Efeito Taylor Swift: como a cantora movimenta mercados

Tendo um grande peso em seu nome, o efeito Taylor Swift vai além do seu meio […]

Por em 23 de dezembro de 2020

Tendo um grande peso em seu nome, o efeito Taylor Swift vai além do seu meio musical, atingindo e movendo mercados. A cantora é uma das maiores referências quando se trata de impacto comercial e influência artística.

Separamos alguns dos efeitos na qual a participação da artista foi essencial!

Taylor Swift e a criação de superestrelas

Em 2018, o E! News pontuou a importância dos atos de aberturas nos shows de Taylor Swift como primordiais para a construção das carreiras de novos artistas.

Foto: reprodução/ Instagram

Camila Cabello

Nos shows da Reputation Stadium Tour, Camila foi uma das cantoras que abriram os shows. Logo, em seu início de carreira, Cabello pôde, a partir da mentoria de Taylor, administrar sua recente carreira solo e, assim, poder vivenciar ainda que cedo a emoção de comandar um palco para milhões de pessoas em uma turnê mundial.

Charli XCX

Juntamente com Camila Cabello, a intérprete de “Fancy” também foi uma das artistas que se apresentaram no ato de abertura da Reputation Stadium Tour. Isto é, ela, ao se apresentar diante uma mar de pessoas e sob supervisão de Taylor, soube absorver os conselhos profissionais compartilhados por quem está nas estradas há bastante tempo.

Ed Sheeran

A colaboração na “Everything Has Changed” entre a dupla já obteve a Ed um grande impacto, mas quando o britânico foi convidado para participar como ato de abertura durante a Red Tour em 2013, a oportunidade alavancar sua música nos EUA foi maior.

Embora fosse bastante conhecido no Reino Unido, a chance de garantir popularidade em território americano foi se tornando maior conforme suas apresentações nos palcos da turnê da amiga. Em 2014, Ed disse em uma entrevista à Nightline:

A mesma coisa que a Taylor me disse foi a coisa que Pharrell me disse, e a mesma coisa que Chris Martin disse: Mantenha-se sempre humilde, evolua constantemente e seja uma esponja, absorva suas influências.

Shawn Mendes

Também como um ato de abertura por um mês durante a 1989 Tour, o canadense compartilhou com Taylor o nervosismo que estava tomando conta do seu corpo. Sendo assim, o interprete de “Mercy” revelou o conselhou dado a ele pela artista.

‘Lembre-se de que todos vieram aqui para se divertir. Isso não é como um The Voice, ninguém está te julgando ou avaliando você de 0 a 10.’ Às vezes é a coisa mais simples que muda toda sua mentalidade e eu lembro do segundo que ela disse que foi o melhor show de toda a turnê.

Afinal, o cantor aprendeu muito com Taylor, levando essa aprendizagem para o resto de sua vida.

Eu levo isso comigo não importa o que eu esteja fazendo, seja uma entrevista ou uma performance ou algo assim

Aaron Dessner: parceria com Taylor Swift em Folklore

A participação do guitarrista da banda The National na produção do álbum surpresa de Taylor, o Folklore, rendeu 11 das 16 músicas presente no 8º disco da loirinha. Assim, durante a pandemia, as inspirações musicais criadas por Aaron resultaram nas canções de sucesso do Folklore.

Em publicação no Instagram, o músico agradeceu à Taylor pela colaboração feita no álbum e pela confiança que a cantora teve durante todo o processo de criação por Aaron.

Estou muito orgulhoso de todas essas músicas e profundamente grato à Taylor por me convidar e confiar em mim em seu processo. Ela é uma das artistas mais talentosas, trabalhadoras e preocupadas que já encontrei. Há uma humanidade palpável, calor e emoção tão crua nessas músicas, que eu espero que vocês as amem e sejam consolados tanto quanto eu.

Publicação completa:

As pesquisas no Google pelo nome de Aaron Dessner após a parceria com Taylor também esteve destaque. De acordo com o Google Trends, o nome do integrante de The National teve um aumento repentino em países como Nova Zelândia, Singapura, Canadá, Estados Unidos e Irlanda.

Olive Garden

Na faixa “no body, no crime” do álbum evermore, a menção ao restaurante Olive Garden no trecho “Este wasn’t there Tuesday night at Olive Garden” (“Este não estava lá no Olive Garden na terça-feira à noite”) gerou um engajamento em volta do estabelecimento.

Dessa forma, em reconhecimento ao feito na letra da música, Gene Lee, o CEO da Darden Restaurants (operadora de vários restaurantes americanos), agradeceu à Taylor nas teleconferências da empresa.

Apenas pensem no que aconteceu semana passada depois que Taylor Swift lançou a música com Olive Garden na letra, e como fomos capazes de capturar isso socialmente e criar um buzz em volta do assunto. Quando Taylor Swift cita nosso nome em uma música, nossa marca se torna muito, muito relevante.

Em entrevista a revista Entertainment Weekly, Taylor revelou que escolheu citar Olive Garden na letra após Este Haim, em resposta à cantora, falar sobre o seu restaurante favorito.

Então, nas redes sociais, as integrantes de HAIM compartilharam um vídeo ouvindo a música enquanto comiam Olive Garden.

Taylor Swift: influência nos mercados e na política

O pedido de Taylor Swift em seu Instagram e no American Music Awards 2018 foi respondido. Segundo o site Vote.org, foram contabilizados mais de mais de 300 mil novos eleitores nos estados para as eleições daquele ano.

Sendo assim, nas primeiras 24 horas após a publicação de Taylor, mais de 65 mil pessoas haviam se registrado e logo após a aparição no AMA, o pico voltou a subir. Foram 364 mil novos votantes em apenas 3 dias.

Efeito Taylor Swift na moda

Em maio deste ano, a cantora postou uma selfie usando uma camisa floral, o que resultou no esgotamento da coleção das peças apenas em dois dias. Aliás, a foto rara que causou alvoroço nas vendas da peça da marca R13 é mais um efeito de Taylor que envolve além de sua música, seu estilo.

O impacto virou matéria na revista People, que chegou a descrever o look como casual:

O look de botões é casual, descolado e peculiar o suficiente para ser um grampo do verão. Pois, Swift provou posar com os raios do sol brilhando diretamente para ela.

A vestimenta custava 300 doláres, que convertidos ao real são R$ 1.700 reais.

taylor swift efeito mercado
Foto: reprodução/ Instagram

Efeito Taylor Swift também no esporte

A partir de uma pesquisa feita pelo administrador da conta “Timão Dados” no Twitter, foi constatado que há uma relação entre o Corinthians e a cantora. Assim, os dados levantados apontam que o timão nunca perdeu nas partidas que antecederam, ou sucederam, os lançamentos de álbuns de estúdio da artista.

Logo, o surgimento dessa inédita informação obteve destaque na mídia internacional. A BBC inglesa elaborou uma matéria sobre o tema e alguns outros veículos como a ESPN americana também replicaram o assunto.

O clube, após vitória contra o São Paulo chegou a convidar a Miss Americana para participar do desfile de carnaval da agremiação da Gaviões da Fiel.

Taylor Swift, nós te esperamos no nosso carnaval

Portanto, seguindo a lógica dos dados obtidos, a artista vêm abençoando o tradicional time há mais de 10 anos. Sendo então, um verdadeiro amuleto para o clube brasileiro de futebol!


Você concorda que Taylor Swift movimenta os mais diversos mercados? Comente nas nossas redes sociais!


Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!