A divulgação de Lover não para! Nesta segunda-feira (02/09), Taylor Swift esteve presente no programa Live Lounge, da BBC Radio 1. A equipe da rádio foi até Nova Iorque gravar com a cantora. É o poder, hein? E lá, além de ter batido um papo com a apresentadora Clara Amfo, ela também apresentou uma setlist com seis músicas.

Ver essa foto no Instagram

#R1LiveLoungeMonth starts in New York with the incredible @taylorswift ✨

Uma publicação compartilhada por BBC Radio 1 (@bbcradio1) em

Uma das surpresas foi a aparição de “Holy Ground”, do álbum Red, em sua setlist. A música é uma das favoritas dos fãs e geralmente não é apresentada com frequência por Taylor. Os Swifities amaram tanto a novidade que fizeram a canção parar nos trending topics do Twitter.

“Eu estava pensando em cantar uma música que faz referência a Nova York e refazê-la de uma maneira que talvez não tenha sido ouvida originalmente. Há uma música chamada ‘Holy Ground’ e os fãs têm sido maravilhosos com essa música. Eu queria reimaginar ela e ver se vocês gostavam”, disse Taylor.

As outras canções foram: “London Boy”, “Lover”, “The Archer” — todas em versões acústicas, “You Need To Calm Down” e um cover de “Can’t Stop Loving You”, do Phil Colins.

Vale lembrar que está foi a primeira apresentação ao vivo da canção “London Boy”, marcando o seu debut. Ouça a participação completa de Taylor Swift no Live Lounge neste link aqui! (A parte dela começa a partir das 2:00:00).

Performances de Taylor no Live Lounge

Confira a seguir os vídeos completos da performance de Taylor Swift no Live Lounge da BBC Radio 1:

“London Boy”

“Holy Ground”

“Lover”

“The Archer”

“You Need To Calm Down”

“Can’t Stop Loving You”

Taylor Swift debuta em #1 com Lover

Taylor Swift conseguiu bater o seu próprio recorde, e tem a maior semana de todos os álbuns com o seu disco Lover. A última grande abertura havia sido em 2017 com o Reputation, também da cantora.

Desse jeito, não é surpresa nenhuma que Taylor debutou em primeiro lugar do chart Billboard 200. No total, Lover vendeu 867.000 unidades nos Estados Unidos, das quais 679.000 foram em vendas de álbuns e 175.000 em streamings.

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.