in

12 artistas nacionais para entrar na sua playlist em 2022

Novo ano, playlist nova! Entre artistas nacionais já conhecidos a novatos na cena musical, separamos uma lista com artistas que lançaram trabalhos novos no último ano, que talvez você tenha perdido, ou que já estão preparando novidades para 2022. Do pop ao hip-hop, nessa lista tem música pra todo mundo! Tá afim de dar uma atualizada com os melhores nomes da cena musical brasileira?

12 artistas nacionais para acompanhar em 2022

Tasha & Tracie

Imagem: Divulgação/ @stefflima

Um dos nomes mais fresh da música atual, as gêmeas paulistanas Tasha & Tracie são donas de rimas afiadas e cheias de autoestima. Mostrando química inigualável, as gêmeas lançaram ano passado o seu primeiro EP, “Diretoria”, que junta muito bem o rap com o funk e que já deixa aquela empolgação para acompanhar a carreira e ver o que elas vão lançar daqui pra frente. Com hits que estão prontos para tomar conta do Brasil inteiro, é impossível ouvir o som das meninas e não ficar com ele grudado na cabeça pelo resto do dia!

Onde seguir? @tashaokereke e @tracieokereke

Bemti

Foto: Divulgação/Mateus Lustosa

Outro álbum de 2021 que chamou bastante atenção foi “Logo Ali”, do mineiro Bemti. Desde 2018 em carreira solo, agora em seu segundo disco além de trazer a já tradicional viola caipira, o cantor se aventura em texturas e composições mais pop. Esse álbum é um prato cheio para quem é fã de mpb combinado com o indie folk. Orbitando em composições sobre solidão e amor, a narrativa do seu projeto conta com grandes nomes da música nacional, como Josyara, ÀVUÁ, Jaloo e Fernanda Takai, que é uma ótima forma de começar o ano de 2022.

Onde seguir? @bemtii

LIÈGE

Foto: Divulgação/Vitória Leona

Desde 2016 criando música, foi só no começo de 2021 que a cantora e compositora paraense Liége lançou o seu primeiro disco, o “ECDISE”. Passando o seu repertório pelo pop e r&b, a artista traz com principal tema do disco a sua conexão com a ancestralidade, preservando principalmente a sua terra natal, o Pará. Além do disco contar também com participações excelentes de Thiago Jamelão, constante colaborador de Emicida, o duo pop 2DE1, Bruna BG e Daniel Yorubá.

Onde seguir? @liegemusica

Flora Matos

Foto: Divulgação/Reprodução

Para quem já é familiarizado com o rap brasileiro, sabe que Flora Matos é um daqueles nomes que estava bem no começo do movimento e ajudaram a fomentar essa cena, ainda mais quando o seu segundo álbum “Eletrocardiograma” fez bastante sucesso. Ainda que mais afastada dos holofotes mainstream nos últimos anos, Flora continua mostrando porque é uma grande potência no que faz. Com foi o caso do “FLORA DE CONTORLE”, álbum novo lançado bem no finalzinho de 2021, que pode ter passado despercebido, mas vale a pena o play!

Onde seguir? @floramatos

Álec

Foto: Divulgação/ Pedro Lynn

Aos poucos fortalecendo a sua carreira, o cantor e compositor cearense já lançou dois singles, que até renderam elogios da renomada Rolling Stone. Após o ótimo lançamento de “Dublê” no último ano, agora em 2022 o foco de Álec é trabalhar o seu primeiro EP, que está em produção há dois anos e deve chegar ainda no primeiro semestre de 2022. Gosta de Lorde, Jaloo e James Blake? Fica de olho e já deixa Álec no seu radar que tem novidade chegando!

Onde seguir? @alecmusi

Íra

Foto: Divulgação/ Vitória Leona

Outro expoente da cena atual do rap é a paraense Mc Íra, que ano passado lançou seu primeiro EP totalmente autoral, “Opala”. Mesclando a sonoridade clássica do rap com a moderna, as composições do projeto falam sobre empoderamento do povo negro e também sobre religiosidade, em especial da sua religião Canndoblé de Ketu. É fã de rap? Adiciona na playlist que não tem erro porque ela ainda vai fazer muito barulho!

