in ,

Lollapalooza Brasil 2022: relembre o que rolou no festival

Diversos acontecimentos marcaram os três dias de festival

lollapalooza
Foto: Divulgação

Um final de semana foi pouco para a galera que acompanhou o Lollapalooza Brasil 2022. Eventos como parcerias inéditas, mensagens políticas, solidariedade e a perda de Taylor Hawkins, baterista do Foo Fighters, dois dias antes da apresentação da banda no festival, marcaram a edição.

Relembre alguns dos acontecimentos mais marcantes do Lollapalooza Brasil 2022 a seguir.

Leia mais: LADY LESTE: Gloria Groove leva turnê para Lollapalooza

Lollapalooza Brasil 2022: o que rolou no festival?

Fortes chuvas interrompem shows

Para manter a tradição, as chuvas atrapalharam alguns shows que ocorriam na tarde de sexta-feira (25) e domingo (27). Após alguns minutos paralisado para a segurança dos fãs presentes, o festival seguiu normalmente com pequenos atrasos.

Em todos os dias ocorreram pequenas precipitações, que não diminuíram a animação da galera.

Artistas do rap nacional e internacional se destacam na lineup do Lollapalooza

Desmistificando ser um festival dedicado à música alternativa, o Lollapalooza trouxe nesta edição grandes nomes do rap nacional e internacional. 

No primeiro dia de evento, Matuê, estreante no Lolla, levantou uma multidão cantando seus maiores sucessos. Mais tarde, no mesmo dia, Jack Harlow convidou L7NNON, cantando “Freio da Blazer”. 

Emicida e A$AP Rocky comandaram a segunda noite do festival. No palco Adidas, no terceiro dia, Djonga comandou mosh pits

Na noite em que Foo Fighters se apresentaria, Emicida convidou os rappers Mano Brown, Criolo, Ice Cube, Bivolt, Drik Barbosa, Rael, DJ Nyack e DJ KL Jay para uma homenagem a Taylor Hawkins.

Artistas se manifestam contra Bolsonaro e pedem que jovens regularizem o título de eleitor

Nos três dias de evento, diversos artistas nacionais e internacionais se manifestaram contra o atual presidente da república, Jair Bolsonaro. Entre os principais, estavam Pabllo Vittar, Emicida, Fresno e Djonga.

Os músicos também pediram para que os jovens com mais de 16 anos tirassem o título e regularizassem sua situação para as eleições deste ano.

Após as críticas, o Partido Liberal (PL), de Bolsonaro, enviou uma denúncia ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que proibiu manifestações políticas durante os shows do Lollapalooza, sob pena de multa de R$50 mil. Entretanto, a medida não foi validada após o partido errar o CNPJ do festival.

 Alessia Cara canta em português em show no Lollapalooza

Alessia Cara surpreendeu o público ao demonstrar desenvoltura ao falar português. Além de arriscar um teatrinho e conversar com o público, a cantora canadense cantou sucessos de João Gilberto e Djavan, além de dividir palco com Jão.

Anitta canta com Miley Cyrus no segundo dia de Lollapalooza Brasil 2022

Anitta e Miley cantaram “Boys Don’t Cry” juntas no sábado (26). As duas rebolaram e agitaram o público, que enlouqueceu com a parceria.

Miley rasgou elogios a brasileira: “Obrigado, Anitta. Eu amo essa música nova. Eu acabei de receber a artista número um do mundo no meu palco”, disse a ex-Hannah Montana.

Kehlani convida Iza e Ludmilla para show no palco Adidas

Quem esteve presente no show da Kehlani no domingo (27) se surpreendeu com as convidadas especiais da cantora norte-americana. A artista chamou Ludmilla e Iza para uma participação especial, e as brasileiras deram um show no palco Adidas.

Com Ludmilla, a cantora norte-americana cantou “Verdinha”, sucesso da brasileira.

Kehalni também convidou Iza, que cantou “Dona de Mim”:

Artistas fazem homenagem a Taylor Hawkins no Lollapalooza

Após a trágica morte de Taylor Hawkins, na sexta-feira (25), alguns artistas prestaram homenagens ao baterista do Foo Fighters. No domingo (27), Emicida comandou um tributo ao músico que, com a presença de convidados, cantaram “My Hero”.

Confira todas as homenagens.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

GIPHY App Key not set. Please check settings

    Loading…

    0