Cardi B e Megan Thee Stallion em wap musica do ano

Por que “WAP”, de Cardi B e Megan Thee Stallion, foi eleita a melhor música de 2020?

Nesta segunda-feira (7), as publicações Rolling Stone e Pitchfork divulgaram as suas respectivas listas das melhores […]

Por em 7 de dezembro de 2020

Nesta segunda-feira (7), as publicações Rolling Stone e Pitchfork divulgaram as suas respectivas listas das melhores músicas de 2020. Em ambas, a canção WAP, interpretada por Cardi B e Megan Thee Stallion, ficou no topo do ranking.

Lançada em agosto de 2020, a música single do próximo álbum da rapper Cardi B foi um sucesso instantâneo.

A princípio, em meio a um ano difícil e tenebroso, não se imaginava que o lançamento de uma canção poderia tornar-se um sucesso absoluto. Porém, a dupla provou que uma letra provocante e um ritmo envolvente podem consagrar um verdadeiro smash hit.

Mas por que o single foi considerado o melhor do ano? Há vários motivos que corroboram para esse marco, e nós mostramos 3 deles.

Cardi B e Megan Thee Stallion em wap musica do ano
Foto: Divulgação

3 motivos que explicam por que WAP é a melhor música de 2020

1) Quebra de recordes

Logo após o seu lançamento, a estreia da faixa já era considerada um sucesso não só de streamings, mas também em vendas. Em sua primeira semana, a canção já atingiu o topo do chart da Billboard Hot 100, sendo esse o quarto #1 da carreira de Cardi B.

Assim, a música acumulou números impressionantes! Foram 125 mil unidades vendidas no iTunes, quantidade essa não obtida desde ME! de Taylor Swift e Brendon Urie, em 2019, com 193 mil unidades vendidas nos downloads pagos.

Da mesma forma, os 93 milhões de plays realizados nos Estados Unidos deram um recorde histórico para uma música em sua primeira semana. Isso consagrou WAP com a segunda maior semana de streaming para uma faixa feminina, ficando atrás somente de Ariana Grande e a conquista de 93,8 milhões de streams em sua quinta semana com Thank U, Next.

Além disso, a canção permaneceu em #1 nos charts por quatro semanas não consecutivas.

Isso rendeu à interprete de Bodak Yellow mais uma liderança entre as quatro conquistadas nas paradas musicais com I Like It (com Bad BunnyJ Balvin, uma semana em nº1), Girls Like You (com Maroon 5, sete semanas no topo) e a própria Bodak Yellow (três semanas), seu primeiro hit musical.

Ao mesmo tempo, Megan Thee Stallion atingia seu segundo #1 no ano, seguido por Savage Remix com Beyoncé que também conquistou o topo da Billboard.

2) Viral do TikTok

Com a ascensão do aplicativo no ano de 2020, muitos usuários começaram a criar coreografias em uma espécie de desafio. Isso acabou atraindo visibilidade e reconhecimento para as músicas, e não podia ser diferente com um dos maiores sucessos do ano.

WAP se tornou um viral no TikTok e acumulou mais de 4 bilhões de visualizações por todo o mundo. De forma geral, a faixa embala uma coreografia atrativa, repleta de movimentos que envolvem desde cair no chão a uma difícil abertura de espacate.

Criada pelo dançarino Brian Esperon, a coreografia levou todos a entrar no ritmo de WAP.

3) Grande representatividade feminina

Um hit como esse não poderia exalar menos força e simbologia do que seu teor poderoso sobre a liberdade sexual feminina. Aliás, as rimas afiadas cantadas por Cardi B e Megan Thee Stallion destacam-se bastante dentro de uma letra provocante e livre sobre o prazer da mulher.

Em um cenário luxuoso e abundante de poder feminino, o videoclipe da faixa traz mulheres em um fluxo corpulento e dançante que remete a sua agitada e sensual letra.

O que dizem as publicações sobre WAP ser a melhor música de 2020

Após a divulgação das listas de renomadas revistas sobre as melhores canções do ano, muito se tem perguntado sobre o impacto de WAP. Até o momento, o single foi listada por dois conceituados veículos – Pitchfork e Rolling Stone – como a música do ano.

Visto tal feito obtido pela faixa, para a revista Pitchfork, WAP é um raro hit instantâneo.

Este não foi um mero time duplo lírico, mas duas mulheres em seu primeiro pop de carreira com um hino puro sintonizado com a frequência muito específica de certos impulsos pandêmicos; o raro hit instantâneo que existe como tendência e monumento do futuro.

Enquanto isso, a Rolling Stone caracterizou a canção como um escapismo diante a um ano sombrio como 2020.

Nas profundezas mais sombrias do confinamento da Covid, Cardi B e Megan deram as instruções perfeitas sobre como vencer o blues de quarentena: “Devore-me, engula-me, pingue para o lado de mim / Rápido, salte antes de deixar entrar em mim. ” “WAP” era apenas o escapismo de que a América precisava em 2020, o som de duas das mulheres mais fortes da música.

Confira as listas completas:

As melhores músicas do ano pela Rolling Stones

As melhores músicas do ano pela Pitchfork


Você concorda com as publicações e acha que WAP é a música do ano? Comente nas nossas redes sociais!


Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!