Onde seguir? @mcira_

Don L

Foto: Divulgação/ Autumn Sonnichsen

Um grande nome já estabelecido no cenário do hip-hop nacional, Don L continua a sua série com o “Roteiro para Aïnouz, Vol. 2″, após quatro anos desde o seu último disco. Como muitos falam, Don L é o rapper favorito do seu rapper favorito. Uma das maiores referências do gênero, o novo disco conta com parcerias ilustres, como Tasha & Tracie, Giovani Cidreira, Fabriccio e muito mais. Além disso, a narrativa cinematográfica desse conjunto de faixas é a forma mais crua e verdadeira, sem filtros, do que é a realidade brasileira, questionando a todo momento a nossa estrutura colonial que reverbera até hoje como sociedade em nossos comportamentos. O balanço entre linhas mais melódicas do r&b com os beats mais pesados do hip-hop ajudam a digerir toda as reflexões e informações propostas pelo rapper cearense, de uma forma até que mais leves que aos poucos desdobram as camadas envoltas de cada música do álbum.

Onde seguir? @donl

ROAD

Foto: Divulgação

Imagina se Duda Beat, Kali Uchis e Troye Sivan se juntassem? O resultado seria algo similar ao duo ROAD. Composta por Thiago Duque e Pê, a dupla consegue costurar as melhores características do bedroom pop com toda a vibração da música latina. É o tipo de música com a cara do verão, que fica explicita nos beats semelhantes ao reggaeton, junto com os sintetizadores que todo amante de música pop ama. O duo no final de 2021 deu o pontapé inicial ao projeto com o single “mais ninguém.”, que faz parte do primeiro álbum que deve chegar ainda no primeiro semestre de 2022.

Onde seguir? @listentoroad

Leia mais: Pabllo Vittar anuncia nova versão ao vivo de “Trago Seu Amor de Volta”

MC Super Shock

Foto: Divulgação / Kamila Ferreira

Direto do Amapá, o Mc Super Shock é um rapper que vem há pelo menos dez anos agitando a cena cultural do hip-hop e rap amazônico. No final de 2021 foi lançado o seu single “Autoafirmação” que tem uma abordagem mais orgânica do seu som, especialmente com as batidas de percussão de marabaixo. O ano de 2022 parece promissor ao artista, já que o single faz parte do seu primeiro EP, “Ciclos que não se encerram”. Além de já ser atração confirmada no Festival Se Rasgum 2022.

Onde seguir? @shockmc_

Vetromn

Imagem: Divulgação/ Gabriel Gahesa

Iniciando em 2021 a nova era, Vetromn tem explorado novas identidades artísticas nesse novo momento da carreira e que deve resultar no lançamento do seu novo álbum, ainda em 2022. Efusivo e contagiante, as suas músicas além de explorar o pop, com pitadas de hyperpop, também se juntam muito bem ao lado mais orgânico da música brasileira. E o mais empolgante em acompanhar seus novos lançamentos são como sua arte já vem com uma estética muito bem executada e particular, que torna tudo mais instigante em saber como toda essa narrativa irá se juntar no álbum como um todo. Onde seguir? @vetromn

Anna Suav

Foto: Divulgação/ Yasmin Alves

Entrelaçando o flow do rap com as melodias contagiantes do r&b, Anna é uma artista de Manaus que no último ano lançou o seu primeiro EP solo, o “Eva Grão”, com letras sem filtros sobre conquista e poder mas também sobre as suas vulnerabilidades e dificuldades. Com destaques para “BNTA” e “Hino”, a artista tem versatilidade e segurança no flow do rap mas também apresenta todo o alcance da sua voz de canto. É fã de Kehlani? Então com certeza você vai amar acompanhar Anna Suav.

Onde seguir? @annasuav

Thiago Pantaleão

Imagem: Divulgação/ Caio Viegas

Após a grande repercussão de Te Deixo Crazy, um dos hits de Thiago Pantaleão em parceria com Danny Bond, é inevitável ficar de olho nos próximos passos do cantor. Já que posteriormente o último single lançado foi “Grande Amor”, que cada vez mais vai para o lado r&b e pop, sendo assim uma grande aposta do que pode bombar em 2022. Será que vem aí o primeiro álbum de Thiago?

Onde seguir? @thiagopantaleao

Bom, esses foram os 12 artistas nacionais para vocês ficarem de olho em 2022. O que acharam? Já adicionem nas playlists que vai valer a pena!

Leia também: #TrackBrazuca: Conheça Budah, promessa do rap nacional

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

    Loading…

    0