30 de outubro de 2019 por Giovana Bonfim Escudine.

Até então, o artista mais premiado pela popular premiação American Music Awards é Michael Jackson. Além disso, o cantor também é intitulado como artista da década pela premiação. Outros artistas a receberem o prêmio além do cantor também devem ser lembrados: os Beatles e Elvis Presley por exemplo.

Mas com o final da década de 2010 se finalizando no ano que vem, o prêmio deve esse ano ir para outro artista. Quem poderia ser ele? Para o American Music Awards e sua produção, esse nome certamente é Taylor Swift!

Na cerimônia desse ano, Taylor irá ser homenageada e receber o prêmio, além de também se apresentar para seguir com a divulgação do “Lover“. O anúncio foi feito através do Twitter da premiação nessa quarta, 30:

“Ela ganhou mais AMAs do que qualquer um nessa década… Ela é nomeada cinco vezes no AMA 2019… E estará se apresentando ao vivo nesse AMA no dia 24 de novembro… Taylor Swift é NOSSA ARTISTA DA DÉCADA!”

Sua performance também contará com seus maiores hits de sua carreira:

Com suas nomeações na premiação, Taylor pode também passar a ser a artista mais premiada do evento. Atualmente, quem ainda detém o recorde é Michael Jackson, com 24 prêmios; Swift possui 23, mas, se ganhar alguma das 5 categorias em que está concorrendo, tira o posto da lenda do pop. Lenda!

Leia também: Vai ter show extra! Taylor Swift confirma uma segunda data em São Paulo

Taylor Swift e American Music Awards

A história de Taylor Swift com a premiação American Music Awards é de longe recente. Ela começa lá por 2007, com sua primeira indicação para “Artista Feminina de Country”.

Depois disso, foi indicada em 2009 para algumas categorias ainda na era country com o “Fearless”, mas seu auge foi mesmo na conversão para o pop. Com o “Red” e “1989” por exemplo, 2013 e 2015, respectivamente, a cantor recebeu inúmeros prêmios. Em 2014, chegou até mesmo à receber o prêmio de excelência.

Parabéns, Taylor!

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.