Ele voltou! Justin Bieber lançou recentemente o seu quinto álbum de estúdio, intitulado Changes – na última sexta-feira (14/02). Um dia após isto, no sábado (15), o cantor deu uma longa entrevista bem intimista ao apresentador Zane Lowe, da Apple Music.

Neste bate-papo, Justin citou sua esposa Hailey Bieber, a sua já declarada fã Billie Eilish, além de falar indiretamente de Selena Gomez. Polêmico, hein? Outros pontos abordados pela voz de “Yummy” foi o cancelamento da sua turnê em 2017 e como foi para fazer novas músicas.

Confira esses 5 assuntos comentados por Justin:

O seu casamento com Hailey Baldwin

Eu tenho a melhor esposa do mundo. Ela me apoia muito. Estou realmente honrado de ser seu marido e eu apenas… Sim. Há mais por vir. Quero dizer, quero continuar escrevendo sobre o que parece ser… Este é um álbum que escrevi no primeiro ano do nosso casamento, por isso é tão novo. Há muito mais para aprender sobre comprometimento, construção de confiança e fundamento. Estou ansioso para continuar a construir e fazer músicas que reflitam isso.

Acho que estou empolgado com isso, mas sou tipo, tem muito mais. Há níveis muito mais profundos que estou animado para ir, o que é divertido. Isso me dá algo pelo que esperar. Eu acho que no passado, eu estava tão envolvido com todas as coisas ruins da minha vida que eu não consegui demorar um segundo e realmente apreciar todas as pequenas coisas. Sim, estou empolgado. Vai ser bom”.

Justin falando indiretamente de Selena Gomez

“Antes disso, no meu antigo relacionamento, eu fiquei louco e estava sendo imprudente. Então dessa vez eu tomei um tempo para focar em mim mesmo, em tentar fazer decisões certas e tudo mais. E, sim, eu melhorei”.

O cancelamento da turnê de 2017

“Eu estava realmente cansado emocionalmente, fisicamente, e estava doente e não percebi que estava doente. Eu tinha o Epstein-Barr, que é chamado Mono. E depois eu tenho a doença de Lyme. Então foi isso, era só o cansaço de estar apenas em turnê, e por fim era tudo isso junto, para ser sincero”.

Justin em fazer novas músicas

“Acho que, novamente, eu estava lidando com muito medo, muito apenas… estava com medo, naquele momento, apenas do processo. Sobre o que vou falar novamente? Será que serei recebido? Estou começando a me comparar com outros artistas. Acho que quando subi ao palco com Ariana Grande, vi a reação de como as pessoas reagiram quando subi. Isso me deu uma espécie de impulso de confiança e me lembrou porque fazia tanto tempo desde que eu estava no palco, apenas me lembrou o que… Oh, é isso que eu faço. E eu não preciso fugir disso. Eu estava… eu estava fugindo. Acho que muitos de nós precisamos aceitar isso, quando algo está difícil”.

A relação com Billie Eilish

“Sim, eu definitivamente me sinto protetora dela. Foi difícil para mim, ser tão jovem, estar no setor e não saber para onde me virar, e todo mundo dizendo que te ama, e apenas virar as costas para você em um segundo. É difícil porque eu quero que ela saiba que pode contar comigo, mas no final do dia, eu não quero… Eu nunca vou me forçar a ter um relacionamento com ela. Tem que ser natural, certo? Eu meio que a deixo fazer as coisas dela. Se ela precisar de mim, eu vou estar aqui para ela. Apenas protegendo esses momentos porque as pessoas tomam como certo, encontros. Eu só quero protegê-la. Não quero que ela passe por nada que passei. Se ela precisar de mim, estou a um telefonema”.

Confira o vídeo completo da entrevista:

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.