1 de março de 2016 por Isabella Zeminian.

Mais um Lollapalooza está se aproximando, e mais uma vez teremos a oportunidade de ver de perto alguns dos grandes nomes da música mundial em meio a vários destaques dos cenários alternativo e indie.

O Áutodromo de Interlagos, em São Paulo, receberá nos dias 12 e 13 de março atrações como Eminem, Florence + The Machine, Mumford & Sons e Jack Ü e promete nos presentear com mais uma grande edição do festival.

O Tracklist reuniu textos informativos sobre algumas das principais atrações do evento para você não ficar perdido durante o festival e não perder nada. Confira:

12 DE MARÇO
SÁBADO – PRIMEIRO DIA

EMINEM

Em 2016, a atração encarregada de encerrar o primeiro dia de Lollapalooza com chave de ouro será o lendário Eminem, um dos maiores artistas da história do rap.

Eminem trará a essência e a unidade do rap à alta potência no festival esse ano, e promete fazer o Autódromo de Interlagos delirar com hinos de sua toda sua carreira, desde as recentes “Rap God” e “The Monster” até as clássicas “Lose Yourself” e “‘Till I Collapse”, resultantes das tentativas do rapper de engrenar num gênero dominado por músicos negros e provar que a ausência ou o excesso de melanina não influenciam em nada quando o seu talento é maior que seus preconceitos.

Com um repertório variado e bem-organizado, auxiliado por lançamentos recentes como as faixas “Phenomenal” e “Kings Never Die”, extraídas da trilha sonora do filme “Nocaute”, e o álbum “The Marshall Matters LP2”, este será o primeiro show de Eminem desde novembro de 2014, quando o rapper se apresentou no The Concert For Valor com uma curta setlist de 4 músicas ao lado de Rihanna. Portanto, os fãs brasileiros podem esperar por possíveis novidades.


TAME IMPALA

Pela segunda vez em terras brasileiras, o Tame Impala trará ao Lollapalooza o ar da graça com suas apresentações inauditas e certamente inesquecíveis.

A banda australiana de rock psicodélico desta vez virá com um repertório maior do que 2013 – quando Kevin Parker e companhia fizeram dois shows em São Paulo e no Rio de Janeiro -, ampliado pelo lançamento do disco “Currents”, indicado ao Grammy de “Melhor Álbum de Música Alternativa”.

Esta será a grande oportunidade dos fãs brasileiros do grupo de contemplar uma setlist onde sucessos como “Feels Like We Only Go Backwards” roubam a cena em meio a faixas inéditas, mas já abraçadas por boa parte do público, como “Let It Happen” e “The Less I Know The Better”.


OF MONSTERS AND MEN

Aproximadamente 10 mil quilômetros dividem o Brasil e a graciosa Islândia, responsável por revelar artistas como Björk e Emiliana Torrini. Entretanto, a conexão que o Of Monsters And Men possui com o público brasileiro é capaz de destruir quaisquer distâncias.

O grupo islandês retorna ao Lollapalooza brasileiro pela segunda vez após apresentar-se na já longínqua edição de 2013, no Jockey Club de São Paulo, em um dos shows mais elogiados da ocasião. Desta vez, a banda liderada por Nanna Bryndís Hilmarsdóttir e Ragnar “Raggi” Þórhallsson virá para a divulgação do álbum “Beneath The Skin”, lançado no ano passado.

Embora boa parte da setlist venha a ser tomada por novas e bem-vindas canções como “Crystals” e “I Of The Storm”, é esperado que o quinteto apresente alguns dos grandiosos sucessos de seu álbum de estreia, “My Head Is An Animal”, como a vibrante “Little Talks” e a harmoniosa “King And Lionheart”.

Com um repertório renovado pela chegada de um novo disco cheio de refrões fortes e marcantes e instrumentais poderosos, o Of Monsters And Men prepara o seu terreno para uma das apresentações mais esperadas dessa edição, e tem tudo em sua mão para realizar um dos melhores shows do Lollapalooza de 2016.


MUMFORD AND SONS

Cinco meses podem fazer toda a diferença em uma banda, e parece que foi isso que aconteceu durante o hiato do Mumford & Sons. Após o grupo dominar as listas de discos mais vendidos e conquistar um dos prêmios mais cobiçados da indústria fonográfica, o Grammy de “Álbum do Ano” pelo primoroso “Babel”, com uma combinação de banjos, contrabaixos, guitarras ressonadoras, bandolins e violões extremamente bem-sucedida, os ingleses abandonaram o indie folk que os consagraram e partiram rumo ao rock alternativo da tradicional reunião de baixo, bateria e guitarra.

Com “Wilder Mind”, o terceiro álbum de estúdio da banda de Marcus Mumford, o quarteto britânico passou por uma renovação completa, abandonando os instrumentos acústicos de “I Will Wait” e “The Cave” no passado e dando espaço a solos de guitarra ambiciosos, como em “Tompkins Square Park” e “Believe”. Embora os gêneros tenham sido alterados, a qualidade do trabalho parece ter sido mantida.

