Cigarettes After Sex divulga seu segundo álbum, “Cry”; ouça o disco

Se com o primeiro disco o Cigarettes After Sex consolidou seu som dentro do indie, o […]

Por em 25 de outubro de 2019

Se com o primeiro disco o Cigarettes After Sex consolidou seu som dentro do indie, o novo álbum veio para continuar esse caminho. “Cry”, trabalho inédito da banda que sucede o debut de 2017, segue o estilo ambient pop já conhecido do grupo.

Com nove faixas ao todo, “Cry” traz composições semelhantes das do primeiro CD, como dito pelo próprio vocalista Greg Gonzalez. De acordo com o cantor, o disco carrega letras autobiográficas sobre relacionamentos passados — implícitas e explícitas sobre os tópicos abordados.

Até o momento, o álbum recebeu críticas positivas por parte da crítica. No Metacritic, por exemplo, o trabalho está com média de 72 pontos, com oito resenhas contabilizadas. Já o jornal The Independent elogiou Gonzalez pela composições sobre “as várias formas de amor”, e deu quatro estrelas de cinco.

As letras do Cigarettes After Sex são o ponto mais criticado

Além disso, seja de forma positiva ou negativa, as letras das novas faixas são o ponto mais abordado pelas resenhas que saíram até então. Para o jornal The Guardian, Greg falhou em evoluir liricamente com “Cry”:

“A falha de Gonzalez em evoluir com as letras é mais do que um problema. Ele disse que o segundo álbum é autobiográfico, sugerindo que o cantor está chafurdando mais do que o convencional para alguém nos seus 30 anos. Sua escrita ainda parece com a de um homem que não tem um filtro – não em um bom sentido”.

Contudo, a resenha complementa que é possível perdoar as composições caso o público focar nas melodias lo-fi e dream pop do Cigarettes. E apesar das opiniões mistas, é possível que “Cry” conquiste as graças da público assim como o primeiro álbum de 2017.

Pelo Instagram, a banda anunciou as datas de sua turnê pela Europa. Ainda não se sabe se o Cigarettes fará shows no Brasil para promover o disco inédito, mas vale lembrar que os músicos já vieram ao país em 2017 e agosto deste ano.


Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!