Após passar por uma semana não muito movimentada de lançamentos na indústria fonográfica, as paradas musicais americana e britânica não sofreram grandes alterações em relação às suas tabelas de singles — situação esta que, assim como de praxe, parece se inverter quando o assunto é a lista de álbuns — com exceção de uma tal parceria.

“Side To Side”, mais recente música de trabalho de Ariana Grande produzida em colaboração com Nicki Minaj, conseguiu atingir um novo pico na parada americana após passar semanas ganhando e perdendo posições na tabela. A canção já é o mais bem-sucedido single de ambas as cantoras na Billboard Hot 100 em dois anos, quando alcançaram a terceira colocação da tabela com a megaparceria “Bang Bang”, de Jessie J.

Em questão de álbuns, a situação mantém-se bastante inconstante. Enquanto nos Estados Unidos o grupo de rap A Tribe Called Quest garantiu o topo desta semana com o último trabalho de estúdio de sua carreira, o duplo “We Got It From Here… Thank You 4 Your Service”, o cantor britânico Olly Murs conquistou a primeira posição na tabela de discos de sua terra natal pela quarta vez com o recém-lançado “24 HRS”.

Já o duo Rae Sremmurd e o grupo Clean Bandit permanecem no topo da Billboard Hot 100 e do Official Charts, respectivamente, pela segunda semana consecutiva com os seus mais recentes singles, enquanto outros artistas tentam correr por fora a fim de assegurar novos picos.

BILLBOARD
ESTADOS UNIDOS

Assim como já era esperado, “Black Beatles”, sucesso do Rae Sremmurd com Gucci Mane, assegurou mais uma semana no topo da parada americana de singles. A canção, que novamente superou os grandes números de The Chainsmokers e Halsey com “Closer”, registrou 154 mil downloads, 24 milhões de pontos em airplay e 54,1 milhões de streams (marca esta que é a maior da tabela desde a semana de lançamento de “Hello”, de Adele), melhorando ainda mais os seus próprios percentuais.

Com a maioria das músicas entre as primeiras colocações estacionadas, o grande destaque desta atualização da Billboard Hot 100 fica por conta do surpreendente crescimento de “Side To Side”, parceria de Ariana Grande com Nicki Minaj. A faixa, que registrou um aumento de três posições, agora ocupa o quarto lugar após alcançar as marcas de 51 mil vendas digitais, 16,8 milhões de streams e 97 milhões de reproduções em rádio ao longo da última semana, tornando-se assim o primeiro single de “Dangerous Woman” a figurar entre os cinco primeiros postos da lista.

O avanço de “Side To Side” também provocou algumas quedas de posições na tabela. Foi o caso de “Let Me Love You”, de DJ Snake e Justin Bieber, que abandona as cinco primeiras posições da lista pela primeira vez desde o início de outubro, e “Heathens”, do Twenty One Pilots, que passa do quarto para o quinto lugar da lista.

Confira as dez primeiras posições da Billboard Hot 100:

1. “Black Beatles”, Rae Sremmurd e Gucci Mane (-)
2. “Closer”, The Chainsmokers e Halsey (-)
3. “Starboy”, The Weeknd e Daft Punk (-)
4. “Side To Side”, Ariana Grande e Nicki Minaj (7–4)
5. “Heathens”, Twenty One Pilots (4–5)
6. “24K Magic”, Bruno Mars (-)
7. “Let Me Love You”, DJ Snake e Justin Bieber (5–7)
8. “Juju On That Beat (TZ Anthem)”, Zay Hilfigerrr e Zayion McCall (-)
9. “Broccoli”, D.R.A.M. e Lil Yachty (-)
10. “Don’t Wanna Know”, Maroon 5 e Kendrick Lamar (-)

Apesar da situação não se refletir na Billboard Hot 100, a parada americana de discos ganhou novos nomes em suas primeiras colocações, mesmo que em pequena quantidade. É o caso de “We Got It From Here… Thank You 4 Your Service”, último trabalho de estúdio da carreira do A Tribe Called Quest que debuta no topo da tabela com 135 mil cópias comercializadas nos Estados Unidos, e “57th & 9th”, novo álbum do Sting que estreia na nona posição.

“We Got It From Here… Thank You 4 Your Service” é o primeiro álbum do A Tribe Called Quest a alcançar a posição de maior prestígio da Billboard 200 em mais de vinte anos. A última vez que o grupo alcançou tal feito foi em agosto de 1996 com “Beats, Rhymes And Lifes”

A morte de Leonard Cohen também foi sentida entre as primeiras colocações da tabela. O último disco lançado pelo cantor, “You Want It Darker”, registrou um crescimento de 197% em vendas, subindo para o sétimo lugar. Entretanto, este não é o único trabalho do cantor a marcar grandes aumentos de vendas, uma vez que sua coletânea de sucessos também escalou boa parte da lista para chegar à 13ª colocação.

Em uma das semanas com menos lançamentos entre as primeiras posições no ano, a Billboard 200 contou com diversos títulos antigos assumindo alguns de seus lugares de destaque. Entre eles, é possível ressaltar “Views”, sucesso de vendas de Drake, “SremmLife 2”, do Rae Sremmurd, e o especial natalino “A Pentatonix Christmas”, do Pentatonix, além também das trilhas sonoras da animação “Trolls” e da peça “Hamilton”.

