“Fearless (Taylor’s Version)” alcança o topo da Billboard 200 e Taylor Swift empata com Madonna

Com nove álbuns emplacados em primeiro lugar na parada, a cantora norte-americana agora divide o posto com Madonna

Por em 19 de abril de 2021

Com 10 dias de lançamento, o décimo álbum de estúdio de Taylor Swift se juntou à lista de suas obras que alcançaram primeiro lugar na Billboard 200. Mas o disco conquistou mais um feito: “Fearless (Taylor’s Version)” bateu mais um recorde e ficou lado a lado com Madonna na parada norte-americana.

Foto: Divulgação

Recordes de Taylor Swift e Madonna na Billboard 200

A rainha do pop também tem nove álbuns emplacados no topo da parada norte-americana. Atualmente, ambas se encontram em segundo lugar, ficando atrás somente da cantora e compositora Barbra Streisand.

Além de Taylor Swift estar lado a lado à Madonna na Billboard 200, o álbum também fez com que a cantora ultrapassasse Michael Jackson e agora é a terceira maior artista em semanas, 52 no total, no topo da parada. Taylor Swift também acumula o título de primeira regravação a estrear em primeiro lugar na Billboard 200 e isso parece ser só o começo, já que a cantora prometeu regravar toda a sua discografia até “Reputation” após polêmica com empresário Scooter Braun.

“Fearless (Taylor’s Version)” é um compilado de regravações de músicas presentes em seu segundo disco lançado originalmente em 2008, como os hits “You Belong With Me” e “Love Story”, além de faixas inéditas que foram descartadas da primeira versão. Apesar dos fãs já conhecerem a maioria das músicas, o álbum está sendo muito bem recepcionado pelo público e pela mídia, colocando Taylor em destaque nas principais paradas musicais, como também vendendo mais de um milhão de cópias em sua primeira semana de lançamento.

Taylor Swift X Scooter Braun: o que aconteceu?

Scooter Braun é muito conhecido por ser o empresário de grandes nomes da música pop, como Justin Bieber, Demi Lovato e Ariana Grande, e agora também é dono da Big Machine Label Group, primeira gravadora de Taylor
Swift. A cantora estava nessa gravadora desde 2006 e chegou a gravar todos os seus álbuns até “Reputation” com eles, mudando para a Universal Music Group em novembro de 2018.

Taylor Swift Scooter Braun

As gravações originais dos projetos de Taylor continuaram sob os direitos de sua antiga gravadora e o problema surgiu quando a empresa foi vendida por US $300 milhões à Ithaca Holdings, que tem como proprietário Scooter Braun que já esteve envolvido indiretamente em outras polêmicas com a cantora.

Leia mais: Comprar os masters de Taylor Swift foi um péssimo negócio para Scooter; veja as provas


Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!