BBB 21: relembre 4 paredões marcantes do programa

Altos índices de audiência e rejeição marcam edição histórica

Por em 3 de maio de 2021

Que o Big Brother Brasil é um jogo dinâmico, todo mundo sabe. Um dia a gente ama, outro dia a gente odeia, e assim se constroem as narrativas dos brothers e sisters que estão lá dentro. E dentro do BBB, quem dita as regras do andamento do jogo é o famoso paredão. Como diria o apresentador Tiago Leifert: “fuja dos paredões” para ir longe na dinâmica do BBB 21!

Só que nem sempre dá para fugir do paredão. Uma vez que o participante cai na berlinda, a decisão de ele permanecer ou não na disputa está nas mãos do público. 

Porém, é interessante ressaltar que após a eliminação, os participantes deixam as divergências de lado e se acolhem neste momento difícil, que mexe com os ânimos e as estruturas de todos os envolvidos. No final das contas, o que realmente importa é que todos sejam bem-vindos e sejam livres para mostrarem suas emoções – valores que a Amstel prega e acredita. Vale lembrar que Amstel é uma cerveja puro malte nascida em Amsterdã, cidade conhecida por abraçar a diversidade e deixar as pessoas à vontade para serem quem elas são. 

Falando em emoção, o BBB 21 rendeu uma chuva de sentimentos para os brothers e para o público. Nesta edição, fomos contemplados com uma série de paredões emocionantes. Alguns uniram os votos em expressivas rejeições e outros, no entanto, foram acirrados e causaram surpresa. Quer relembrar os paredões mais marcantes da temporada? Fica por aqui que a gente te conta!

Leia também: BBB 21: relembre 3 momentos emocionantes do programa

4 paredões marcantes do BBB 21

1) Nego Di, Sarah e Fiuk (Nego Di saiu com 98,76%)

No começo desta edição, um grupo grande se formou e desagradou o público de forma rápida. Encabeçados por Karol Conká, Projota e Nego Di, o grupo excluiu Lucas Penteado, que desistiu do programa logo no início de sua participação, e gerou revolta do público.

Diante destes acontecimentos, parecia impossível que o grupo hegemônico encarasse um paredão, justamente por serem maioria na casa. Porém, na terceira semana de jogo, Nego Di caiu no paredão, e seu índice de rejeição era dado como certo para quem estava aqui fora. 

Sarah foi indicada ao paredão pela líder Karol Conká e contragolpeou chamando Nego Di para encará-la na berlinda. O terceiro nome para compor a formação foi Fiuk, o mais votado pela casa. Com 98,76%, Nego Di foi eliminado, causando surpresa na casa e euforia no público. Foi o começo do declínio geral do grupo hegemônico. 

Foto: Reprodução/Globo

2) Karol, Arthur e Gilberto (Karol saiu com 99,17%)

Já que é pra tombar… Karol tombou com gosto, levando para casa a maior rejeição da história do BBB mundial. Tida como a grande vilã da edição, principalmente depois de inúmeras humilhações causadas a Lucas Penteado e à Carla Diaz, Conká parecia querida e temida pelos companheiros de confinamento, que disseram a enxergar na final do programa diversas vezes. Para o público, no entanto, Karol gerou revolta e sua eliminação era questão de tempo.

Indicada pela líder Sarah, Karol não teve a chance de participar da prova Bate e Volta, que já tinha a livrado de um paredão na segunda semana. Sendo assim, disputou a berlinda com Arthur e Gilberto, que receberam 0,54% e 0,29% da votação do público, respectivamente. O segundo, inclusive, recebeu o menor percentual de votação na história de um participante do programa.

Foto: Reprodução/Globo

3) Carla Diaz, Fiuk e Rodolffo (Carla saiu com 44,96%)

Um dos paredões mais marcantes do BBB 21 foi também o mais acirrado da edição. Nele, Carla Diaz deixou a casa, surpreendendo grande parte do público. Emparedada com Fiuk, por terem sido os primeiros a abandonar a prova do líder, e Rodolffo (indicação do líder Gilberto), Carla foi a escolhida para deixar o programa com 44,96%, apenas 0,5% de diferença para Rodolffo, o segundo mais votado.

Pouco antes, na edição, Carla tinha deixado a casa em um paredão falso, que a garantiu o direito de assistir aos confinados por dois dias. Suas ações, ao retornar para os brothers, deixaram o público infeliz, uma vez que esperavam que ela rompesse com Arthur, o que não aconteceu. Pelo contrário, a atriz pediu o crossfiteiro em namoro, e recebeu uma eliminação em troca. 

Foto: Reprodução/Globo

4) Camilla de Lucas, Gilberto e Juliette (Gilberto saiu com 50,87%)

O pódio da grande maioria do público se desfez no último paredão do BBB 21. Após a vitória em uma prova de resistência, Fiuk garantiu sua vaga na grande final, acarretando na disputa entre Camilla de Lucas, Gil e Juliette pela permanência na casa. 

O resultado foi apertado: Gilberto saiu com 50,87% dos votos, enquanto Camilla recebeu 47,65%. Já Juliette recebeu apenas 1,48% dos votos. O paredão mexeu com os ânimos do público, já que os três são participantes queridos e com grandes torcidas aqui fora. 

Foto: Reprodução/Globo

Apesar do dia de eliminação ser sempre um momento de tensão para confinados e telespectadores, também é quando os brothers deixam as divergências do jogo de lado e entendem que aquilo tudo é uma dinâmica, onde todos estão suscetíveis a erros e acertos. A Amstel tem orgulho de ser uma marca que reforça os valores de liberdade e tolerância e caminha junto com o entendimento da dinâmica do reality show mais querido do país, e garantia de tanto sucesso. 

APRECIE COM MODERAÇÃO. VENDA E CONSUMO PROIBIDOS PARA MENORES DE 18 ANOS.

Este conteúdo é patrocinado por Amstel


Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!