Cardi B e Megan Thee Stallion em wap musica do ano

Opinião: Por que a tradução de WAP, da Cardi B, está chocando o TikTok?

Aumento repentino de buscas pela tradução de WAP chama a atenção para o conteúdo da música

Por em 16 de agosto de 2021

Apesar de ter acontecido há mais de 1 ano, a parceria de Cardi B com Megan Thee Stallion segue dando o que falar e, desta vez, a tradução de ‘WAP’ é o motivo. O significado da música, em português, teve um salto nas buscas no Google Brasil desde a apresentação de Stallion no Lollapalooza Chicago, que aconteceu no final do mês passado, e a explicação é bem simples: o trabalho da intérprete de sinais que estava no palco do festival.

A performance da profissional, que ficou um tanto animada na interpretação da música, chamou a atenção do público por conta dos movimentos explícitos durante um dos versos do hit e viralizou no TikTok. Uma onda de pessoas reagindo ao vídeo original começou a surgir na plataforma e despertou a curiosidade daqueles que ainda não dominam o inglês sobre a tradução de WAP. Em apenas 1 tweet, a gravação recebeu mais de 4 milhões de visualizações. Assista ao momento:

A questão é que WAP é um single ‘proibidão’ e, desde seu lançamento, tem causado polêmicas nas redes sociais por sua letra explícita e clipe pra lá de sensual. No vídeo gravado no Lollapalooza, por exemplo, a intérprete de sinais deu vida a um trecho no qual as cantoras dizem frases como “Não quero cuspir, quero engolir e engasgar” e “Aquilo balançou no fundo da minha garganta”. Sugestivo, não?

Apesar das polêmicas, WAP é um sucesso e, só no YouTube, conta com mais de 410 milhões de reproduções.

Essa não é a primeira vez que a tradução de WAP causa nas redes e até a dona da música já contribuiu para isso. Cardi B já revelou não permitir que sua filha ouça a faixa por conta do conteúdo sexual da letra e explicou a decisão no Twitter: “Eu não faço música para crianças, faço música para adultos. Eu sou uma pessoa muito sexual, mas não perto da minha filha”.

Tradução de WAP abre discussão sobre empoderamento feminino

Que WAP é um hit, todo mundo sabe. A questão que se desenrola acerca da música – tanto letra, quanto clipe e identidade visual – é a importância do single na contribuição do empoderamento feminino. A música mostra a coragem das artistas de assumir a posição de cantar tão abertamente sobre questões sexuais e, mesmo com a crítica do conservadorismo, usar a voz para falar sobre o tema.

Cardi B e Megan Thee Stallion em wap musica do ano
Foto: Divulgação

Sim, nem todo mundo é obrigado a gostar ou consumir de músicas com conteúdo tão explícito, até a Cardi B sabe disso. A reflexão da vez é: por que mulheres cantando letras tão fortes incomoda tanto?

Essa discussão chegou ao Twitter e, além de comparações com o funk brasileiro, rendeu diversas opiniões. Confira algumas das reações!


Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!