Pela primeira vez em terras brasileiras, o Mumford & Sons trará ao Lollapalooza a variação musical que precisávamos: uma apresentação que transita do banjo à guitarra como nenhuma outra, sempre com a mesma energia e dedicação. Com uma setlist que vai da calmaria de “Ghosts That We Knew” até o caos de “The Wolf”, a banda londrina promete trazer uns dos shows mais arrojados dessa edição do festival.


KASKADE

Já é tradição do Lollapalooza compôr um esquadrão de grandes DJs do cenário da dance music e da música eletrônica anualmente. Depois de extasiar o público com atrações como Calvin Harris, Major Lazer e Skrillex – que retornará esse ano ao lado de Diplo como o duo Jack Ü – em 2015, o festival reuniu artistas renomados de ambos os gêneros para a edição de 2016, assim como Kaskade.

Após se destacar em grandes festivais e quebrar diversos recordes – como o de primeiro DJ a estabelecer residência em Las Vegas e de o primeiro artista solo de música eletrônica a lotar o Staples Center e o Barclays Center, ginásios esportivos localizados em Los Angeles e em Nova Iorque, respectivamente, ambos com ocupação de cerca de 18 mil pessoas – Kaskade promete sobrecarregar o Lollapalooza e trazer ao público brasileiro uma amostra da vanguarda do EDM norte-americano.

O DJ americano, responsável por produzir remixes de cantoras de renome como Beyoncé e Lana Del Rey, trará novas batidas em sua coleção de faixas, extraídas diretamente de seu novo álbum “Automatic”, lançado em setembro de 2015, e promete trazer diversas novidades em relação a suas últimas apresentações no Brasil.

Kaskade se apresenta no Lollapalooza no dia 12 de março, e promete realizar um dos shows mais eletrizantes dessa edição.

O Lollapalooza ainda contará com vários outras atrações de destaque em seu primeiro dia, assim como Die Antwoord, Marina And The Diamonds – que retorna após ter cancelado seu show no Lollapalooza de 2015 de última hora -, Cold War Kids, Bad Religion, Halsey, Eagles Of Death Metal, Supercombo, Vintage Trouble, Matanza, Dônica, entre tantos outros. Confira a nossa página dedicada ao Lollapalooza 2016 para conhecer um pouco mais sobre alguma das outras atrações que foram citadas nas outras categorias do nosso especial, clique aqui para ser redirecionado ou acesse tracklist.com.br/lolla2016.


13 DE MARÇO
DOMINGO –
SEGUNDO DIA

FLORENCE + THE MACHINE

Nesse ano, o grande encerramento do Lollapalooza está por conta do Florence + The Machine, banda liderada pela cantora Florence Welch que vem sendo pedida pelos fãs brasileiros desde sua última passagem pelo Brasil.

O grupo britânico, que já provou do calor e da simpatia do público brasileiro no passado – durante sua passagem em janeiro de 2012 por São Paulo, Rio de Janeiro e Florianópolis e na segunda noite da edição de 2013 do Rock In Rio, onde se apresentaram para uma multidão de cerca de 85 mil pessoas ao lado de nomes como Muse, Thirty Seconds To Mars e Capital Inicial – volta ao nosso país com um repertório ainda maior e com uma Florence ainda mais espetacular e mais confiante em seus vocais e um The Machine ainda mais potente em seus instrumentais.

O novo disco do grupo, “How Big, How Blue, How Beautiful”, demonstra a reimaginação e a reformulação de Florence Welch, nos apresentando canções poderosas e com alma, perfeitas para apresentações ao vivo. Faixas poderosas como “Ship To Wreck” e “What Kind Of Man” parecem colorir o restante do espectro do Florence + The Machine em meio a uma setlist com músicas  enérgicas como “Spectrum” e “Shake It Out” e trazer ainda mais vida a um show que consegue equilibrar a vivacidade e a desesperança com maestria.


ALABAMA SHAKES

Num cenário musical atulhado de padrões e ausente de originalidade, o Alabama Shakes conquistou o seu brilho próprio combinando musicalidades espaciais e uma mescla interessante de rock, soul e blues, engrandecidas pela voz icástica de Brittany Howard e pelo êxito incontestável do grupo em sua ambição de  unir diversos gêneros discordantes entre si.

Com variados intentos e engenhos, o Alabama Shakes chega ao Lollapalooza como uma das atrações mais heterogêneas e aguardadas do festival, trazendo consigo um show singular e díspar de qualquer outro clichê da atual música alternativa, alavancado pela alta voltagem do mais recente trabalho do grupo, “Sound & Color”, concorrente ao Grammy de “Álbum do Ano”.

Os fiéis fãs da banda podem aguardar ansiosamente por uma amostra da magnificência que a combinação do poder da voz de Brittany Howard – a principal peça do tabuleiro que mantém a alma do Alabama Shakes acesa e vivaz – e os potentes e hipnotizantes instrumentais do quarteto trazem, principalmente em faixas como “Future People”, “Dunes” e as arrasa-quarteirões “Don’t Wanna Fight” e “Hold On”, dois dos maiores sucessos da carreira do grupo.

