18 de maio de 2019 por Larissa Rhouse Santos Silva.

Na manhã da última sexta-feira (17/05), as tags “Juntos e Shallow Now” e “#MorreUmaEstrela” deram o que falar no Twitter!

Tudo começou quando um trecho de “Juntos”, parceria de Paula Fernandes e Luan Santana, foi divulgado. A curta releitura da aclamada “Shallow” não agradou os brasileiros que transformaram a frase, imediatamente, em meme.

Visualizar esta foto no Instagram.

Juntos e Shallow Now! Recebam, em primeira mão, o refrão de “Juntos”, a versão de Paula Fernandes e Luan Santana para o super hit “Shallow” de Lady Gaga e Bradley Cooper! A releitura escrita pela mineira e aprovada pela Mother Monster chega às plataformas digitais neste domingo (19)! “Juntos” integrará o novo DVD de Paula, “Origens”, a ser gravado em 12 de junho! Luan cantará juntinho dela na ocasião… Já quero muita química igual no Oscar! Kkkkkk Saiba todos os detalhes da gravação, veja as performances de Luan e Paula para o hino original de Gaga e relembre outra versão de uma diva internacional feita pela brasileira, clicando no link na minha bio ou no destaque “News” (Video: @paulafernandes)

Uma publicação compartilhada por Hugo Gloss (@hugogloss) em

Lista de 10 releituras feitas por artistas brasileiros

Com data de lançamento para amanhã (19/05), “Juntos” não foi a primeira – e, provavelmente, não será a última -, regravação feita por artistas brasileiros. Confira, a seguir, 10 músicas que marcaram gerações e são originalmente internacionais. Vamos “Juntos e Shallow Now”:

1° “Astronauta de Mármore” – Nenhum de Nós

Quem diria que uma releitura faria tanto sucesso? Até hoje não se sabe de onde surgiu o nome “Astronauta de Mármore”, mas a versão brasileira da música foi reconhecida até pelo dono da faixa, David Bowie.

2° “Borbulhas de Amor” – Fagner

“Quem dera ser um peixe. Para em teu límpido aquário mergulhar. Fazer borbulhas de amor pra te encantar”. A música “Borbulhas de amor”, que era interpretada por Fagner, é uma versão adaptada de “Borbujas de Amor”, do cantor Juan Luis Guerra.

3° “Eva” – Rádio Taxi

“Minha pequena Eva (Eva), o nosso amor na última astronave (Eva). Além do infinito eu vou voar. Sozinho com você”. Lançado nos anos 80 pelo Rádio Taxi, o clássico é a tradução de uma canção italiana de Umberto Tozzi.  

4° “Imortal” – Sandy & Júnior

Um dos maiores sucessos da dupla Sandy & Júnior, a música “Imortal” é uma versão de “Immortally”, single de Celine Dion em parceria com Bee Gees.

“Diz para Mim” – Gusttavo Lima

O cantor Gusttavo Lima deu o que falar em 2014. Regravando um dos maiores sucessos da cantora Pink, o sertanejo lançou “Diz para Mim”, versão brasileira de “Just Give me a Reason”.

6° “Vou de táxi” – Angélica

Quando escutamos a frase “Vou de táxi”, é impossível não completar com: “’cê’ sabe, ‘tava’ morrendo de saudade. Mas nem lembro uh uh. Do teu nome uh uh”. A música, famosa na voz da Angélica, é uma releitura de “Joe le taxi”, da francesa Vanessa Paradis.

7° “Não se vá” – Jane & Herondy

Outro sucesso francês que foi regravado por brasileiros foi “Tu t’en vas”. A música original de Alain Barrière e Noëlle Cordier, se transformou no sucesso atemporal “Não se vá”.

8° “Sufocado” – Zezé DiCamargo & Luciano

Nem mesmo Zezé DiCamargo & Luciano escaparam dessa lista! O hit “Sufocado” é uma tradução de “Drowning”, dos Backstreet Boys. “Sempre que eu respiro é por você e te amar me faz sofrer. Baby, hoje eu vivo sufocado em minha dor”.

“A dor desse amor” – KLB

E quem não se emocionou com a romântica balada “A dor desse amor”, do KLB? Gravada no ano 2000, a música pertence, na verdade, ao grupo porto-riquenho Son by Four.

10° “Porque Tocou Meu Coração” – Calcinha Preta

Agora, se você pensa que só músicas ocidentais ganharam sua versão brasileira está enganado. “Because I’m a Girl”, do grupo de K-pop Kiss, se tornou, cinco anos depois, a canção “Porque Tocou Meu Coração”, do Calcinha Preta.

Então, “Juntos e Shallow Now” é a releitura mais surpreende ou alguma outra te impressionou mais?

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.