Com isso, as dez primeiras colocações da Billboard 200 são ocupadas da seguinte maneira:

1. “We Got It From Here… Thank You 4 Your Service”, A Tribe Called Quest (*)
2. “A Pentatonix Christmas”, Pentatonix (4–2)
3. “Trolls (Original Motion Pitcure Soundtrack)”, trilha sonora de “Trolls” (-)
4. “SremmLife 2”, Rae Sremmurd (5–4)
5. “Views”, Drake (8–5)
6. “Hamilton (Original Broadway Cast Recording)”, elenco de “Hamilton” (9–6)
7. “You Want It Darker”, Leonard Cohen (48–7)
8. “Collage”, The Chainsmokers (6–8)
9. “57th & 9th”, Sting (*)
10. “Suicide Squad: The Album”, trilha sonora de “Esquadrão Suicida” (12–10)

OFFICIAL CHARTS
REINO UNIDO

Tal como as previsões de vendagem britânicas indicavam, o Clean Bandit assume o topo da tabela de singles por mais uma atualização com “Rockabye”, colaboração com Sean Paul e Anne-Marie. A parceria registrou 76 mil pontos nos critérios da lista baseados nas suas médias de streams e downloads (que atingiram as marcas de 4.18 milhões e 34,4 mil respectivamente ao longo da última semana) e assim contiveram o crescimento de James Arthur, que desbancou o Little Mix na segunda colocação.

A principal surpresa entre as primeiras posições da tabela é o estrondoso pulo de “Black Beatles”, do Rae Sremmurd com Gucci Mane, que subiu 32 casas para chegar à quarta colocação. É esperado ainda que a canção volte a registrar novos crescimentos nas próximas atualizações da lista, podendo até mesmo ocupar o topo do Official Charts.

Entre as outras 90 colocações que complementam a tabela, encontram-se novos singles como “On Hold”, faixa inédita do The xx que estreou no 38ª lugar, “Famous”, mais recente música de trabalho de Nathan Skyes que escalou mais de 30 posições na última atualização, entre vários outros lançamentos.

Descubra quais são as dez músicas melhor posicionadas na parada britânica de singles:

1. “Rockabye”, Clean Bandit com Sean Paul e Anne-Marie (-)
2. “Say You Won’t Let Go”, James Arthur (3–2)
3. “Shout Out To My Ex”, Little Mix (2–3)
4. “Black Beatles”, Rae Sremmurd e Gucci Mane (36–4)
5. “Starboy”, The Weeknd e Daft Punk (4–5)
6. “Sexual”, NEIKED (-)
7. “24K Magic”, Bruno Mars (5–7)
8. “Don’t Wanna Know”, Maroon 5 e Kendrick Lamar (7–8)
9. “Closer”, The Chainsmokers e Halsey (8–9)
10. “Starving”, Hailee Steinfeld com Grey e Zedd (9–10)

Apesar de ter registrado grandes aumentos na parada de singles com “Grow Up”, Olly Murs se destaca mesmo com o lançamento de seu novo álbum de estúdio, “24 HRS”, que garantiu ao cantor uma estreia no topo da tabela de discos.

Com o grande desempenho comercial de “24 HRS” no Reino Unido, Olly Murs torna-se o ex-integrante da edição local do “The X Factor” mais bem-sucedido nas paradas britânicas ao lado do One Direction, ambos com quatro trabalhos que chegaram ao topo da tabela de discos

Esta é a quarta vez seguida que Olly consegue estrear no topo da parada de álbuns do Reino Unido. O seu mais recente disco registrou 58 mil unidades físicas e digitais vendidas ao todo e teve a primeira posição ameaçada por “Long Live The Angels”, mais recente disco de Emeli Sandé que estreou na segunda colocação da lista e manteve percentuais próximos aos de “24 HRS”.

Além de Murs, outros nomes que se sobressaíram na lista são “Just… Fabulous Rock ’n’ Roll”, novo trabalho de Cliff Richard que estreou na quarta colocação, “Together”, álbum conjunto de Michael Ball e Alfie Boe que assegurou seu lugar entre as três primeiras posições da tabela, e “You Want It Darker”, que retorna aos destaques da tabela após a morte de Leonard Cohen, confirmada na última semana.

Se nos Estados Unidos o novo disco do A Tribe Called Quest estreou na primeira posição, do outro lado do oceano a situação é diferente, uma vez que o grupo aparece apenas no 26º lugar. Outro trabalho que não cumpriu as expectativas de vendas na terra da Rainha foi “Unfinished Business”, de Nathan Skyes, que nesta semana assume a 11ª colocação.

Confira as dez primeiras posições da tabela britânica de discos:

1. “24 HRS”, Olly Murs (*)
2. “Long Live The Angels”, Emeli Sandé (*)
3. “Together”, Michael Ball e Alfie Boe (2–3)
4. “Just… Fabulous Rock ’n’ Roll”, Cliff Richard (*)
5. “The Wonder Of You”, Elvis Presley (3–5)
6. “The Heavy Entertainment Show”, Robbie Williams (1–6)
7. “You Want It Darker”, Leonard Cohen (29–7)
8. “Nobody But Me”, Michael Bublé (4–8)
9. “Back From The Edge”, James Arthur (6–9)
10. “Christmas”, Michael Bublé (7–10)

Comentários

Alguns direitos reservados / 2013 - 2016.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.