O Alabama Shakes trará ao Lollapalooza a verdadeira demonstração da união equilibrada de instrumentos espalhafatosamente imponentes e uma voz timidamente monumental.


JACK Ü

No ano passado, o Lollapalooza contou com um alto escalão do EDM, trazendo diversos artistas da elite do gênero que acabaram se destacando entre as principais atrações do festival, como Skrillex, um dos mais aclamados nomes do atual mundo do dubstep. Em 2016, Sonny John Moore retorna ao Autódromo de Interlagos pela terceira vez com a companhia do consagrado produtor Diplo, dono de músicas como “Be Right There” e criador do trio Major Lazer, como o duo Jack Ü, que mesmo novo no cenário musical, já conquistou boa parte do público e reconhecimento da crítica.

Juntos, Skrillex e Diplo produziram sucessos estrondosos, como “Where Are Ü Now”, parceria com o cantor Justin Bieber, e “Take Ü There”, com vocais de Kiesza. A combinação de forças da dupla apenas trouxe benefícios ao público amante de música eletrônica, que ainda rendeu hinos poderosas e enérgicas como “Febreze” e “Beats Knockin”. Tais faixas, combinadas com os grandes hits de Skrillex e Diplo, como “Make It Bun Dem” e “Lean On” – produzida com o Major Lazer em parceria com DJ Snake -, apenas fazem a ansiosidade por uma apresentação calorosa e colossal aumentar.

Skrillex e Diplo já estão acostumados com a alta voltagem de um público de Lollapalooza, uma vez que ambos já realizaram apresentações na edição brasileira do festival. Enquanto o canadense liderou a enorme multidão do Palco Onix, Wesley Pentz se apresentou para um público específico num Palco Perry lotado.

Com um repertório de peso a dupla promete liderar um esquadrão de EDM no festival com membros como Zedd, Kaskade, Vintage Trouble e ODESZA.


NOEL GALLAGHER’S HIGH FLYING BIRDS

Após anos órfãos do fim do Oasis, finalmente os fãs da banda poderão reviver os grandes clássicos do britpop. Com o projeto solo Noel Gallagher’s High Flying Birds, o ex-guitarrista do lendário grupo britânico vem à edição brasileira do Lollapalooza com um enorme público a seu dispôr.

Enquanto a sonoridade do Oasis não poderia sair de certos padrões estabelecidos pela própria banda, Noel Gallagher viaja por diversas musicalidades em seu projeto solo – estas que prometem se encontrar e tornar sua apresentação no Autódromo de Interlagos multifária e memorável. Ademais, presenciar clássicos como “Champagne Supernova” e “Don’t Look Back In Anger” ao mesmo tempo que reverenciamos novidades tão diferentes e tão fervorosas quanto os sucessos monumentais dos tempos de Oasis, tais como a energia de “In The Heat Of The Moment” e o space jazz de “The Right Stuff”, é o sonho de qualquer pessoa que aprecie o trabalho sem precendentes de Gallagher.

Noel não é nenhum novato em território brasileiro e reconhece a unidade do apaixonado público latino-americano. O cantor, que já realizou apresentações no Brasil junto com o Oasis em 1998, 2006 e 2009 e no Rock In Rio de 2001 e com o High Flying Birds em 2012, vem pela sexta vez ao nosso país, e promete, desta vez, trazer um repertório ainda maior com o lançamento do disco “Chasing Yesterday”, repleto de faixas colossais que renderam ao inglês o prêmio de “Álbum do Ano” pela revista britânica Q Magazine.


SNOOP DOGG

O Lollapalooza reuniu, para sua edição de 2016, grandes nomes da vanguarda do rap na tentativa de disseminar um gênero não tão comum entre o público do festival. Para isso, o evento chamou Snoop Dogg, um dos rappers mais populares da atualidade.

O californiano, que gravou o videoclipe da faixa “Beautiful” no Rio de Janeiro em 2002 e se apresentou para grandes públicos de festivais, tal como em 2011, no já extinto SWU realizado em Paulínia, retorna ao Brasil com diversas novidades em sua bagagem. Com um repertório reforçado pelo recém-lançado “Bush”, repleto de canções que mostram porque Snoop Dogg se tornou um dos grandes nomes da cultura popular dessa década, como “Peaches N Cream”, que conta com a participação de Charlie Wilson, e “California Roll”, parceria com o colossal Stevie Wonder.

Snoop Dogg possui uma setlist recheada de sucessos, partindo de faixas como “Drop It Like It’s Hot” até hits incontestáveis como “Young, Wild & Free”, que conta com a participação especial de Wiz Khalifa e Bruno Mars. Tais músicas, combinadas com a veemência do público brasileiro – que resultou na canção “Obrigado, Brasil” em parceria com Marcelo D2 -, alimentam a promessa de uma das apresentações mais icônicas dessa edição do Lollapalooza.


O Lollapalooza Brasil 2016 acontece nos dias 12 e 13 de março, no Autódromo de Interlagos. Os ingressos podem ser adquiridos por aqui e o line up por dia você confere aqui.

O Tracklist é embaixador oficial do festival, por isso não deixe de todas as novidades e o nosso especial: Tracklist.com.br/Lolla2016

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.