The Neighbourhood finalmente fez sua estreia no Brasil na noite desta quarta-feira (22), no Cine joia, em São Paulo. O show solo aconteceu dias antes da apresentação no Lollapalooza Brasil 2018 e após a banda tocar nas edições chilena e argentina do festival. O que na verdade era pra ser um show extra além do Lolla, pareceu mais um esquenta para o espetáculo esperado para domingo (25), último dia do evento.

Foto: Isabella Zeminian

Foto: Isabella Zeminian

Sucesso 

A Lolla Party do NBHD foi uma das primeiras a esgotar, o que trouxe a tona o público fiel que os californianos conquistaram no país. A pouca capacidade do Cine Joia (menos de 1000 pessoas) nos fez pensar no porquê da produção não ter colocado o grupo em um local maior ou ao menos realizado um dia extra no mesmo local para que mais fãs conseguissem assisti-los ou até para que o público que garantiu os ingressos deste dia pudesse repetir a dose.

Repetir a dose não seria nada mal para quem estava lá, pois o show, mesmo que muito bem executado, foi curto e bem redondinho. Mesmo com uma discografia já consolidada – diversos EPS e 3 discos -, a banda optou por levar para o palco só as músicas essenciais e estreou algumas novidades do novo álbum autointitulado, lançado no início de março. E claro, elas estavam na ponta da língua de todos os presentes.

Foto: Isabella Zeminian

Repertório

Ao longo do show, as canções mais queridas e mais conhecidas trouxeram momentos de euforia, em que a plateia reagiu cantando o mais alto que podia, além de emergirem gritos, palmas e gestos de carinho. O público fez bonito em músicas como “Prey”, “24/7”, “Daddy Issues” e “Cry Baby”. O novo álbum não ficou de fora com “Scary Love”, “Stuck With Me”, “Flowers” – apresentada pela primeira vez ao vivo” e “Void”.

A banda, por sua vez, fez questão de ficar próxima de seus admiradores, aproveitando o clima intimista que existia ali. Mais especificadamente o vocalista, Jesse Rutherford, com um carisma e presença de palco inquestionável, enquanto os outros integrantes, Jeremy Freedman (guitarrista), Zach Abels (guitarrista) Mikey Margott (baixista) e Brandon Fried (baterista) preferiram fica como plano de fundo, apenas executando suas notas.

Foto: Isabella Zeminian

Foto: Isabella Zeminian

Jesse não interagiu com muitas palavras, mas as poucas que expressou eram de êxtase pela energia do público brasileiro. Ele descia até a plateia para cantar diretamente para os primeiros da fila, pegava presentes dos fãs e segurava as mãos de alguns deles.

O grande hit “Sweater Weather” anunciava o fim do show, seguido por “R.I.P. 2 My Youth”, definitivamente deixando um gostinho de quero mais, vontade essa que dificilmente poderá ser realizada no Lolla, que contará com um show do The Neighbourhood em menor tempo e menos músicas.

 

Setlist: 

  1. Prey
  2. You Get Me So High
  3. Afraid
  4. Wires
  5. 24/7
  6. Wiped Out!
  7. Scary Love
  8. Daddy Issues
  9. Stuck With Me
  10. Flowers
  11. Cry Baby
  12. Void
  13. Sweater Weather
  14. R.I.P. 2 My Youth

Confira mais fotos exclusivas do show!

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.