No dia 27 de outubro de 2014, Taylor Swift lançava o seu primeiro álbum totalmente pop após flertar com o estilo musical nas músicas “I Knew You Were Trouble”, “We Are Never Ever Getting Back Together” e “22”, todos presentes no álbum “Red”, de 2012. Com o título inspirado no ano de nascimento, o “1989” foi, sem dúvidas, um sucesso comercial e de críticas, rendendo para Taylor diversas indicações em premiações pelo álbum e singles.

“Blank Space”

O segundo single do álbum “1989” alcançou o topo da Billboard Hot 100 três semanas depois que foi lançada, substituindo “Shake It Off”, também da cantora. Com esse feito, Taylor foi a primeira mulher a se substituir na tabela. Atualmente, “Black Space” tem 7 discos de platina, por mais de 7 milhões de cópias vendidas só nos Estados Unidos.

O single venceu o Video Music Awards de 2015 nas categorias melhor vídeo feminino e melhor vídeo pop, além de canção do ano no American Music Awards. Foi indicado também ao Grammy de 2016 nas categorias gravação do ano, canção do ano e melhor performance pop solo.

A música satiriza a percepção da mídia sobre os seus relacionamentos amorosos. No clipe lançado, Taylor interpreta uma namorada ciumenta e possessiva, quebrando carro e queimando roupas. Você confere o vídeo aqui.

Grammy

No Grammy de 2016, Taylor Swift foi a artista pop com mais indicações, com 7 no total. Ela concorreu as categorias gravação do ano, música do ano e melhor performance pop solo por “Blank Space” e melhor performance pop duo/grupo por “Bad Blood” e acabou faturando o álbum do ano, melhor álbum pop e melhor videoclipe para “Bad Blood”. Já no ano anterior, ela concorreu a gravação do ano, música do ano e melhor performance pop solo por “Shake It Off”. Além de ser premiada, Taylor apresentou o single “Out Of The Woods” no Grammy de 2016:

http://dibblesandmeredith.tumblr.com/post/139394955627/out-of-the-woods-grammy-version-ft-taylors

“Bad Blood”

Uma das canções mais faladas do “1989”, “Bad Blood” se trata de Katy Perry e a guerra que as duas vivem até hoje, de acordo com a mídia especializada. O desentendimento começou em 2013 quando Katy Perry contratou três dançarinos que participariam da “Red Tour” de Taylor Swift.

Em uma entrevista para a revista Rolling Stone em 2014, a cantora falou sobre a faixa, sem mencionar Katy:

“Por anos eu nunca tive certeza se éramos amigas ou não. Ela vinha até a mim em premiações, falava algo e saía e eu pensava ‘nós somos amigas ou ela acaba de me dar o maior insulto da minha vida?’. Aí, ano passado, ela fez algo terrível. E eu pensei ‘oh, somos inimigas’. E nem foi sobre um garoto. Tem a ver com negócios. Ela basicamente tentou sabotar minha turnê. Ela tentou contratar diversas pessoas que estavam trabalhando comigo”.

A música resultou em single com remix de Kendrick Lamar e no clipe Taylor recrutou seu famoso squad para o elenco, com Cara Delevingne, Selena Gomez, Karlie Kloss, Lena Dunham, Lily Aldridge, Zendaya, Jessica Alba, Ellen Pompeo, Mariska Hargitay, Hailee Steinfeld, Martha Hunt, Ellie Goulding, Gigi Hadid, Hayley Williams, Serayah Love e Cindy Crawford. O resultado você confere abaixo:

Convidados especiais na “1989 World Tour”

A “1989 World Tour” foi a turnê mais rentável e com maior público, até o momento, de Taylor Swift. No total, foram mais de 2 milhões de fãs e mais de 250 milhões de dólares. No final da turnê, a cantora disponibilizou um DVD para a Apple Music, com o show completo e imagens dos bastidores. Durante 38 shows da tour, Taylor Swift, além de montar uma megaprodução, chamou diversos artistas para se apresentar com ela, entre modelos, cantores, grupos e atletas. Assista as apresentações de Taylor com Selena Gomez, Fifth Harmony, Little Mix, Ed Sheeran, The Weeknd e Nick Jonas.

Lembrando que “Reputation”, sexto álbum de Taylor Swift tem lançamento marcado para o dia 10 de novembro e já conta com as músicas “Look What You Made Me Do”, “…Ready For It?” e “Gorgeous”.

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.