27 de fevereiro de 2020 por Fernando Marques.

por Fernando Marques e Gabriel Haguiô

Chegamos ao décimo primeiro post de nossa série, cada vez mais perto do grande festival que é o Lollapalooza Brasil. Não vamos mentir, já estamos começando a ficar com saudades. 

Nesta matéria vamos falar sobre Rita Ora, Kacey Musgraves, Rex Orange County, Madeon e Chris Lake. Só elite, hein?! Então vamos lá…

RITA ORA

São mais de 2.5 BILHÕES de streams apenas no Spotify. Rita Ora é um dos grandes nomes da Inglaterra e que chega ao Brasil em seu auge. Um dos melhores momentos na carreira da cantora que vem batalhando por seu lugar ao sol desde 2012. 

Seus primeiros trabalhos já chamavam a atenção pela potência vocal e qualidade na produção. Hot Right Now foi sua primeira música de grande sucesso, abrindo portas que Rita não esperava que fossem se abrir tão cedo. O drum ‘n’ bass acelerado de Hot Right Now não impediu que ela navegasse por sons mais lentos. 

Encontrando sua sonoridade e a consolidando com o disco Phoenix de 2018, Rita consolidou seu lugar no Pop Britânico e vem ao Brasil com uma apresentação que promete encher os olhos e agitar o autódromo de Interlagos.

KACEY MUSGRAVES

Fruto dos recentes encontros entre o country e o pop, as músicas de Kacey Musgraves seguem conquistando corações mundo afora – e em 2020, a América Latina poderá, pela primeira vez, prestigiar seu trabalho ao vivo e em cores. Em abril, a cantora texana se apresenta no Autódromo de Interlagos como uma das grandes revelações da indústria nos últimos anos, reunindo cada vez mais fãs e prêmios.

Kacey começou cedo sua carreira, abrindo shows para o Lady Antebellum e lançando dois discos de incontestável sucesso crítico e comercial, “Same Trailer Different Park” (2013) e “Pageant Material” (2015). Entretanto, a americana alcançou patamares inéditos com a chegada de “Golden Hour” (2018), disco de renome e influência instantâneos no cenário musical e faturou quatro Grammys, incluindo o de “Álbum do Ano”.

Com um leque de hits leves e pegajosos, a cantora promete fazer um dos shows mais marcantes do próximo Lollapalooza, que dará fim às grandes expectativas cultivadas ao longo dos últimos anos. A espera certamente valerá a pena.

REX ORANGE COUNTY

Alexander O’Connor, mais conhecido por seu nome de palco, Rex Orange County, como iniciar a apresentação deste prodígio de apenas 21 anos. Chega até a ser estranho escrever esse texto sendo dois anos mais velho que ele. Brincadeiras a parte, o inglês vem dominando os palcos por onde passa por seu carisma e claro, sua música.

É impossível definir um ponto alto de uma carreira que está apenas iniciando, mas se podemos dizer isso, um dos grandes feitos foi a parceria com Tyler, The Creator no disco Flower Boy, onde Alex escreveu e cantou em duas canções. São mais de 1 bilhão de streams apenas no Spotify. 

MADEON

Uma das grandes atrações desta edição do festival. Difícil mesmo é não encontrar elogios para o francês Hugo. Mais conhecido como Madeon, chega ao Brasil pela segunda vez e promete fazer história após o seu novo e aclamado disco Good Faith.

Hugo começou sua carreira muito jovem e seu primeiro disco, Adventure, foi um grande sucesso na cena eletrônica. Seguindo os passos de Rufus du Sol, Porter Robinson e ODESZA, Madeon tem um estilo único que transita harmonicamente entre o passado e o futuro. 

Madeon inclusive é um dos responsáveis pelo novo disco de Lady Gaga. Pouca responsa para um jovem de 25 anos, certo? Infelizmente, nem tudo são flores, a turnê de Hugo, Good Faith Live, chegará ao Brasil em formato de DJ Set. Mas se engana quem acha que perderá o encanto apenas por esse detalhe, esse com certeza será um dos melhores shows do festival!

CHRIS LAKE

A lenda da House Music chega ao palco do Lollapalooza Brasil. Chris Lake soma mais de 500 milhões de streams em todas as plataformas, indicado ao Grammy, sua própria gravadora e o que podemos chamar de toque de Midas para ajudar artistas que estão em processo de crescimento.

Além dos grandes hits “Boneless”, “Turn off the lights” e “Delirium”, Chris trabalhou também na curadoria da HOWSLA. O compilado de House da gigantesca OWSLA, gravadora do também lendário Skrillex.

Chris chega ao Brasil com o status de lenda viva e um dos grandes nomes da House Music atual. Show imperdível.

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.