5 de julho de 2019 por Andressa Gonçalves.

Jason Derulo está de volta! O cantor e compositor americano se reuniu com o porto-riqueno Farruko em um single que promete animar o verão americano. “Mamacita” é o nome da parceria inédita entre os dois. Ela vinha sendo anunciada nas redes sociais de Derulo desde junho:

Quem gostou dos hits “Swalla” e “Wiggle” provavelmente vai gostar de “Mamacita” também. Já que as três faixas compartilham um ritmo muito parecido. A música é bem dançante e, até o momento, veio acompanhada de um lyric video. Ainda não foram divulgadas informações sobre um possível clipe oficial. Contudo, a música em si já está disponível para streaming nas principais plataoformas:

Jason Derulo fala sobre a indústria musical

Em entrevista recente à Esquire Middle East, Jason Derulo revelou informações importantes. Dentre elas, que seu próximo álbum sairá ainda em 2019. Ele não deu mais informações sobre datas específicas ou nomes, mas afirmou que este é o “ano certo para isso”.

O disco será o primeiro álbum novo do artista em um período de quase quatro anos. O mais recente, até então, havia sido “Everything Is 4” (2015).

Na mesma ocasião, Derulo falou também sobre as dificuldades na indústria musical:

A indústria musical é muito difícil. Há muita pressão, muita negatividade. Acho que como seres humanos, nós sempre notamos os negativos mais que os positivos, mesmo que os positivos superem os negativos. Eu olho ao redor para outros artistas e vejo eles se acabando e isso sempre confunde minha mente. Ter pessoas ao meu redor, me ajudam a me manter com os pés no chão e, por isso, em um espaço otimista. Eu cresci com esses caras, eles são os meus meninos, e ajuda tê-los sempre aqui comigo.”

Derulo, que também tem uma abordagem mais pessoal na composição de suas músicas, sendo a maioria delas baseada em experiências pessoais, continou, contando também que:

A maioria das pessoas parece pensar que demonstrar emoções é um sinal de fraqueza, que a melhor maneira de ser ‘forte’ é construir paredes. Para mim, é o contrário, os homens mais fortes são aqueles capazes de se emocionar, e ter conversas reais sobre eles mesmos e os caminhos que eles seguem. Eu não acho que tenha nenhuma parede, mas eu tenho escrito músicas desde que eu tinha oito anos de idade, então talvez eu seja um caso raro!

Leia Também: Jason Derulo posta vídeo dançando “Vai Malandra”; assista

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.