sadness é o número mais assistido da história do Live Lounge, com mais de 32 milhões de visualizações.

A lista de covers da Miley é extensa. Além das dez citadas no post, as versões da cantora para “50 Ways to Leave Your Lover”, “The Scientist” e “Hey Ya” também merecem destaque. E para você, qual dos covers listados é o seu favorito?

Comentários

Artista do mês Adele
Alguns direitos reservados / 2013 - 2016.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.